Entrega do Nobel marcada por relato comovente de sobrevivente de Hiroshima

Berit Roald / EPA

A prémio Nobel da Paz, Setsuko Thurlow (ao centro) com a diretora da ICAN, Beatrice Fihn

A cerimónia de entrega do Nobel da Paz, em Oslo, teve este ano o relato de Setsuko Thurlow, que sobreviveu à bomba nuclear lançada contra Hiroshima, e que define armas nucleares como “mal extremo”.

A ICAN, Campanha Internacional pela Abolição de Armas Nucleares, recebeu este domingo  o Prêmio Nobel da Paz em Oslo, e apelou às potências nucleares que se juntem ao tratado de proibição destas armas – para acabar com essa “ameaça” para a humanidade.

Representamos a única escolha racional, representamos os que se recusam aceitar as armas nucleares como um elemento do mundo. A nossa é a única realidade possível, a alternativa é impensável”, disse a directora-executiva da ICAN, Beatrice Fihn.

Fihn alertou que o risco de que estas armas sejam usadas é maior agora do que era no fim da Guerra Fria, devido à existência de mais países com arsenais nucleares, mais terroristas e de uma guerra cibernética latente.

Diante da “aceitação cega” e da negação do perigo dessas armas, Fihn pediu que se reivindique “a liberdade de não viver nossas vidas como reféns de uma aniquilação iminente” e sustentou que a ICAN é “a voz da humanidade” que pede o seu desaparecimento.

Fihn recebeu o Nobel numa cerimónia emotiva, ao lado de Setsuko Thurlow, de 85 anos, sobrevivente da bomba atómica lançada em 1945 pelos Estados Unidos sobre Hiroshima, no Japão. Thurlow definiu as armas nucleares como “o mal extremo” e usou a sua experiência para pedir o fim de uma “loucura” intolerável.

Thurlow emocionou o auditório, no qual havia mais sobreviventes de testes e ataques nucleares, relembrando a procissão de figuras fantasmagóricas, pessoas com a carne e os intestinos pendurados, com as órbitas dos olhos nas suas mãos e o cheiro de carne queimada.

A sobrevivente japonesa relatou a “lembrança viva” do bombardeamento, a sensação de “flutuar no ar”, o colapso da sua escola, os gritos dos seus companheiros e do seu sobrinho Eiji, de quatro anos, convertido num “pedaço fundido de carne” que continuou a pedir água até morrer.

“Enquanto saía, arrastando-me, as ruínas ardiam. A maioria dos meus colegas de turma morreram, foram queimados vivos. Vi à minha volta uma devastação total, inimaginável”, relatou Thurlow.

A sua cidade natal – e com ela familiares e 351 colegas de escola – foi apagada, e nos anos seguintes milhares de pessoas morreram devido às consequências da radiação, “que ainda hoje continua a matar”.

Thurlow criticou o “mito” de que as de Hiroshima e Nagasaki foram “bombas boas” que acabaram com uma “guerra justa” e culpa-as pela “desastrosa corrida armamentista”.

Berit Roald / EPA

A prémio Nobel da Paz, Setsuko Thurlow, com a diretora da ICAN, Beatrice Fihn

O prémio Nobel é distribuído em seis categorias. Na tarde deste domingo, o rei Carlos Gustavo, da Suécia, entregou em Estocolmo os prémios aos laureados nos campos da Medicina, Física, Química, Economia e Literatura. Cada prémio é dotado com 945 mil euros.

ZAP // Deutsche Welle / EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. E não disse nada sobre o “mal extremo” que os japoneses espalharam pela região, tendo inclusivamente invadido Timor a 2 de Fevereiro de 1942?!!
    Claro que foi uma guerra “justa” e, se tivessem limpado o Japão do mapa, teriam toda a razão para isso, pois o que o Japão fez aos países vizinhos (sem qualquer razão!!) foi do pior que está documentado até aos dias de hoje!…

RESPONDER

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: segunda-feira, aviso de mau tempo na Madeira

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/maritimo-1-2-benfica-o-musical Ai segunda-feira... "Espero que seja mesmo um bom dia para mim". Esta seria a mente dos treinadores a falar. O treinador do Marítimo sabia que a sua equipa não ganhava no campeonato há quase dois …

Há um mecanismo que bloqueia a produção de gordura após as refeições. Pode tratar a obesidade

Um novo estudo revela um mecanismo até agora desconhecido, no qual uma hormona libertada do intestino desliga os processos de produção de gordura do corpo após as refeições. Depois de uma refeição, o nosso corpo dedica-se …

A mais recente espécie de macaco foi encontrada em laboratório e não numa expedição

A nova espécie de macaco, o Popa langur, foi descoberta em laboratório. Ao contrário do que se possa pensar, muitas das espécies descobertas não são encontradas numa expedição. A descoberta do Popa langur, um macaco encontrado …

Desapareceu tão misteriosamente como apareceu o monólito do deserto do Utah (e apareceu outro na Roménia)

O monólito de metal descoberto, na semana passada, no meio do deserto do Utah, nos EUA, desapareceu sem deixar rasto. O mistério adensa-se em torno do objecto que alguns já apelidaram de "extraterrestre", até porque …

The Crown: O que é verdade e ficção na nova temporada?

Não é novidade que as famílias reais da Europa, em especial a família real britânica, sempre despertaram muita curiosidade e interesse por parte do público. Desta forma, a plataforma de streaming Netflix decidiu investir, em …

Hubble avista possível "jogo de sombras" do disco em torno de um buraco negro

Algumas das vistas mais deslumbrantes do nosso céu ocorrem ao pôr-do-Sol, quando a luz do Sol penetra nas nuvens, criando uma mistura de raios brilhantes e escuros formados pelas sombras das nuvens e pelos feixes …

No Japão, houve mais suicídios num mês do que mortes por covid-19 no ano todo

No mês de outubro, o número de suicídios no Japão foi superior ao número de mortes por covid-19 desde o início da pandemia. De acordo com os dados do governo, foram registados 2153 suicídios no …

YouTube cria o primeiro videoclipe "infinito" de sempre. Reúne todas as versões de "Bad Guy" de Billie Eilish

"Bad Guy" de Billie Eilish tornou-se o primeiro vídeo de música infinito de sempre. Celebrando o facto de ter atingido a marca de mil milhões de visualizações, a artista juntou-se ao YouTube e criou uma …

Marítimo 1 - 2 Benfica | Águia faz terapia no “divã” de Pizzi

Após duas derrotas consecutivas para o campeonato (contra o Boavista e o Braga), o Benfica regressou às vitórias, na visita ao Marítimo, por 2-1. Um resultado que não disfarça as dificuldades e a intranquilidade que …

A Coreia do Sul vai ter táxis aéreos. Serão usados em serviços de emergência e turismo

A empresa chinesa de mobilidade aérea EHang concluiu três voos de teste na Coreia do Sul para demonstrar o seu novo transporte de passageiros. Trata-se de um táxi aéreo com capacidade de resposta de emergência …