Encontrado fóssil de monstro voador que comia dinossauros ao pequeno-almoço

Investigadores britânicos descobriram na região da Transilvânia, na Roménia, um novo fóssil de um pterossauro da família Azhdarchidae, pertencente ao género Hatzegopteryx.

O estudo da biomecânica do pescoço do animal cujo fóssil foi encontrado permitiu aos paleontólogos classificá-lo como um “predador dominante de pescoço curto“. O animal encontrado tinha uma envergadura de 10 metros e um peso total entre os 200 e 250 kg.

Os pterossauros Azhdarchidae, a maior criatura voadora de todos os tempos, habitaram a Terra no período do Cretáceo, o terceiro e último da Era Mesozóica, que começou há cerca de 145 milhões de anos e terminou há 66 milhões de anos.

Os primeiros Azhdarchidae Hatzegopteryx foram inicialmente descobertos em 2002. Da altura de uma girafa, o seu crânio media cerca de 3 metros. Esta criatura foi sempre um mistério para os paleontólogos, que não foram até agora capazes de a classificar definitivamente, uma vez que reúne características de dinossauros, de aves e de répteis.

Mas os paleontólogos britânicos Darren Naish, investigador da Universidade de Southampton, e Mark Witton, da Universidade de Portsmouth, garantem agora que os dados obtidos durante a sua investigação são bastante diferentes do que se conhece actualmente acerca das proporções do corpo deste tipo de animal.

Os resultados do estudo foram publicados na revista científica PeerJ.

Os cientistas acreditavam anteriormente que estas criaturas tinham pescoços longos. Mas, em resultado da análise do esqueleto cervical dos pterossauros a partir do fóssil agora encontrado, Witton e Naish argumentam que o Azhdarchidae tinha na realidade um pescoço curto e forte.

Isto significa que os pterossauros eram “predadores dominantes” – e, segundo os autores do estudo, a julgar pelas suas bocas largas, as suas presas atingiam presumivelmente o tamanho dos cavalos ou dinossauros.

Em conclusão, os pterossauros Azhdarchidae comiam dinossauros ao pequeno-almoço.

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. Sejamos um pouco mais rigorosos nos títulos: nem se trata de um “monstro” nem “comia dinossauros ao pequeno almoço”. Título alternativo: “Descoberto pterossauro gigante predador de dinossauros”. Gostaria que o ZAP.aeiou continuasse o rigor a divulgar ciência e não entrasse em títulos sensacionalistas.

    • Caro dr. Octávio Mateus,
      É um privilégio merecer a sua atenção e crítica.
      Tentamos fazer o nosso melhor para conferir às nossas peças o maior rigor científico possível, sem concessões com as quais estaríamos a prestar um mau serviço à ciência. Mas no que diz respeito aos títulos destas mesmas peças, hesitamos e debatemos diariamente se devemos ter uma peça rigorosa com um título rigoroso, ou ter uma peça rigorosa com um titulo “não enganador mas apelativo/divertido/popular” que atraia um público mais alargado e numeroso ao conhecimento que a peça rigorosa tem para lhe oferecer.
      E temos muitas dúvidas sobre qual é a melhor forma de prestar um bom serviço à ciência.

  2. Então, o animal pesa 220 quilos. Os músculos das costas e das pernas pesariam cerca de um quarto de tonelada.

    Podem esclarecer esta questão, por favor?

    • Caro Renato,
      Obrigado pelo seu reparo. Usámos mais do que uma fonte para fazer a nossa peça, e, tendo obtido dados contraditórios, foi uma patetice da nossa parte não ter reparado na inconsistência.
      De acordo com o artigo de 2012 que descreve a descoberta original do Azhdarchidae Hatzegopteryx, o seu peso rondaria os 200 a 250 kg, pelo que está errada a informação da Europa Press, fonte onde colhemos a informação de que o peso dos músculos e pernas seria de um quarto de tonelada.
      Está corrigido.

