Suspeito de terrorismo revelou plano para envenenar a Família Real com um gelado

Sahayb Abu, que está a ser julgado na Grã-Bretanha por alegadamente ter planeado um ataque terrorista, revelou um suposto plano para envenenar o gelado do Príncipe George, filho de William e Kate.

O filho dos duques de Cambridge, o Príncipe George, de 7 anos, estava entre os alvos de um ataque terrorista. O plano do grupo de extremistas seria envenenar os gelados vendidos no Sainsbury’s.

A revelação foi feita durante uma conversa gravada por um agente secreto, conhecido como Rachid, que ganhou a confiança do rapper e suposto jihadista Sahayb Abu, avança o jornal britânico Independent.

O jovem, de 27 anos, foi preso em julho após ter comprado uma espada, uma faca, uma balaclava e luvas, isto depois de ter partilhado uma música rap com uma letra violenta com os irmãos. Está agora a ser julgado em Old Bailey.

Abu é acusado de planear um ataque terrorista durante a pandemia, que tinha como objetivo atacar as sedes diplomáticas estrangeiras em Londres, incluindo os consulados dos Estados Unidos, Israel, Índia, Rússia e Arábia Saudita.

Segundo o matutino, o plano para envenenar o príncipe foi elaborado pelo já condenado islâmico Husnain Rashid, um propagandista pró-Isis.

“Sabes qual era o plano dele? Eu diria que, já que a residência da Família Real é lá, iam até à loja Sainsbury’s mais próxima e colocavam veneno nos gelados para que a Família Real os comprasse”, contou Abu ao agente infiltrado, acrescentando, porém, que a ideia era pouco inteligente.

“Eles iam comprar alguns gelados e, provavelmente, o filho ia comê-los”, revelou o suposto jihadista, acrescentando que a intenção seria envenenar a criança e a família inteira. As informações constam de uma transcrição do encontro entre Abu e o agente secreto.

Rashid foi condenado a prisão perpétua, com uma pena mínima de 25 anos, em 2018 por uma série de crimes terroristas, incluindo preparação de atos terroristas e incentivo ao terrorismo.

Por sua vez, Abu nega ter preparado qualquer ato de terrorismo. O jovem foi preso no dia 9 de julho, dias depois de enviar uma música a dois dos seus irmãos que terminava com as palavras: “Minha haste (faca) penetrou em ti, peguei no meu colete suicida – um clique, bum, e vejo-te mais tarde.”

O seu irmão, Mohamed Abu, nega ter divulgado informações sobre atos de terrorismo. O julgamento continua.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. É interessante, que o eu, não parece gente, porque não tem uma ideia sobre nada. Sugeria que os que fossem pessoas pura e simplesmente desprezassem qualquer comentário, pode ser ao menos que mude de título.

RESPONDER

Políticos e especialistas querem legalizar canábis (com impostos para prevenir o consumo)

Um grupo de 65 personalidades, entre especialistas médicos e ex-ministros, apela à legalização da canábis, considerando que é a melhor forma de prevenir o consumo desta droga, nomeadamente através dos impostos aplicados ao sector. Esta carta …

Mais 1062 casos e seis mortes por covid-19. Internamentos continuam em queda

Há actualmente 497 doentes internados, menos 30 pessoas do que no último balanço. Mais seis pessoas morreram de covid-19 nas últimas 24 horas. Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais seis mortes e mais 1062 casos …

Crescimento sustentado da economia dá margem ao Governo nas negociações para OE

Governo tem a seu favor uma evolução positiva das receitas fiscais, o que lhe deverá permitir metas mais ambiciosas de redução do défice ou, em alternativa, assumir mais medidas com impacto negativo no orçamento. O crescimento …

Portugal contratou mais professores, mas salários baixaram

Em ano de pandemia, um relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) mostra as diferenças que existem nas carreiras dos professores na Europa e em Portugal. O reforço do número de professores no …

Afinal, a crise no transporte marítimo mundial não vai estragar o Natal - pelo menos em Portugal

O transporte de mercadorias está a desacelerar na Ásia e o aumento dos custos está a causar uma onda preocupação na distribuição. Porém, o problema não se deverá fazer sentir na época de Natal. A falta …

Líder do Estado Islâmico no Grande Saara morto por forças francesas

O Presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou esta madrugada que o líder do grupo terrorista "Estado Islâmico no Grande Saara" (EIGS), Adnan Abu Walid Sahraoui, foi "neutralizado" por forças militares francesas. "Trata-se de um novo grande sucesso …

Portugal vai ser o país europeu com mais escalões de IRS

Com o desdobramento do terceiro e do sexto escalão de IRS, Portugal será, a par do Luxemburgo, o país europeu com mais níveis na tabela de taxas de imposto. As mexidas nos escalões de IRS já …

Fisco enviou 50 mil notificações de IUC indevidas e vai anulá-las

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) identificou o envio de cerca de 50 mil notificações indevidas para pagamento do IUC, que serão anuladas. A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) identificou o envio de cerca de 50 …

A dança das cadeiras de Boris está a ser interpretada como uma preparação das próximas eleições

A remodelação governamental que Boris Johnson levou a cabo esta quarta-feira está a ser lida como uma preparação para as próximas eleições, ainda que o calendário político não exija uma ida às urnas antes de …

MP deteta omissões nos diplomas sobre o controlo das bases de dados do SEF

O Conselho Superior do Ministério Público detetou falhas e omissões nos diplomas sobre o controlo das bases de dados do SEF e a transferência das competências administrativas. O Diário de Notícias escreve, esta quarta-feira, que o …