Números vão piorar. Epidemiologista prevê 200 óbitos e 14 mil novos casos já na próxima semana

Sebastião Moreira / Lusa

O epidemiologista Manuel Carmo Gomes estima que Portugal pode chegar aos 200 óbitos e 14 mil casos diários de covid-19 já na próxima semana.

“Estamos com 12.300 contágios por dia”, avançou em entrevista à SIC Notícias, durante a qual adiantou que haverá cerca de 2.700 casos que não são diagnosticados todos os dias.

Manuel Carmo Gomes estima que Portugal pode registar 14 mil novos casos de covid-19 por volta de dia 24 de janeiro. “Esta estimativa dos 14 mil assume que nós teremos uma desaceleração no aparecimento dos novos casos, como aquela que tivemos na primeira vaga”, em meados de março do ano passado.

Se não se verificar uma desaceleração, Portugal pode chegar aos 16 mil casos diários.

Quanto ao número de mortes, Manuel Carmo Gomes estima que pela mesma altura, isto é, a 24 de janeiro, Portugal registe cerca de 200 óbitos, frisando, contudo que este não será o pico, cuja estimativa aponta para as 220 mortes.

De acordo com o especialista, não é ainda possível prever quando é que ocorrerá o pico de mortes por covid-19. O mesmo se aplica ao máximo de casos registados diariamente – Manuel Carmo Gomes recorda que se fosse aplicado um confinamento igual ao de março, levaria ainda uma semana para se atingir o pico de infeções.

No seu entender, e tendo em conta o que se observou no passado fim-de-semana, o confinamento está ainda longe de ser semelhante ao de março, empurrando os picos associados à doença: “Não foi bom sinal. Não agoira nada de bom”.

O primeiro-ministro, António Costa, ajustou esta segunda-feira, após a reunião extraordinária de Conselho de Ministros, as medidas de restrição para o novo confinamento, que entrou em vigor na passada sexta-feira.

O governante deixou claro que os números vão piorar nos próximos dias e pediu um “sobressalto cívico” para controlar a pandemia de covid-19: “Não podemos estar sempre à espera do outro. Do polícia que nos venha multar, do Governo que nos venha proibir (…) Temos de contar connosco próprios”.

O Conselho de Ministros decidiu, entre outras medidas restritivas, acabar com as vendas ao postigo, limitar os horários de funcionamento de todos estabelecimentos e proibir a circulação entre concelhos aos fins-de-semana.

Portugal contabilizou esta segunda-feira 167 mortes, um novo máximo de óbitos em 24 horas relacionados com a covid-19, e 6.702 novos casos de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Segundo o boletim epidemiológico da DGS, Portugal ultrapassou os nove mil mortos relacionados com a covid-19, desde o início da pandemia, em março de 2020, ao serem contabilizadas 9.028 mortes, e um total de 556.503 infeções pelo vírus SARS-CoV-2.

O boletim revela também que foram ultrapassados os cinco mil internamentos hospitalares por covid-19, encontrando-se 5.165 pessoas internadas, mais 276 do que no domingo, das quais 664 em unidades de cuidados intensivos, ou seja, mais 17, dois valores que representam novos máximos da fase pandémica.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cheias atingem campos no Bangladesh. Pelo menos seis refugiados Rohingya mortos

Pelo menos seis refugiados Rohingya morreram após as cheias inundarem os campos de refugiados em Bangladesh nos últimos dias, destruindo os abrigos de bambu e plástico e deixando pelo menos 5.000 desabrigados, informou o Alto-comissariado …

Defesa de Salgado alega diagnóstico preliminar de Alzheimer do ex-banqueiro

A defesa do antigo presidente do BES, que está a ser julgado por três crimes de abuso de confiança no âmbito da Operação Marquês, pediu ao tribunal uma perícia médica devido ao seu diagnóstico preliminar …

Três norte-americanos emitem carbono suficiente para matar uma pessoa, revela estudo

O estilo de vida de três norte-americanos leva a uma emissão de carbono suficiente para matar uma pessoa, revelou um novo artigo, concluindo ainda que as emissões de uma única usina a carvão podem causar …

Terceira dose da vacina da Pfizer aumenta "fortemente" a proteção contra a variante Delta

Farmacêutica norte-americana pretende submeter um novo pedido de autorização de emergência para a administração da terceira dose ao regulador, depois de já ter visto um pedido anterior ser recusado por falta de evidências científicas. Depois de …

Estabelecimentos abertos até às 02h00. Máscaras na rua acabam em setembro

O primeiro-ministro anunciou, esta quinta-feira, a partir do Palácio Nacional da Ajuda, as novas medidas de desconfinamento decididas no Conselho de Ministros. António Costa começou por referir que, graças às medidas restritivas dos últimos tempos, é …

Surpresa na Liga dos Campeões: Celtic é uma equipa de "terceira divisão"

Críticas à qualidade do plantel do gigante escocês, que nem passou da segunda pré-eliminatória de acesso à Liga dos Campeões. O Midtjylland fez a festa. Há uns tempos seria uma surpresa mas, nos anos mais recentes, …

Morreu o poeta e tradutor Pedro Tamen, aos 86 anos

O poeta e tradutor, de 86 anos, morreu, esta quinta-feira, em Setúbal, onde estava hospitalizado, disse à agência Lusa fonte próxima da família. Pedro Tamen, que além de poeta também foi tradutor, estreou-se, em 1956, com …

Corrida à Câmara de Lisboa divide CDS. Mesquita Nunes junta-se aos críticos

A escolha de Filipe Anacoreta Correia, em vez de João Gonçalves Pereira, para número dois da lista à Câmara de Lisboa está a gerar uma guerra interna no CDS. A escolha de Filipe Anacoreta Correia para …

Tragédia Hillsborough: morreu uma vítima, depois de 32 anos em estado vegetativo

Andrew Devine faleceu aos 55 anos. É oficialmente a 97.ª pessoa a morrer por causa do desastre em 1989, em Sheffield. De 15 de abril de 1989 até 27 de julho de 2021 passaram mais de …

Trabalhadores da Google só regressam aos escritórios em outubro e todos vacinados

A maioria dos trabalhadores da Google só regressará aos escritórios em meados de outubro, depois de ser totalmente vacinada, numa tentativa de combater a disseminação da variante Delta do novo coronavírus SARS-COV-2, anunciou esta quarta-feira …