Enteados de Maduro investigados em desvio de 1,2 mil milhões de dólares

Agencia de Noticias ANDES

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, com a primeira-dama da Venezuela, Cilia Flores

Os três enteados do presidente venezuelano Nicólas Maduro estão a ser investigados nos EUA por suspeitas de participação num esquema que desviou até 1,2 mil milhões de dólares da empresa estatal de petróleo PDVSA.

De acordo com documentos do Departamento de Justiça dos EUA, o esquema em causa utilizava o mercado negro de câmbio de moeda, a empresa estatal e um banco suíço. As investigações ganharam força nesta semana depois de um banqueiro alemão ter fechado um acordo de colaboração com as autoridades americanas.

O banqueiro, identificado como Matthias Krull, foi preso na Flórida em julho. Krull trabalhava para a filial do Panamã do banco suíço Julius Baer e revelou que tinha como clientes três enteados de Maduro, Yoswal, Yosser e Walter Flores, filhos da primeira-dama venezuelana Cilia Flores.

De acordo com as investigações, o esquema recorria às duas taxas de câmbio que vigoraram até à semana passada. Os suspeitos trocavam dólares num esquema paralelo, no qual a avaliação da moeda era muito mais alta. Depois – através do pagamento de subornos ou com a participação de membros do governo -, os envolvidos compravam novamente dólares usando a avaliação oficial, que tinha valores mais baixos.

Este esquema permitiu, em 2014, que um dos participantes usasse 10 milhões de dólares para comprar 600 milhões de bolívares no mercado paralelo. À época, a avaliação não oficial era de um dólar para 60 bolívares.

Depois, e já com acesso à avaliação oficial – que era de apenas 1 dólar para 6 bolívares – o suspeito conseguiu transformar 10 milhões em 100 milhões de dólares.

De acordo com os investigadores americanos, o esquema usava os cofres da PDVSA, que é a principal fonte para obter dólares na Venezuela e que acabava por assumir o prejuízo nas operações fraudulentas de troca de moeda.

Los Chamos

Nos documentos em investigação, os enteados de Maduro não são identificados diretamente, mas a sua participação no esquema foi confirmada pelos investigadores à agência de notícias Associated Press.

De acordo com as revelações do banqueiro, os enteados de Maduro são apelidados de Los Chamos, expressão coloquial que significa “as crianças”. De acordo com a investigação, os três arrecadaram até 184 milhões de dólares com o esquema.

O esquema conta ainda com outros participantes, que incluem funcionários do governo e membros da elite. No final de 2014, o esquema já tinha desviado 600 milhões de dólares. Em maio de 2015, o valor já tinha duplicado para 1,2 mil milhões.

O banqueiro alemão contou que foi procurado em 2016 por um dos participantes do esquema, que procurava ajuda para “lavar” os 1,2 mil milhões de dólares. Krull começou então a fazer os movimentos para ocultar o valor, que foi usado para comprar propriedades na Flórida e enviado para contas no exterior.

Essa não é a primeira vez que a família de Maduro é envolvida em investigações nos EUA. Em 2017, dois sobrinhos da primeira-dama Flores foram condenados a 18 anos de prisão pela Justiça americana por tráfico de cocaína.

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Serão estes mais um punhado de amigos que no dia em que a ditadura comunista cair na Venezuela darão à sola do país e daí a pouco tempo aparecerão possivelmente como aconteceu com os russos a investir milhões em clubes de futebol ou outras extravagâncias em países que eles chamam de capitalistas porque de facto o capital enquanto eles governam fica apenas restrito a um punhado de camaradas enquanto ao povo acontece simplesmente o que está há vista nesse país rico caído na miséria.

  2. Afinal que dizem esses idiotas retardados mentais socialistas-comunistas?!!. Como são retardados mentais, não conseguem enxergar, nem desenhado………!!!!!

    • Quem são esses?!
      Este Maduro e companhia, são apenas ditadores corruptos e loucos!
      Além disso, tal como comprova a notícia, eles estão muito mais virados para o capitalismo do que para o comunismo!…

RESPONDER

Depois de "disparate" em Matosinhos, Costa promete "lição exemplar" à Galp. Empresa não comenta

António Costa deixou críticas ao encerramento da refinaria de Matosinhos, na sequência da decisão da Galp de concentrar as operações em Sines. A empresa escusou-se a fazer qualquer comentário sobre as declarações. No domingo, o secretário-geral …

Confronto entre EUA e China é "perigoso para o mundo", alerta Guterres

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) afirmou no domingo que um confronto entre os Estados Unidos (EUA) e a China é "perigoso para o mundo" e que, apesar das diferenças, há áreas onde …

Portugal recebeu no domingo grupo de 80 afegãos

Portugal recebeu no domingo 80 afegãos, na maioria atletas da equipa de futebol feminino e seus agregados familiares, elevando para 178 o total de cidadãos acolhidos após a emergência humanitária no Afeganistão, anunciou esta segunda-feira …

Inspeção obrigatória das motas começa em janeiro de 2022

Quase dez anos depois de a medida ter sido aprovada pelo Governo, a inspeção obrigatória de motas com mais de 125 cc vai arrancar em janeiro de 2022. Jorge Delgado, secretário de Estado das Infraestruturas, referiu …

André Ventura - Chega

Ventura diz que PSD está "igual" ao PS - e desafia Rio a justificar atraso no interior

O líder do Chega, André Ventura, manifestou-se hoje preocupado com o panorama político à direita, observando que o PSD está “igual” ao PS e acusando ambos os partidos de terem abandonado o interior do país. “Estou …

Sem Cristiano, o que se passa com a Juventus?

Nenhum triunfo em quatro jornadas do campeonato. Não acontecia há 60 anos. E o problema maior não estará no ataque, apesar da saída de Cristiano Ronaldo. Estreia na temporada: 2-2 no terreno da Udinese. Receber o …

Pacto AUKUS. Nova aliança dos EUA na Ásia-Pacífico pode levar a "corrida às armas nucleares"

A nova aliança dos Estados Unidos (EUA) na região da Ásia-Pacífico e a recente compra de submarinos norte-americanos por parte da Austrália pode desencadear uma "corrida às armas nucleares" na região, avisou esta segunda-feira a …

Costa foi omnipresente, agradeceu a regueifa e recarregou a "bazuca" como arma política

António Costa correu oito concelhos do Norte, em missão de campanha eleitoral. A "bazuca" europeia é usada como arma política, assim como a gestão da pandemia. A pandemia era um ponto de inflexão para as eleições …

"Queremos justiça", exigem famílias de vítimas do ataque em Cabul. CIA alertou para a presença de civis

A família das 10 vítimas mortais do ataque com drone dos EUA a um veículo em Cabul exigem que os operadores sejam julgados em tribunal. A CIA terá alertado para a presença de civis segundos …

Rio abre o jogo sobre o futuro do PSD. Não se recandidata se fizer "igual, pior ou muito pouquinho melhor"

Líder social-democrata deu a conhecer o que é, para o próprio, um bom resultado nas próximas autárquicas, recusou-se a falar sobre as movimentações internas no PSD, expôs o papel do partido na votação do OE …