Encontrados restos do pão mais antigo do Mundo. Tem 14.400 anos

(dr) Alexis Pantos

A lareira onde o pão foi encontrado, no sítio arqueológico de Shubayqa 1, na Jordânia

Um grupo de investigadores encontrou vestígios de pão, feito por caçadores-recoletores que viveram há 14.400 anos, quatro milhares de anos antes do surgimento da agricultura.

A Dieta do Paleolítico parece ter recebido mais um alimento: o pão. Uma equipa de arqueólogos das universidades de Copenhaga, College London e de Cambridge, encontrou os mais antigos vestígios conhecidos de fabrico de pão, mais de 4.00 anos antes do Neolítico.

Esta é a mais antiga prova da existência de pão até agora registada e foi encontrada numa exploração arqueológica na Jordânia designada Shubayqa 1. A surpreendente descoberta revela que o fabrico de pão antecede a prática da agricultura. O trabalho foi apresentado num artigo publicado na Proceedings of the National Academy of Sciences.

“A presença de centenas de restos de comida carbonizada nas fogueiras de Shubayqa 1 é um achado excecional e dá-nos a possibilidade de caracterizar as práticas de alimentação” de há mais de 14.000 anos, disse a arqueóloga da Universidade de Copenhaga Amaia Arranz Otaegui, coordenadora do estudo.

A especialista explica que os 24 restos analisados mostram que antecessores selvagens dos cereais ‘domesticados’, ou seja, cultivados, como cevada, um tipo de trigo ou aveia, foram moídos, peneirados e amassados antes de serem cozidos.

Estas amostras são semelhantes aos pães achatados, sem fermento ou levedura, identificados em várias estações arqueológicas do período neolítico ou romano, na Europa e na Turquia.

“Assim, sabemos que produtos semelhantes a pão eram produzidos muito antes do desenvolvimento da agricultura”, conclui Amaia Arranz Otaegui, apontando que o próximo passo é avaliar se a produção e o consumo de pão influenciaram o aparecimento do cultivo de plantas.

Os vestígios de alimentos recolhidos na Jordânia foram levados para um laboratório da University College London e analisados num microscópio eletrónico pela especialista em pão pré-histórico Lara Gonzalez Carratero, do Instituto de Arqueologia.

A investigação das práticas pré-históricas relacionadas com a alimentação vai continuar, depois de a Universidade de Copenhaga ter obtido financiamento para estudar com mais detalhe as formas como eram consumidos os diferentes tipos de plantas e de animais no período de transição para o Paleolítico.

“Baseando a nossa investigação no primeiro tipo de pão, vamos ter no futuro uma melhor ideia da razão pela qual determinados ingredientes foram favorecidos relativamente a outros e foram escolhidos para cultivo”, referiu o arqueólogo Tobias Richter que liderou as escavações em Shubayqa, na Jordânia.

ZAP // Lusa / Gizmodo

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Caro ZAP, onde se lê:

    “como eram consumidos os diferentes tipos de plantas e de animais no período de transição para o Paleolítico.”

    Penso haver um erro. Não será “de transição para o Neolítico.” – é que nessa data, só pode ser. O Paleolítico estava no fase final.

RESPONDER

Ljubomir Stanisic rescindiu contrato “de forma unilateral” com a TVI

A caminho da SIC, o apresentador rescindiu o contrato com a estação de Queluz, avança a TVI. Ljubomir Stanisic tinha contrato até dezembro de 2020. “O Chef Ljubomir Stanisic rescindiu hoje [esta sexta-feira], unilateralmente, o contrato …

Netflix tem uma nova funcionalidade. Os cegos e os surdos agradecem

A nova funcionalidade da Netflix permite alterar a velocidade de reprodução dos seus filmes e séries. Esta é uma novidade bem recebida por espetadores cegos e surdos. A Netflix tem uma nova funcionalidade que permite que …

Cientistas transformam tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade

Uma equipa de investigadores descobriu como converter o pigmento vermelho dos tijolos num plástico condutor de eletricidade. Esse processo permitiu transformar os tijolos em dispositivos de armazenamento de eletricidade. Esses supercapacitores de tijolo podem ser …

Primeiro Museu do Godzilla abre no Japão (e os visitantes podem entrar na boca do monstro)

O primeiro Museu do Godzilla do mundo está agora aberto no Japão e tem uma estátua enorme do icónico monstro, em cuja boca se pode entrar de slide. De acordo com a Newsweek, atualmente, os visitantes …

Hubble faz a primeira observação de um eclipse lunar total

Tirando vantagem de um eclipse lunar total, astrónomos usaram o Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA para detetar ozono na atmosfera da Terra. Este método serve como um substituto de como vão observar planetas semelhantes à Terra …

Biden tem 71% de probabilidade de vencer as eleições contra Trump

Joe Biden, candidato democrata à Casa Branca, tem 71% de probabilidade de vencer as eleições presidenciais norte-americanas frente a Donald Trump, o atual Presidente dos Estados Unidos, aponta uma nova sondagem. A pesquisa de opinião, levada …

Barcelona 2-8 Bayern | Atropelamento histórico na Champions

Noite histórica no Estádio da Luz. Em jogo dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, o Bayern goleou o Barcelona por impensáveis 8-2 – com 4-1 em cada uma das metades. Um resultado que se tornou …

Depois das sementes, norte-americanos recebem máscaras, óculos de sol e até meias sujas da China

Vários residentes da Flórida, nos Estados Unidos, receberam pacotes misteriosos da China pelo correio que não tinham encomendado. Desta vez não eram sementes, mas sim máscaras cirúrgicas, óculos de sol e até meias sujas. Em declarações …

Imposto sobre refrigerantes reduziu o seu consumo

O imposto especial sobre as bebidas com maior teor de açúcar levou mais de 40% dos inquiridos num estudo da Universidade Católica esta sexta-feira divulgado a reduzir o seu consumo, comportamento que adotariam também com …

Uma só teoria da conspiração sobre a covid-19 matou 800 pessoas. 60 ficaram totalmente cegas

Pelo menos 800 pessoas morreram e 60 ficaram cegas na sequência de uma teoria da conspiração sobre a covid-19, concluiu um novo estudo. A investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista científica American Journal …