ERC “reprova veementemente” Porto Canal por divulgar e-mails do Benfica

(cv) YouTube / Porto Canal

Francisco J. Marques, director de comunicação do FC Porto

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social decidiu “reprovar veementemente” o Porto Canal pela divulgação de e-mails do Benfica, após queixa das “águias”. O operador televisivo anunciou que vai “impugnar judicialmente” a decisão.

A decisão da ERC, a que a Lusa teve acesso, reprova “veementemente o operador televisivo identificado pela sua conduta, da qual esteve ausente qualquer propósito sério de informar”, considerando que a divulgação de e-mails do Benfica no programa Universo Porto de Bancada é suscetível de acarretar “irreparável afetação do bom nome e reputação da queixa e de terceiros”.

Na deliberação da ERC, conclui-se que o “modelo folhetinesco semanalmente levado a cabo” pelo Porto Canal, “a pretexto de um interesse público associado a uma denominada ‘verdade desportiva'” e sob “a aparência de um trabalho de investigação jornalística”, na qual denunciava alegadas práticas criminosas do Benfica ou pessoas a ele ligada, “traduz-se afinal num exercício inconsequente e em cujo âmbito são ignoradas elementares exigências aplicáveis à atividade jornalística”.

Por outro lado, a decisão sublinha “que pertence ao foro judicial o apuramento de eventuais ilícitos” e informa que deu conhecimento da deliberação “à Comissão da Carteira Profissional de Jornalista para os fins por esta tidos por convenientes”.

Na deliberação, o órgão considera procedente a queixa dos lisboetas e recomenda ao Porto Canal “o respeito escrupuloso pelos direitos fundamentais de terceiros em programas transmitidos sob a sua responsabilidade”.

A decisão foi assinada pelos membros do Conselho Regulador Sebastião Póvoas, Francisco Azevedo e Silva, Fátima Resende e João Pedro Figueiredo, além de Mário Mesquita, que se absteve.

Os dois clubes reagiram à deliberação, com os “encarnados” a congratular-se com a decisão que considera que “de forma inequívoca condena e sanciona duramente a conduta do Porto Canal e dá inteira razão ao Benfica”.

Por outro lado, num comunicado assinado pelo diretor do Porto Canal, Júlio Magalhães, o canal anuncia que “vai impugnar judicialmente a decisão da ERC”, explicando que este órgão recusou “que ao Porto Canal fosse concedido o direito de fazer prova, de ser ouvido, de argumentar”.

O diretor-geral defende as denúncias que “deram início a uma revolução no desporto português” e abriram várias investigações judiciais, e reforça a vontade de “continuar nesta luta pela verdade desportiva no quadro do seu direito à informação”, qualificando a decisão de “indigna”.

// Lusa

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. isto só acontece devido ao poder de se ter protagonismos sem responsabilidade aparente, qualquer papagaio tem direito a ter audiência, o problema é que a justiça funciona da mesma forma, lembram-se da procuradora dizer ontem que estava a par de tudo mas nada sabia?

    • Vitorino tem toda a razão…

      Estes tipos do Norte no canal deles que ninguém vê dizem disparates e põem se a ler a correspondência alheia sem autorização.

      E ainda por cima comprometedora.

      A ERC faz muito bem em silenciar estes tipos da província que querem ser alguém. Disparate…

      Meterem-se com o Benfica!!!

      Se ainda fosse com o Sporting não fazia mal nenhum podiam ler os emails do Bruno da Carvalho!!!

      Agora com o Benfica???

      Viva a ERC é assim mesmo!!!!

  2. Devem-se ouvir as partes porque ao Benfica nao foi concedido no Porto Canal o direito de fazer prova, de ser ouvido, de argumentar as acusacões? Ė um canal privado ou é canal do FC Porto?

    • Oh Armando???

      Era e-mails do benfica que estavam a ser lidos!!!

      Que queria que o benfica dissesse???

      O que eles ( Benfica) tinham de fazer, fizeram-no, emitiram um comunicado desmentindo.

      Agora cabe à Polícia Judiciária ( se a ERC não os censurarem) investigar…

      O Porto Canal é um canal privado propriedades do F.C.do Porto!

  3. Esta instituição(erc) ao pretender esconder e escamotear os factos, só mostra que está do lado dos criminosos corruptos e os protege, de contrário, de que tem mwdo?

  4. Que raio de decisao é esta??? Agora proibe-se de denunciar crimes??? E pela lei quem souber de um crime e nao o denunciar nao passa a cumplice????? O que o Porto Canal estava a fazer ao denunciar as irregularidades cometidas pelo benfica, é serviço publico, portanto este canal deve contestar em tribunal esta decisao. Será que a erc tem algum interesse em que nao se saiba as tramoias que o benfica tem andado a fazer???

RESPONDER

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …

Cruzeiros vazios no meio do oceano tornam-se destinos turísticos

Embarcados num pequeno ferry, turistas dirigem-se até aos locais onde grandes navios cruzeiros estão parados e desertos. Esta foi uma solução encontrada para reavivar o setor. A pandemia de covid-19 está a fazer com que, genericamente, …

Todas as pensões mais baixas vão ter aumento extra de dez euros

As pensões mais baixas, até aos 658 euros, vão ter um aumento extraordinário de dez euros no próximo ano. O Governo confirmou a informação avançada pelo PCP. A ministra do Trabalho e Segurança Social, Ana Mendes …

Na fase inicial da pandemia, o setor privado "não quis e não entrou no combate à pandemia"

A antiga ministra da Saúde Ana Jorge considera que os privados podem ser envolvidos na luta contra a pandemia, recebendo doentes não covid-19, mas avisa que é preciso um “equilibro” nessa ação, depois de estes …