/

Espada descoberta na Polónia pode ter sido usada na Batalha de Grunwald

(dr) Marshal Office of Warmia and Mazury

A espada medieval encontrada em Olsztyn, no norte da Polónia

Um homem com um detetor de metais desenterrou uma espada medieval que pode ter sido usada durante a Batalha de Grunwald, em 1410.

Alexander Medvedev descobriu a espada medieval perto de Olsztyn, no norte da Polónia, ao lado dos restos de metal de uma bainha (bolsa para segurar ou proteger uma espada), um cinto e duas facas que teriam sido presas a este, conta o site Live Science.

Apesar de estarem há mais de 600 anos enterrados, os objetos encontram-se bem preservados, disse Medvedev, que os doou ao Museu da Batalha de Grunwald, em Olsztyn.

Segundo o mesmo site, a pessoa que utilizou esta espada poderá ter sido uma das cerca de 66 mil que se enfrentaram na Batalha de Grunwald, no dia 15 de julho de 1410. Esta batalha, travada perto das aldeias polacas de Stębark, Grunwald e Ludwigsdorf, terminou com uma vitória dos exércitos polaco-lituano sobre a Ordem Teutónica (ordem militar cruzada vinculada à Igreja Católica e que foi uma das mais poderosas da Europa).

De acordo com a Encyclopedia Britannica, dos 39 mil soldados polaco-lituanos, cerca de cinco mil morreram. Do outro lado, dos cerca de 27 mil cavaleiros teutónicos, 14 mil foram capturadas e oito mil morreram. Depois da derrota, o poder desta Ordem diminuiu.

Agora, estes achados vão ser analisados e conservados no museu. Segundo Szymon Drej, diretor do Museu da Batalha de Grunwald, a equipa espera aprender mais sobre o “status social de um dono de uma espada medieval” e está muito curiosa “para ver o que está sob a camada de ferrugem”.

“Também vamos examinar o local da escavação com mais profundidade para conhecer o contexto situacional da sua origem”, acrescentou Drej, destacando que é raro encontrar objetos tão valiosos da Idade Média assim enterrados.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.