Enteados de Maduro investigados em desvio de 1,2 mil milhões de dólares

Agencia de Noticias ANDES

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, com a primeira-dama da Venezuela, Cilia Flores

Os três enteados do presidente venezuelano Nicólas Maduro estão a ser investigados nos EUA por suspeitas de participação num esquema que desviou até 1,2 mil milhões de dólares da empresa estatal de petróleo PDVSA.

De acordo com documentos do Departamento de Justiça dos EUA, o esquema em causa utilizava o mercado negro de câmbio de moeda, a empresa estatal e um banco suíço. As investigações ganharam força nesta semana depois de um banqueiro alemão ter fechado um acordo de colaboração com as autoridades americanas.

O banqueiro, identificado como Matthias Krull, foi preso na Flórida em julho. Krull trabalhava para a filial do Panamã do banco suíço Julius Baer e revelou que tinha como clientes três enteados de Maduro, Yoswal, Yosser e Walter Flores, filhos da primeira-dama venezuelana Cilia Flores.

De acordo com as investigações, o esquema recorria às duas taxas de câmbio que vigoraram até à semana passada. Os suspeitos trocavam dólares num esquema paralelo, no qual a avaliação da moeda era muito mais alta. Depois – através do pagamento de subornos ou com a participação de membros do governo -, os envolvidos compravam novamente dólares usando a avaliação oficial, que tinha valores mais baixos.

Este esquema permitiu, em 2014, que um dos participantes usasse 10 milhões de dólares para comprar 600 milhões de bolívares no mercado paralelo. À época, a avaliação não oficial era de um dólar para 60 bolívares.

Depois, e já com acesso à avaliação oficial – que era de apenas 1 dólar para 6 bolívares – o suspeito conseguiu transformar 10 milhões em 100 milhões de dólares.

De acordo com os investigadores americanos, o esquema usava os cofres da PDVSA, que é a principal fonte para obter dólares na Venezuela e que acabava por assumir o prejuízo nas operações fraudulentas de troca de moeda.

Los Chamos

Nos documentos em investigação, os enteados de Maduro não são identificados diretamente, mas a sua participação no esquema foi confirmada pelos investigadores à agência de notícias Associated Press.

De acordo com as revelações do banqueiro, os enteados de Maduro são apelidados de Los Chamos, expressão coloquial que significa “as crianças”. De acordo com a investigação, os três arrecadaram até 184 milhões de dólares com o esquema.

O esquema conta ainda com outros participantes, que incluem funcionários do governo e membros da elite. No final de 2014, o esquema já tinha desviado 600 milhões de dólares. Em maio de 2015, o valor já tinha duplicado para 1,2 mil milhões.

O banqueiro alemão contou que foi procurado em 2016 por um dos participantes do esquema, que procurava ajuda para “lavar” os 1,2 mil milhões de dólares. Krull começou então a fazer os movimentos para ocultar o valor, que foi usado para comprar propriedades na Flórida e enviado para contas no exterior.

Essa não é a primeira vez que a família de Maduro é envolvida em investigações nos EUA. Em 2017, dois sobrinhos da primeira-dama Flores foram condenados a 18 anos de prisão pela Justiça americana por tráfico de cocaína.

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Serão estes mais um punhado de amigos que no dia em que a ditadura comunista cair na Venezuela darão à sola do país e daí a pouco tempo aparecerão possivelmente como aconteceu com os russos a investir milhões em clubes de futebol ou outras extravagâncias em países que eles chamam de capitalistas porque de facto o capital enquanto eles governam fica apenas restrito a um punhado de camaradas enquanto ao povo acontece simplesmente o que está há vista nesse país rico caído na miséria.

  2. Afinal que dizem esses idiotas retardados mentais socialistas-comunistas?!!. Como são retardados mentais, não conseguem enxergar, nem desenhado………!!!!!

    • Quem são esses?!
      Este Maduro e companhia, são apenas ditadores corruptos e loucos!
      Além disso, tal como comprova a notícia, eles estão muito mais virados para o capitalismo do que para o comunismo!…

RESPONDER

Duque de Edimburgo foi transferido para outro hospital

O Palácio de Buckingham anunciou esta segunda-feira que o príncipe Filipe, marido da rainha do Reino Unido, Isabel II, foi transferido para outro hospital de Londres para continuar o tratamento de uma infeção. O Palácio disse …

Presidência da UE. Governo trabalha para encontro com Biden durante "semestre português"

A presidência portuguesa do Conselho da União Europeia quer um encontro com o Presidente Joe Biden ainda durante o primeiro semestre. A presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE) está a trabalhar na realização de …

Vacina da Pfizer. Intervalo entre doses aumenta para 28 dias (e lista de prioritários vai incluir pessoas com trissomia-21)

O intervalo entre a toma das duas doses da vacina da Pfizer/BioNtech contra a covid-19 foi alargado de 21 para 28 dias, anunciou esta segunda-feira o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda …

Caso do avião com cocaína. PJ vai vigiar Aérodromo de Tires 24 horas por dia

A Polícia Judiciária (PJ) vai vigiar as movimentações de aeronaves e passageiros que chegam e saem do Aeródromo de Tires 24 horas por dia. A informação foi adiantada pelo Correio da Manhã, que falou com …

Facebook paga 650 milhões para encerrar litígio sobre vida privada nos EUA

O juiz federal norte-americano James Donato aprovou a indemnização de 650 milhões de dólares (540 milhões de euros) a 1,6 milhões de utilizadores do estado norte-americano do Illinois por parte do Facebook. Este acordo, assinado na …

"Retoma da normalidade". Bruxelas propõe este mês livre-trânsito digital para vacinados e recuperados

A Comissão Europeia vai apresentar este mês uma proposta legislativa para criar um livre-trânsito digital que permita retomar as viagens em altura de pandemia de covid-19, comprovando a vacinação ou a recuperação dos cidadãos. A informação …

Noiva de Khashoggi pede "punição imediata" de Mohammed bin Salman

As declarações da noiva de Jamal Khashoggi surgem depois de as autoridades norte-americanas terem publicado um relatório em que Mohammed bin Salman é acusado de ter ordenado o assassínio do jornalista. Joe Biden está a ser …

Covax permite que países mais pobres comecem a receber a vacina (mas só garante 20% da vacinação)

A Covax visa fornecer vacinas contra a covid-19 a 20% da população de 200 países e territórios que estão incluídos no sistema através de um sistema de financiamento que permite a 92 economias de baixo …

Reino Unido vacinou 20 milhões com 1.ª dose. País deteta casos de variante de Manaus

O ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, anunciou no domingo que mais de 20 milhões de pessoas no Reino Unido já receberam a primeira dose da vacina contra covid-19. "Estou absolutamente encantado por informar que mais …

Famílias numerosas já podem pedir desconto no IVA da luz

As famílias com cinco ou mais elementos podem pedir a redução do IVA da eletricidade ao seu fornecedor a partir desta segunda-feira e têm de comprovar a sua condição de família numerosa. Em causa está a …