Novo equipamento do IPO custou 4 milhões, mas está parado há um ano à espera de licença

O novo acelerador linear, um equipamento de radioterapia, que foi adquirido pelo Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa por 4 milhões de euros está há cerca de um ano parado por falta de licenciamento. Enquanto isso, os doentes com cancro são encaminhados para o privado e a factura dos últimos meses já vai nos 3 milhões de euros.

A situação é denunciada pela vogal executiva do IPO, Sandra Gaspar, em declarações ao Expresso. “O novo acelerador linear aguarda há cerca de um ano a aprovação da Agência Portuguesa do Ambiente (APA)”, relata.

“Por vicissitudes várias que também se prendem com os limites à contratação dos recursos humanos necessários para operar este acelerador, o equipamento está parado há alguns meses e temos necessidade de enviar os doentes para tratamento em entidades privadas”, aponta Sandra Gaspar.

“Se pensarmos que um acelerador tem um custo da ordem dos 4 milhões de euros e que gastamos cerca de 3 milhões por ano para contratar tratamentos fora do IPO”, analisa ainda a responsável, realçando o que denuncia uma situação de desperdício de fundos públicos.

O caso começa a tornar-se tanto mais complicado pelo facto de as entidades privadas começarem também a manifestar dificuldades em responderem às solicitações dos hospitais públicos, nomeadamente na área da radioterapia.

Sandra Gaspar enuncia no Expresso várias das dificuldades por que o IPO atravessa, designadamente no âmbito da contratação de técnicos especializados, nomeadamente para o novo equipamento de radioterapia, lamentando a falta de “capacidade de atracção e fixação de profissionais”. Um problema que é extensivo a todo o Serviço Nacional de Saúde, como diz, queixando-se que alguns profissionais vão para o privado devido a uma diferença de apenas “100 ou 200 euros”.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. INCOMPETENTES ou CORRUPTOS?? Vou mais p/ a Corrupção, alguém está a ganhar (são os privados) e alguém foi comprado p/ não atribuir licença – quem será ??? Quem paga ?? Os contribuintes quem mais havia de ser?

  2. Uma grande salva de palmas à senhora que falou publicamente na situação. Bem haja. Um pouco de amor e respeito pelos doentes que sofrem, da doença e das esperas, e pelos contribuintes que pagam.
    Vamos esperar que acorde os responsáveis.

    • Ainda bem então que há privados.Lamenta-se sim que nem todos possam lá ir.Na minha opinião não podemos acusar os privados que têm os serviços,mas sim o estado a quem pagamos os nossos impostos,não os utiluzarem a bem de todos,mas sim naquilo que lhes é mais útil e proveitoso!!!!!

      • Não percebeste nada!…
        Enquanto este equipamento não estiver a funcionar, há privados a fazer o serviço pago pelo SNS e, obviamente, são esses os que tem mais interesse em que este equipamento nunca funcione!!
        Percebido?

  3. O que nos salva é estarmos no país do SIMPLEX, poderá demorar mais uns anitos mas não acabará desactualizado nem ferrugento certamente!

RESPONDER

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …

Especialistas alemães consideram que país já está a ter uma segunda vaga

Especialistas alemães consideram que o país já está a passar por uma segunda vaga de covid-19, ainda que não seja comparável à primeira. De acordo com o sindicato dos médicos Marburger Bund, o país já está …