Cientistas criaram acidentalmente uma enzima mutante que come plástico

Dennis Schroeder / NREL

Imagem de microscopia electrónica da enzima descoberta no NREL

Acidentalmente, uma equipa de cientistas descobriu uma substância capaz de decompor o polímero usado no fabrico de garrafas de água.

A versão natural da enzima que come plástico foi identificada em 2016, num centro de reciclagem no Japão. Mas os cientistas da Universidade britânica de Portsmouth e do Laboratório do Departamento Norte-Americano de Energias Renováveis, NREL, conseguiram melhorar acidentalmente a enzima.

Os cientistas foram alterando-a, de modo a observar a sua evolução. Neste processo, a equipa apercebeu-se de que tinha conseguido tornar a enzima ainda mais eficaz na decomposição do polímero comummente utilizado nas garrafas de plástico.

Ao The Guardian, John McGeehan, professor da Universidade de Portsmouth, disse que os responsáveis pela investigação ficaram “em choque” quando se aperceberam do que tinham criado. Esta é “uma grande descoberta”, comentou.

No estudo, recentemente publicado na Proceedings of the Natural Academy of Sciences, os cientistas explicam que a enzima – Ideonella sakaiensis 201-F6 – consegue digerir polietileno tereftalato, ou PET, o polímero termoplástico usado em milhões de garrafas e outros recipientes.

O PET foi desenvolvido nos anos 40 e, embora pareça muito tempo, em termos evolucionários é um polímero muito recente. Mas a enzima consegue, também, decompor o seus substituto biológico, o polietileno furandicarboxilato ou PEF.

Dennis Schroeder / NREL

Enzima Ideonella sakaiensis 201-F6

“Esperávamos determinar a sua estrutura para auxiliar na criação de proteínas mas acabamos por dar um passo em frente e acidentalmente desenvolvemos uma enzima com um melhor desempenho na digestão destes plásticos”, afirmou o diretor da investigação no NREL, Gregg Beckham, citado pela RTP.

A equipa considera o melhoramento modesto. No entanto, esta descoberta inesperada sugere que é possível melhorar ainda mais estas enzimas, aproximando os cientistas de uma “solução de reciclagem para a a pilha de plásticos descartados que cresce constantemente”, disse McGeehan.

Esta descoberta pode mesmo revelar-se um dos grandes desenvolvimentos do nosso século, já que deverá reduzir a quantidade de plástico que polui o ambiente.

Além disso, explica o cientista, “estamos à espera de usar esta enzima para decompor o plástico nos seus componentes originais, para podermos, literalmente, reciclar e transformar de volta em plástico. Isso significa que não precisaremos de envolver mais petróleo“.

Isto significa que uma garrafa de água velha poderá voltar a ser uma garrafa de água nova, algo que, até agora, não era possível. Normalmente, as garrafas de plástico recicladas são transformadas em fibras para vestuário e outros têxteis.

Em comunicado, a Universidade de Portsmouth destaca que a descoberta abre a porta a soluções de reciclagem para milhões de toneladas de garrafas feitas de PET e PEF. O NREL sublinha a urgência da investigação, alertando para os oito milhões de toneladas métricas que entram todos os anos nos oceanos, criando ilhas flutuantes de lixo.

Em cada minuto são vendidas, em todo o mundo, mais de um milhão de garrafas de plástico. No entanto, apenas 14% são recicladas.

PARTILHAR

RESPONDER

Quase 40% dos americanos com dificuldades financeiras. Doar sangue é a sua maior receita

A economia dos Estados Unidos (EUA), considerada uma das maiores do mundo, permitiu avanços sociais e tecnológicos inestimáveis. Contudo, atualmente, cerca de 40% dos norte-americanos afirmam ter dificuldade em pagar por comida, por habitação, por …

"Políticos devem ser colocados contra a parede". Greta pede desculpa

A ativista do clima Greta Thunberg pediu desculpa por ter dito que os políticos devem ser colocados “contra a parede”, após diversas pessoas terem considerado que a jovem estava a defender a violência. A sueca de …

Carnaval belga retirado da lista de Património Imaterial da UNESCO após queixas de antissemitismo

As festas da cidade de Aalst, na Bélgica, foram retirada da lista do Património Imaterial da Humanidade, depois de a UNESCO ter sancionado a presença de carros carnavalescos contendo imagens antissemitas. O presidente da Câmara …

Conselho de Ministros aprova proposta de OE2020 (e foram quase 10 horas de reunião)

O Conselho de Ministros aprovou hoje a proposta de Orçamento do Estado para 2020, dez horas depois de a reunião extraordinária ter começado, anunciou hoje o primeiro-ministro na sua página na rede social Twitter. "O Conselho …

Nova espécie de baleia mostra como este animal evoluiu para conseguir nadar

Cientistas descobriram uma nova espécie de baleia, que existiu há 35 milhões de anos, que pode dar novas pistas sobre como as baleias evoluíram para conseguir nadar. De acordo com a revista Newsweek, os investigadores analisaram …

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …