Erro informático do Fisco obriga à devolução de reembolsos do IRS

3

Um “erro de leitura” do Fisco nos cálculos do imposto a pagar pelos contribuintes da categoria B com contabilidade organizada vai obrigar à devolução de reembolsos do IRS.

Um “erro de leitura” do sistema informático fez com que o Fisco não tivesse em conta todos os valores declarados por contribuintes da categoria B com contabilidade organizada.

Isto fez com que as liquidações saíssem erradas e fossem feitos reembolsos que, agora, terão de ser devolvidos pelos contribuintes, avança o Jornal de Negócios.

“O problema teve origem num erro de ‘leitura’ para efeitos de liquidação de um campo respeitante ao lucro tributável indicado no anexo C do modelo 3”, informou uma fonte, adiantando que a falha foi detetada pelos serviços no final da semana passada.

“Pode ser um erro do sistema, mas é muito grave. Em 25 anos de profissão, não me recordo de um erro desta dimensão”, disse Paula Franco, bastonária da Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC), ao matutino.

“No limite, as pessoas podem até ter gasto já o dinheiro do reembolso, que terão de devolver, com os transtornos todos que isso implica”, lamentou.

De acordo com a Autoridade Tributária (AT), “foram identificadas 911 declarações que foram liquidadas com o erro em causa e notificadas aos contribuintes”, mas não foi possível esclarecer se poderão ainda ser detetados outros casos.

“Após conhecimento do erro e sua análise, foi o mesmo de imediato resolvido e estão a ser retomadas as liquidações das declarações que contêm o anexo C”, revelou a mesma fonte.

  ZAP //

3 Comments

  1. Estes “cavalheiros da Autoridade Tributária são uns “craques” quando se enganam contra o contribuinte – passado uma semana – até parece o speed Gonzales, mas quando é para devolver POR ERRO DOS MESMOS ao contribuinte demoram anos sem fim. Chamo a isto a “teoria do cágado”.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.