Todos os homens portugueses e espanhóis foram exterminados há 4500 anos

T.P.S. Dave

Uma análise genética revelou que, há 4500 anos, parte do sul da Europa foi conquistada a partir do leste. Naquela que é hoje a Península Ibérica, a linha masculina local desapareceu completamente quase da noite para o dia.

Na Idade do Bronze, há cerca de 4500 anos, os colonos masculinos da atual Península Ibérica, foram completamente aniquilados como resultado de uma “invasão” da Europa a partir do leste. Esta descoberta foi recentemente confirmada por um estudo apresentado no evento New Scientist Live, no dia 22 de setembro, em Londres.

A análise genética, liderada por David Reich, da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, concluiu que a tribo do Cáucaso, conhecida como Yamna (yamnaya), que se estabeleceu na Europa há, aproximadamente, 5000 anos, conseguiu deslocar-se até às diferentes culturas que coexistiam no continente.

O investigador explica que este evento foi possível graças à introdução de duas novas tecnologias muito significativas na Europa Ocidental: a domesticação de cavalos e a roda. Assim, esta nova população conseguiu expandir-se pelas culturas e desenvolver e difundir o seu próprio trabalho.

“Estas pessoas espalhavam-se por um vasto território, sendo os principais contribuintes para aqueles que são os europeus de hoje”, afirmou o especialista ao New Scientist. Desta forma, seria de esperar uma mistura genética progressiva. Mas não foi isso que aconteceu.

Os cientistas descobriram na Península Ibérica uma “substituição completa do cromossoma Y” que resultou no total desaparecimento do conjunto de genes masculinos que, originalmente, habitavam aquela área.

Pelo que os cientistas puderam apurar, este foi o resultado de um tipo de “conquista violenta”, na qual os homens locais foram mortos ou escravizados e as mulheres reivindicadas pelos Yamna. “A colisão dessas duas populações não foi de todo amigável”, sustentou Reich.

Pesquisas anteriores asseguravam que os Yamna também foram responsáveis pela propagação das línguas indo-europeias na Europa Ocidental, o que explica a razão pela qual são tão falados longe da Ásia. Além disso, acredita-se que muitas das suas práticas tenham origem europeia.

Embora o impacto desta cultura na Europa já tenha sido comprovado por geneticistas, esta última investigação destaca o quão grande foi esta mudança, que para a antiga população masculina da Península Ibérica significa desaparecer completamente do mapa.

ZAP // RT

PARTILHAR

16 COMENTÁRIOS

  1. Todos os homens portugueses e espanhóis foram exterminados há 4500 anos.
    O titulo desta noticia contém um grave erro, porque há 4500 anos atrás (2500 a.C.) ainda não existiam homens portugueses nem homens espanhóis, pelo simples facto de que ainda não existia Portugal nem Espanha.
    Corrijam lá isso para ficar mais correto, por exemplo: Todos os homens da atual Península Ibérica foram exterminados há 4500 anos.

    • Estão falando dos territorios da Espanha e Portugal e não dos paises que atualmente ocupam esses territorios. Tem uma certa logica, uma vez que populações ibericas estavam limitadas á regiões banhadas pelo mar mediterraneo enquanto populações celtas(indo-europeias) ocupavam regiões banhadas pelo oceano Atlantico. Os indo-europeus dominaram toda a Europa e seu idioma é uma prova dessa dominação.

  2. E ainda hoje existem vestígios da invasão de leste, o Jerónimo e a Catarina com as suas tropas são uma prova disso mesmo!

  3. Não seria também de exigir desculpas aos povos de Leste pelos malefícios que fizeram na Península. E recomendar que todos os países do Leste (mormente os asiáticos) revejam a sua história e refiram a violência com que trataram os ibéricos?
    Não será tempo de interromper esta diarreia verbal e extremamente parcial? Nós, europeus, brancos, masculinos, somos culpados de tudo. Os outros, sobretudo se forem um pouco mais morenos, têm todas as atenuantes. Começa-me a chegar a mostarda ao nariz…

  4. Pedir desculpa a quem? Foram todos extreminados e assimilados. Os que cá estão hoje (europeus) são descendentes dos extremidadores, implacáveis diga-se de passagem.

  5. Isto é um bocado “confuso”… se toda a linha masculina desapareceu COMPLETAMENTE… então têm de ter em sua posse algum exemplar dum… Homo ibericus…

Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recupera, avisa neurologista

Um neurologista ouvido num documentário da RMC Sport diz que o ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recuperará. Já passaram quase sete anos desde que Michael Schumacher sofreu um acidente …

Processos com acórdãos a meias entre Rangel e Galante estão em risco

Durante dez anos, centenas de acórdãos do Tribunal da Relação de Lisboa foram feitos a meias entre Rui Rangel e Fátima Galante. Agora, esses processos estão em risco. A Procuradoria-Geral da República anunciou esta sexta-feira a …

Espanha. Jovem é esfaqueado após alertar para o uso de máscara

Três homens foram detidos em Madrid sob suspeita de terem esfaqueado um jovem que chamou a atenção de um deles por não usar máscara no interior de uma mercearia. Espanha é dos países do mundo mais …

Dez apostas que podem despontar o seu talento na Liga NOS

Nos últimos anos, dificilmente se encontra um mercado de Verão tão interessante como este. Contra todas as expectativas, dado que a pandemia trouxe alguma incerteza, os clubes portugueses têm investido mais e melhor, desde o …

Mulher morre devido a um ataque de ransomware a um hospital na Alemanha

Uma mulher morreu esta semana devido a um ataque de ransomware direcionado ao sistema operativo de um hospital em Duesseldorf, na Alemanha. Segundo as autoridades alemãs, a mulher precisava de cuidados médicos urgentes e foi encaminhada …

Portugal está "numa terceira fase de crescimento" da pandemia, avisa epidemiologista

"Estamos numa terceira fase de crescimento" de novos casos de covid-19, garante Baltazar Nunes, epidemiologista do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge. O número de novos casos voltou a aumentar esta sexta-feira, batendo o recorde …

Áustria corrige Trump. Os seus cidadãos não vivem em florestas

O Governo austríaco decidiu corrigir a afirmação do Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que afirmou que as pessoas naquele país europeu vivem em "cidades da floresta". Trump referiu recentemente a Áustria e outros países europeu …

UE em rota de colisão com a Polónia. Em causa estão os crimes de ódio

A relação entre a União Europeia e a Polónia está cada vez mais comprometida. As duas partes têm chocado no que toca à discussão dos crimes de ódio. No seu primeiro discurso sobre o estado de …

Leixões nega ter colocado adeptos na bancada a ver um jogo

Episódio aconteceu numa partida de voleibol em Gondomar. Presidente garante que jovens pertencem aos órgãos sociais do clube, Federação não confirma a identidade à entrada. A Supertaça de voleibol começou, no Grupo B, com o duelo …

Ventura quer ser Sá Carneiro do século XXI e ter juventude partidária

O presidente do Chega vai apresentar-se este fim de semana em Évora para a II Convenção Nacional do partido populista de direita como “o principal continuador em Portugal” de Sá Carneiro, o falecido líder fundador …