Enfermeira espanhola infectada com ébola está melhor e fala com os médicos

Teresa Romero Ramos / Facebook

Teresa Romero Ramos, a enfermeira de 44 anos infectada com Ébola

Teresa Romero Ramos, a enfermeira de 44 anos infectada com Ébola

A enfermeira espanhola contaminada pelo vírus Ébola está melhor, consciente e fala com os médicos, segundo fonte médica.

Segundo a mesma fonte, a enfermeira espanhola Teresa Romero, que luta contra a febre causada pelo vírus Ébola no hospital de Madrid Carlos III, “está melhor que ontem”, tendo o seu estado de saúde recuperado durante a noite.

A enfermeira está consciente, fala de vez em quando, quando está de bom humor, afirmou a fonte, pedindo o anonimato. Segundo o jornal El País, a enfermeira está a ser tratada por uma equipa de dez pessoas, dos quais três médicos.

A enfermeira foi hospitalizada na segunda-feira e luta contra o vírus, contraído aparentemente com um missionário que tinha regressado de África e morreu no final de setembro. Além de Romero, permanecem hospitalizadas outras 16 pessoas, depois de três mulheres terem dado entrada no centro, uma cabeleireira, uma enfermeira e uma trabalhadora de limpeza, todas sem sintomas.

Além do caso confirmado, existe um outro caso em investigação, uma enfermeira cujo primeiro teste deu negativo, mas que aguarda ainda o resultado do segundo teste, realizado 72 horas após, que poderá ser conhecido ainda hoje.

O número de mortos devido ao surto epidémico de Ébola surgido na África Ocidental no final do ano passado ultrapassou os 4.000, segundo o mais recente balanço da Organização Mundial de Saúde (OMS), divulgado na sexta-feira em Genebra.

De acordo com os últimos dados da agência especializada das Nações Unidas, que datam de 8 de outubro, registaram-se, no total, 8.399 casos em sete países, de que resultaram 4.033 mortes. O anterior balanço, com informação de 5 de outubro, dava conta de 8.033 casos, dos quais 3.865 mortais.

Os sete países afetados foram divididos em dois grupos pela OMS, sendo o primeiro constituído pela Guiné-Conacri, a Libéria e a Serra Leoa — os três países mais atingidos — e o segundo pela Nigéria, o Senegal, a Espanha e os Estados Unidos.

No primeiro grupo, a Libéria, o país mais afetado pela epidemia, registou 4.076 casos, dos quais 2.316 resultaram em mortes. Na Serra Leoa, a OMS contabilizou 2.950 casos e 930 mortes. Por último, na Guiné-Conacri, onde teve início o surto epidémico, em dezembro de 2013, há 1.350 casos e 778 mortes.

Os profissionais de saúde continuam a ser o grupo populacional mais afetado pela doença nesses países, com 416 casos, de que resultaram 233 mortes. No segundo grupo, na Nigéria, o número de casos e de mortes manteve-se inalterado, com 20 casos e 8 mortos.

O mais recente balanço da OMS deu conta de uma morte nos Estados Unidos e um caso em Espanha. No Senegal, manteve-se a contagem, com apenas um caso. Na República Democrática do Congo, onde foi identificada uma epidemia de Ébola distinta daquela que está a afetar a África Ocidental, a OMS contabilizou 71 casos, 43 dos quais se revelaram mortais, de acordo com um balanço efetuado a 7 de outubro.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Poder militar supremo". Duas semanas de estado de emergência em Beirute

O Governo libanês decretou, esta quarta-feira, o estado de emergência por duas semanas em Beirute, na sequência das explosões no porto da capital. O último balanço feito pelo Governo aponta para 135 mortos. Pelo menos 135 …

43% dos restaurantes pondera avançar para insolvência

Cerca de 43% das empresas de restauração e bebidas e de 17% do alojamento turístico ponderam avançar para insolvência, informa o mais recente inquérito mensal da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP). "No …

António Mexia investe 25 mil euros no aumento de capital da EDP

O presidente do Conselho de Administração Executivo da EDP, que se encontra com funções suspensas, subscreveu 7738 ações, num investimento de 24.535 euros, no aumento de capital de mais de mil milhões de euros do …

Liga quer adeptos nas bancadas em setembro. Governo não se compromete

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse, esta quarta-feira, que o organismo está a trabalhar para que a época 2020/21 comece com público nas bancadas. Na conferência "Futebol Profissional e Economia Pós COVID-19", …

ONU teme "catástrofe geracional" e pede medidas para reabertura das escolas

A Organização das Nações Unidas (ONU) pediu na terça-feira a todos países para que seja dada prioridade à reabertura das escolas sempre que haja controlo da transmissão local dos contágios de covid-19, alertando que o …

IMT suspende circulação de veículos como o que provocou acidente em Soure

O Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) decidiu, esta quarta-feira, suspender a circulação de veículos de manutenção da ferrovia, como aquele que colidiu contra um Alfa Pendular em Soure, até que sejam adotadas medidas …

PJ e MP fazem buscas no âmbito do caso das golas antifumo

A PJ e o Ministério Público estão a realizar 10 buscas, esta quarta-feira, no âmbito do processo sobre o negócio das golas antifumo, no qual o ex-secretário de Estado, Artur Neves, e o presidente da …

Mais uma morte e 167 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quarta-feira, mais uma morte e 167 novos casos de infeção por covid-19 em relação a terça-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS). Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde, …

Presidente promulga lei que lança app Stayaway Covid

O Presidente da República promulgou, esta terça-feira, o diploma que estabelece o responsável pelo tratamento dos dados e regula a intervenção do médico no sistema 'Stayaway Covid'. À margem de uma visita a Lagoa, no Algarve, …

Prémios e dados pessoais. Worten alerta clientes para falso SMS em circulação

A Worten alerta os clientes para não partilharem dados pessoais em resposta a mensagens publicitárias falsas que estão a circular por SMS em nome da retalhista, a anunciar um prémio. "Alertamos que não devem ser facultados …