230 mini-sismos levantam receios de mega-terramoto nos EUA

Uma “onda” de mini-tremores de terra sacudiu a semana passada o estado norte-americano do Nevada, criando receios de que um grande terramoto esteja prestes a acontecer.

Segundo nota o jornal local Reno Gazette Journal, há registo de ocasiões anteriores em que terramotos de grande intensidade foram precedidos por centenas de pequenos tremores de terra. A “onda” da semana passada, diz o periódico, poderia ser um aviso de que estará para acontecer um grande terramoto.

Entre os dias 11 e 18 de janeiro, registaram-se mais de 230 tremores de terra de baixa intensidade nas proximidades da cidade de Reno. O sismo mais forte desta “onda” teve uma magnitude de 2.7 na escala de Richter. No diz 12, o site da Universidade do Nevada dava já conta da ocorrência de 90 pequenos sismos. Mas a actividade sísmica não cessou.

Sismólogos da Universidade do Nevada explicam que uma série de pequenos tremores pode indicar que um evento sísmico de maiores dimensões está para acontecer.

Nevada Seismological Laboratory

Levantamento dos mini-sismos ocorridos a sul de Reno, realizado pelo Laboratório de Sismologia do Nevada a 18 de janeiro

Em 2008 e 2013, dois terramotos de magnitude 4.7 e 4.4, respectivamente, sacudiram a cidade de Reno, cidade famosa pelos seus casinos e conhecida como “a maior pequena cidade do Mundo”. Em ambos os casos, os terramotos tinham sido precedidos por centenas de pequenos tremores de terra como os que se registaram a semana passada.

Segundo o USA Today, alguns analistas salientam que a assustadora “onda” de mini-sismos provém da zona onde se encontra a central geotérmica de Ormat Steamboat. Mas os peritos da Universidade do Nevada descartam que estes sismos possam estar relacionados com a actividade desta central. Os mais de 200 tremores de terra ocorreram a cerca de 6 mil metros de profundidade, muito abaixo das actividades da central.

“Quando sentimos estes pequenos sismos, é a Natureza a lembrar-nos de que o Nevada é território de terramotos”, diz Aaron Kenneston, responsável pelo gabinete local de Resposta a Emergências. “Hoje é um bom dia para dar uma volta pela casa ou escritório e prender prateleiras, móveis, qualquer coisa que se possa soltar e ferir-nos durante um sismo”, diz Kenneston.

“Os habitantes do Nevada têm que estar tão preparados para estes pequenos tremores de terra”, diz o sismologista Ken Smith. “Todos nós temos medo do Grande Terramoto, mas não é preciso um grande terramoto para deitar da prateleira abaixo uma jarra e partir-nos a cabeça”.

Apesar de o tremor de maior intensidade ter acontecido na quinta-feira, a “onda” de mini-sismos parece estar a passar. Sinal de que não é desta vez que o Grande Terramoto acontece… ou a calmaria antes da tempestade?

AJB, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há quase 16 anos que não havia um número tão baixo de desempregados

O número de inscritos no Instituto de Emprego e Formação Profissional recuou 16,6% em abril para o número mais baixo desde 2002. Os centros de emprego registaram uma descida de 16,6% no desemprego no mês de …

Vulcão Kilauea provoca nuvem de gases ácidos e farpas de vidro

O vulcão Kilauea está a originar um novo perigo para a população da zona, devido às nuvens de gases ácidos, vapor e de partículas semelhantes ao vidro que estão a ser causadas pela chegada da …

Estudar música ou falar mais do que uma língua torna o cérebro mais eficiente

Uma equipa de cientistas do Centro de Cuidados Geriátricos de Baycrest, no Canadá, realizou uma investigação e concluiu que músicos bilingues têm um cérebro mais eficiente. Cientistas do Centro de Cuidados Geriátricos de Baycrest, no Canadá, …

Gel inteligente "caminha" e move objetos debaixo de água

Uma equipa de engenheiros criou um gel inteligente impresso em 3D capaz de caminhar debaixo de água, agarrar e mover objetos. O produto tem potencial em engenharia biomédica por ser semelhante a tecidos do corpo …

Ferramentas de madeira encontradas em Espanha eram de neandertais

Não é muito comum encontrarem-se na Europa ferramentas de madeira associadas a neandertais. Os instrumentos encontrados em Espanha têm cerca de 90 mil anos e as ferramentas de madeira descobertas em Itália têm cerca de …

600 anos e 4 terramotos: cientistas desvendam como é que a Torre de Pisa ainda continua em pé

Era um mistério que há anos intrigava engenheiros: como é que a Torre de Pisa consegue resistir a terremotos estando tão inclinada? Com 58 metros de altura, o campanário da catedral da cidade italiana de Pisa …

Descoberto primeiro asteróide extrassolar que se fixou no Sistema Solar

Cientistas descobriram o primeiro asteróide extrassolar que se fixou no Sistema Solar, na órbita de Júpiter, revela um estudo publicado esta segunda-feira. O "2015 BZ509", com origem fora do Sistema Solar, está 'aninhado' na órbita de …

"Não sejas malvado". Google apagou o seu popular lema do código de conduta

A gigante tecnológica eliminou do código de conduta que distribui aos seus funcionários o popular lema "Bon't Be Evil", "não sejas malvado", que fazia parte da cultura da empresa desde os anos 2000. O lema não …

Prisão preventiva para todos os agressores de Alcochete

O juiz de instrução criminal do Tribunal do Barreiro decretou, esta segunda-feira, a medida de coação de prisão preventiva a todos os 23 arguidos detidos na sequência das agressões na Academia do Sporting, em Alcochete. Num …

12 anos depois, nasceu o primeiro bebé na ilha onde é proibido nascer

Este fim de semana, uma brasileira deu à luz uma bebé, na remota ilha de Fernando de Noronha onde, por falta de de estrutura hospitalar, os nascimentos não são autorizados. O arquipélago Fernando Noronha, no Brasil, …