Espanha enfrenta o seu pior surto de listeriose. Uma morte e 114 pessoas infetadas

IRRI Images / Flickr

Espanha está a enfrentar o seu pior surto de listeriose. Já há mais de 100 pessoas infetadas e, esta terça-feira, uma mulher de 90 anos morreu depois de ter desenvolvido uma meningoencefalite.

O alerta sanitário foi ativado na passada quinta-feira e, segundo o Expresso, há até ao momento 114 pessoas infetadas (entre os quais dois recém-nascidos e 18 grávidas), sendo que 53 se encontram hospitalizadas.

O surto de listeriose está a afetar particularmente a região da Andaluzia, mas também existem casos na Estremadura, Catalunha e Madrid.

Esta terça-feira, uma mulher de 90 anos morreu na sequência da infeção, sendo a primeira vítima mortal provocada por este surto. A idosa, imunodeprimida, estava internada há vários dias e a sua situação complicou-se após ter desenvolvido uma meningoencefalite.

De acordo com o semanário, uma das prioridades das autoridades espanholas é garantir a retirada do mercado do produto identificado como a origem do surto: um lote de carne da marca La Mechá e produzido pela empresa Magrudis.

A ministra da Saúde María Luisa Carcedo, garantiu que já foram apreendidos todos os lotes da carne fabricados desde maio, estando agora a ser analisados outros produtos da empresa, que se encontra fechada.

A listeriose é uma infeção alimentar que pode ser contraída ao ingerir produtos contaminados pela bactéria Listeria monocytogenes, tendo sintomas iniciais parecidos com os de uma gripe, como febre e dores de cabeça.

São considerados alimentos de risco carne crua ou mal passada, marisco, leite e derivados não pasteurizados, frutas e legumes crus ou mal lavados e alimentos processados.

Embora tenha uma taxa de mortalidade elevada — na ordem dos 20% — pessoas com uma saúde normal não precisam sequer de tratamento. Os grupos de risco, neste caso, são os idosos, os imunodeprimidos e as grávidas, porque a a bactéria passa diretamente para a placenta. Segundo o Expresso, os casos de duas mulheres que sofreram abortos estão a ser investigados.

Contactada pela TSF, a Direção-Geral da Saúde (DGS) diz estar a seguir de perto a evolução do surto. Por sua vez, em declarações ao Público, a Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) assegura que a carne não é comercializada em Portugal.

“Sempre que é detetada uma anomalia de um produto que coloca em causa a segurança alimentar é emitido um alerta para todos os países da União Europeia que identifica os Estados-membros que o recebem. Neste caso, Portugal não foi destino do produto. Temos um plano de rastreio desta bactéria e não existem no nosso mercado quaisquer produtos contaminados. Não existe qualquer risco de consumo em Portugal”.

Em Portugal, o último surto de listeriose foi declarado em 2011 e teve origem num queijo. 30 pessoas foram infetadas, sendo que onze morreram. Já em 2016, foi detetada a presença desta bactéria em queijos produzidos pela Cooperativa de Produtores da Beira Baixa, em Idanha-a-Nova, tendo sido destruídos 29 toneladas deste produto.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Agentes do ex-Benfica Luka Jovic são suspeitos de branqueamento de capitais

Os agentes do antigo jogador do SL Benfica Luka Jovic, Fali Ramadani e Nikola Damjanac, são suspeitos de terem branqueado mais de 10 milhões de euros em Espanha. Os empresários Fali Ramadani e Nikola Damjanac, da …

Túmulos reais do Taj Mahal limpos pela primeira vez em 300 anos para receber Trump

Os túmulos reais do Taj Mahal foram limpos pela primeira vez em 300 anos como parte da preparação da visita do Presidente norte-americano, Donald Trump, à Índia, escreve o portal Newsweek citando média locais. Donald …

Microsoft revela novos detalhes da Xbox Series X

A Microsoft revelou novos detalhes da Xbox Series X, a principal corrente à Playstation 5 e à Nintendo Switch. A consola vai ser equipada com "12 Teraflops" e memória interna SSD. A Microsoft quer apostar forte …

OMS sobre Covid-19: O mundo "simplesmente não está pronto" para enfrentar a epidemia

O especialista que liderou a equipa da Organização Mundial de Saúde (OMS) enviada à China disse hoje que o mundo "simplesmente não está pronto" para enfrentar a epidemia do novo coronavírus. Bruce Aylward, médico canadiano especialista …

Um quinto das florestas australianas arderam devido a seca extrema

Os incêndios recentes "sem precedentes" que destruíram um quinto das florestas australianas estão ligados a uma seca de vários anos, devido às alterações climáticas, segundo um estudo publicado na segunda-feira. Os climatólogos estão, atualmente, a estudar …

Auditorias aos estádios da I Liga devido a casos de racismo começam amanhã

As auditorias aos estádios onde se realizam jogos da I Liga de futebol, motivadas pelos recentes atos de violência e racismo, vão decorrer até março, diz o Ministério da Administração Interna. As auditorias à segurança dos …

Liverpool já tem tantas vitórias como o invencível Arsenal de Wenger

O Liverpool operou esta segunda-feira a reviravolta sobre o West Ham (3-2) e evitou a primeira derrota na Liga inglesa de futebol, repondo a vantagem de 22 pontos para o Manchester City, no jogo que …

Lenine Cunha campeão de triplo e pentatlo em atletismo adaptado

O atleta paralímpico português Lenine Cunha sagrou-se, esta terça-feira, campeão mundial de triplo-salto e pentatlo, em Torun, na Polónia. Ana Filipe venceu a prova de triplo-salto no feminino. Lenine Cunha venceu a medalha de ouro, esta …

Kroos: Não foi fácil "adaptar-nos à falta de 40 ou 50 golos" de Ronaldo

Toni Kroos assumiu que foi difícil para o Real Madrid superar a saída de Cristiano Ronaldo. O alemão realçou a falta dos 40 ou 50 golos marcados pelo português fizeram-se sentir. Em entrevista ao The Athletic, …

Companhias aéreas querem conclusão das "obras urgentes" no aeroporto de Lisboa

A associação das companhias aéreas em Portugal (RENA) pediu ao Governo e à concessionária do aeroporto de Lisboa (ANA) a conclusão imediata "das obras urgentes" na infraestrutura, para além do "desenvolvimento do novo aeroporto" no …