  3. Excelente trabalho de jornalismo, uma vez mais, senão repare-se bem nos números presentes nestas frases “… O animal encontrado tinha uma envergadura de 10 metros e pesava 220 quilos. Os músculos das costas e das pernas pesariam cerca de um quarto de tonelada. “. Ora bem, o animal pesava 220 Kgs, mas só os músculos das costas e das pernas pesavam cerca de 250Kgs. Ou seja, os músculos das pernas e das costas eram mais pesados que todo o pássaro !!!!! No mínimo isto é paradoxal ! Excelente !

      • Obrigado eu 🙂 mas tenham um pouco de atenção lendo as noticias antes de as divulgar. Gosto do ZAP mas a pressa é inimiga da perfeição !

        • O raio do pássaro poderia andar em dieta e uns dias pesava mais e noutros pesava menos. Pesaram-lhe os músculos das pernas e das costas na época natalícia, altura em que ele andava um pouco mais abandalhado. Quanto o pesaram todo foi no verão e ele tinha feito algumas dietas para ir para a praia fazer boa figura.

  4. Portugueses dum caralho, é por isso que nunca vamos ser ninguém, sempre a criticar e meter a baixo. A zap é um produto gratuito, querem melhor paguem ou façam vocês mesmos

  5. Ah! Já sei.
    Este monstro deve ter sido parente ou servido de “inspiração” daquilo que se dizia, por alguns cromos do Estado Novo, que os comunistas “comiam criancinhas ao pequeno almoço”…

Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira). No final …

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …

Afinal, Irão já não vai pedir ajuda para analisar caixas negras do avião

O Irão recuou na intenção de enviar para análise as gravações da caixa negra do avião ucraniano, que abateu acidentalmente na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais, revelou a agência noticiosa iraniana. Citado …

Bruno Fialho sucede a Marinho e Pinto na liderança do PDR

Bruno Fialho é o novo presidente do Partido Democrático Republicano (PDR), ao obter 75% dos votos na eleição deste sábado para escolher o sucessor de António Marinho e Pinto, que anunciou o abandono do cargo …

Legislador russo culpa "arma climática" dos EUA pelo inverno quente de Moscovo

Alexei Zhuravlyov, membro da câmara baixa do Parlamento da Rússia (Duma), culpou uma alegada "arma climática" secreta dos Estados Unidos pelas anómalas temperaturas que se fizeram sentir este inverno em Moscovo.  Em declarações à estação de …

Nova espécie de louva-a-deus empala as suas presas como se fossem fondue

O Carrikerella simpira, uma nova espécie de louva-a-deus, caça as suas presas perfurando-as de um lado ao outro com as suas patas em forma de tridente. Cientistas descobriram uma nova espécie de louva-a-deus com uma característica …

Astrónomos descobrem que o fósforo foi gerado na formação de estrelas

Astrónomos descobriram que o fósforo, elemento químico essencial à vida, se constituiu durante a formação de estrelas e sugerem que chegou à Terra através de cometas. Uma equipa de astrónomos detetou monóxido de fósforo na região …

Nova máquina repara e mantém fígados vivos fora do corpo humano durante uma semana

Um novo sistema consegue manter um fígado humano vivo fora do corpo durante sete dias, período no qual o órgão danificado pode ser reparado e preparado para o transplante. As tecnologias convencionais conseguem sustentar um fígado …

Rui Rio vence segunda volta. Líder reeleito quer "estabilidade, lealdade e unidade"

O presidente social-democrata, Rui Rio, afirmou hoje que espera poder “trabalhar com estabilidade e lealdade”, recusou que o PSD esteja “partido” e vincou estar “a iniciar o momento para marcar a unidade” no partido. O líder …

Gatos não se importam de comer pessoas mortas (e há um estudo que mostra como o fazem)

Uma nova investigação analisou como é que dois gatos selvagens se alimentaram de cadáveres humanos. Os animais mostraram preferência por corpos específicos ao longo de vários dias. No Forensic Investigation Research Station, no estado norte-americano do …