/

ERC abre processo a notícia da TVI sobre o Banif

1

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social recebeu três queixas sobre a notícia da TVI que dava conta de que o Banif ia fechar e decidiu abrir um processo sobre o assunto.

Fonte oficial confirmou à agência Lusa, citada pelo Expresso, que a ERC recebeu “três participações” sobre a notícia da TVI e que, nesse sentido, vai abrir um processo para investigar o assunto.

A entidade “recebeu, até ao momento, três participações relativas à transmissão de uma notícia sobre banco Banif nos serviços de programas TVI e TVI24″ e “já procedeu à abertura do processo correspondente, encontrando-se em curso as habituais diligências levadas a cabo pelos serviços”, explicou a fonte.

A notícia em questão chegou às televisões dos portugueses no dia 13 de dezembro, através dos canais TVI e TVI24, dando conta de que o banco madeirense estaria em maus lençóis e em risco de fechar.

No dia seguinte, as ações do Banif começaram a perder mais de 40% e a estação televisiva acabou por enfiar a carapuça, divulgando no seu site um esclarecimento a dizer que a notícia não tenha foi “totalmente precisa e esclarecedora”.

Apesar da TVI ter lamentado que a notícia possa “ter induzido conclusões erradas e precipitadas”, isso não impediu a vontade do Conselho de Administração do Banif em avançar com um processo para os tribunais.

Na altura, o presidente executivo do Banif, Jorge Tomé, defendeu que a informação avançada pelos meios de comunicação não era fundada e tendenciosa.

O responsável apelidou ainda que este era um “disparate perfeito” que só servia para “abalar a confiança na instituição”.

A verdade é que, a 20 de dezembro, o Banif acabou por ser vendido ao Santander Totta por 150 milhões de euros na sequência da resolução levada a cabo pelo Governo.

ZAP

1 Comment

  1. Rais-ma-parta se eu percebo esta merda . Em Portugal no lugar de ir cassar os responsáveis das falcatruas não ! vai-se e acusa-se um bode aspiratório.
    É o país que temos embora mete nojo estas porcarias.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE