“Olha que é a sexta substituição! Tens a certeza?”. Erro pode levar à saída de Paulo Fonseca

(dr) AS Roma

Paulo Fonseca, treinador da AS Roma.

Não tivesse a Roma sido eliminada dentro de campo nos ‘oitavos’ da Taça de Itália, a equipa de Paulo Fonseca acabaria por perder o jogo na secretaria, depois de ter feito seis substituições.

O treinador da AS Roma, Paulo Fonseca, protagonizou esta terça-feira um momento insólito, que muita tinta tem feito correr na imprensa internacional. A equipa da capital italiana foi eliminada nos oitavos de final da Taça de Itália pelo modesto Spezia, mas a razão da polémica não está propriamente relacionada com a derrota, mas sim com um erro cometido pela equipa técnica.

O início do jogo foi um presságio do que estaria para acontecer. Aos 15 minutos de jogo, o Spezia já ganhava por 0-2, com golos de Galabinov e Saponara. A equipa comandada por Paulo Fonseca acabaria por recuperar e igual o marcador.

O drama estava guardado já para o fim do encontro. Ao minuto 90+1, Gianluca Mancini foi expulso e, apenas um minuto depois, o guarda-redes Pau López seguiu o mesmo caminho. Em dois meros minutos, a Roma estava reduzida a nove unidades.

Com quatro substituições já feitas, com as entradas de Karsdorp, Veretout, Carles Pérez e Edin Dzeko, a Roma preparava-se para fazer entrar mais dois elementos: Roger Ibañez e Daniel Fuzato. Foi então que se deu o momento insólito da noite.

De dentro do campo ouve-se o clamar do capitão Lorenzo Pellegrini para o banco: “Olha que é a sexta substituição, hã? Tens a certeza?“. A pergunta foi dirigida ao team manager Gianluca Gombar, que se preparava para fazer a troca ilegal.

A substituição acabou mesmo por acontecer, apesar do aviso do médio romano e, não tivesse a Roma sido eliminada nos 120 minutos em campo, a equipa de Paulo Fonseca acabaria por perder o jogo na secretaria.

A falta de profissionalismo da equipa técnica da ‘i Lupi’ não deixou a imprensa italiana indiferente. “O ridículo é inaceitável”, escreveu o conceituado jornal desportivo Gazzetta dello Sport.

No final do jogo, o treinador português assumiu o erro nas substituições. “Se há um problema, temos de discuti-lo internamente. E há um problema”, disse Paulo Fonseca, em declarações à RAI Sport.

“Estamos a atravessar um momento difícil. Queríamos ir mais longe na Taça de Itália, mas não me posso queixar da atitude destes rapazes. Temos de preparar o próximo jogo. As ocasiões que criámos durante os 90 minutos deviam ser suficientes para vencer”, acrescentou.

Esta não é a primeira vez que algo semelhante acontece na AS Roma. O team manager já esteve envolvido numa outra polémica em setembro do ano passado, quando a utilização irregular de Amadou Diawara ditou a derrota frente ao Verona num encontro para a Serie A.

A família Friekin, que detém o clube, reuniu-se com o diretor-geral, o ex-Benfica Tiago Pinto, para decidirem o que fazer. O forte endividamento do clube terá levado a direção a optar pela continuidade do português no cargo, embora a Gazzetta dello Sport escreva que uma derrota no próximo jogo, neste sábado, pode empurrar Paulo Fonseca para a porta de saída.

Daniel Costa Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Paços de Ferreira 0-5 Benfica | Seferovic “parte tudo” na Capital do Móvel

Na noite deste sábado, o Benfica somou o sétimo triunfo consecutivo no campeonato, ao golear o Paços de Ferreira por 5-0, num embate relativo à 26.ª jornada do campeonato. A equipa de Jorge Jesus, que acabou …

Após terramotos e deslizamentos, a "cidade moribunda" de Itália ainda resiste no topo de uma montanha

Chamar-se a si mesmo de "Cidade Moribunda" pode não parecer a melhor forma de atrair turistas, mas Civita, em Itália, aprendeu a viver com o facto de estar a morrer. Há vários séculos, a cidade …

"Alexa, estou com calor." Já é possível controlar o ar condicionado de um Lamborghini apenas com a voz

A Amazon está a dar um grande passo na indústria automóvel ao integrar a Alexa no Huracán EVO da Lamborghini, não apenas para fazer perguntas, mas dando ao assistente virtual a capacidade de controlar as …

Nova tecnologia pode enviar luz solar para o subsolo

Investigadores da Universidade Tecnológica de Nanyang, na Singapura, inventaram um novo dispositivo que pode ajudar o país a iluminar a sua crescente infraestrutura subterrânea. A Singapura é um dos países que tem apostado cada vez mais …

Livro lança "caça ao tesouro" a urna de ouro oferecida por Inglaterra a França antes da Entente Cordiale

Um novo enigma literário está prestes a chegar às estantes de livros com uma recompensa incomum. Pistas em "The Golden Treasure of the Entente Cordiale" podem levar leitores no Reino Unido e França a um …

Para evitar casos de burnout, LinkedIn deu uma semana de férias aos quase 16 mil funcionários

O LinkedIn decidiu dar uma semana de férias (remunerada), que começou esta segunda-feira, a todos os seus funcionários espalhados pelo mundo. O objetivo? Desconectar, recarregar baterias e prevenir casos de burnout.  "Queríamos ter a certeza de …

Pequenos nadadores-robô curam-se a si próprios (e em movimento)

Uma equipa de investigadores da American Chemical Society desenvolveu pequenos robôs nadadores que conseguem curar-se a si mesmos magneticamente. O tecido vivo pode curar-se autonomamente de muitos ferimentos, mas fornecer habilidades semelhantes a sistemas artificiais, como …

Tondela 0-2 FC Porto | Missão cumprida com serviços mínimos

Missão cumprida. O FC Porto fez poupanças no jogo com o Tondela, mas levou os três pontos para casa, graças a um triunfo por 2-0. Os “dragões” foram claramente superiores no primeiro tempo, marcaram por Toni …

Portugal pode atingir linha vermelha dos 120 novos casos por 100 mil habitantes em dois meses

Portugal pode atingir uma taxa de incidência de de 120 casos por 100 mil habitantes daqui a dois ou mais meses se se mantiver o atual ritmo de crescimento deste indicador. Esta é a conclusão de …

Akon ainda não construiu a "Wakanda da vida real", mas o Uganda já lhe está a dar terrenos para a segunda

O artista de R&B Akon ainda não concretizou a sua visão ambiciosa de uma cidade “futurística” alimentada por uma criptomoeda chamada “Akoin” e construída num terreno que lhe foi dado pelo governo senegalês. Contudo, o …