Os físicos encontraram finalmente uma parte perdida do Universo

ESA / NASA

Um grupo internacional de cientistas afirma ter encontrado uma parte perdida do Universo, os bariões. Até agora, os cientistas só tinham conseguido localizar cerca de dois terços dessa matéria, criada pelo Big Bang.

Bariões são partículas subatómicas formadas por três quarks e são um dos constituintes fundamentais da matéria. Os protões e os neutrões – que compõem os núcleos atómicos – são bariões.

Os físicos que estudam a história antiga do Universo sabem a quantidade de matéria que compõe os bariões, criados durante o Big Bang. Por sua vez, os cientistas que estudam o Universo moderno sabem também a quantidade de matéria bariónica que os humanos conseguem ver através de telescópios.

No entanto, até há pouco tempo, estes números não batiam certo: um terço de matéria bariónica estava desaparecida. Até que finalmente, graças à perspicaz observação de um buraco negro incrivelmente brilhante, os físicos encontraram essa parte perdida da matéria do Universo.

Para encontrar os bariões perdidos, os investigadores observaram a luz proveniente de uma fonte localizada a milhares de milhões de anos-luz: o quasar 1 ES 1553, um buraco negro no centro de uma galáxia que consome e emite enormes quantidades de gás.

A observação permitiu aos cientistas descobrirem vestígios de oxigénio altamente ionizado, que se encontra entre o quasar e o nosso Sistema Solar, com uma densidade suficiente para representar 30% da matéria comum, se for extrapolado para todo o Universo.

“Concluímos que os bariões perdidos foram encontrados”, pode ler-se no estudo, publicado esta quinta-feira na revista científica Nature, liderado por Fabrizio Nicastro, cientistas do Instituto Nacional de Astrofísica de Itália.

Os cientistas suspeitam, desde 2011, que os bariões ausentes podiam estar escondidos neste mesmo material, conhecido como WHIM, sigla inglesa para Warm-Hot Intergalactic Medium, ou meio intergaláctico quente.

Apontar um telescópio para um quasar não só esclarece os astrónomos sobre o objeto em si, como releva algo sobre o que quer que seja que esteja a flutuar entre o quasar e o telescópio. Neste caso, esse “algo” era um filamento de WHIM.

Através de uma observação cuidadosa de como o WHIM alterou – e escureceu – a luz que emanava do quasar à medida que entrava nas lentes dos telescópios, os cientistas conseguiram descobrir do que é que o WHIM era feito. A resposta era oxigénio, aquecido a quase 1 milhão de graus Celsius.

Estes bariões perdidos não são a mesma coisa que matéria escura, que os cientistas acreditam existir graças à influência gravitacional noutras estrelas. Esse tipo de matéria pode existir, mas na forma de partículas muito mais exóticas do que simples bariões.

Ao mesmo tempo, há cientistas que advertem para as conclusões precipitadas, isto é, tirar conclusões definitivas com base nesta única observação pode ser demasiado prematuro.

Jessica Rosenberg, professora na Universidade George Mason, refere que, embora se trate de um resultado promissor, extrapolar os resultados de uma única fonte de luz para explicar toda a matéria desaparecida não é correto. Missões futuras terão como objetivo continuar as observações, desta vez de outras fontes de luz.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

Responder a MR Cancelar resposta

Mais duas baixas por covid-19. Benfica desfalcado para jogo com o Braga

Depois de Waldschmidt, Gilberto, Vertonghen, Diogo Gonçalves e Grimaldo, também Otamendi e Nuno Tavares estão infetados com covid-19 e, consequentemente, fora do jogo com o Sporting de Braga. O surto de covid-19 no SL Benfica deixou …

De norte a sul do país, autarcas pressionam Governo para fechar escolas

Os diretores escolares esclarecem que não têm qualquer autonomia para encerrar escolas, dependendo essa decisão de um parecer da entidade de saúde pública local e da confirmação por parte dos serviços do Ministério da Educação. …

Muito mais do que tabaco. Cientistas identificam drogas tomadas pelos maias em recipientes antigos

Uma equipa de cientistas da Washington State University identificou a presença de planta que não é do tabaco em recipientes de drogas dos antigos maias. Os investigadores detetaram "marigold mexicana" (Tagetes lucida) em resíduos retirados de …

Pico na primeira semana de fevereiro. Mesmo confinando, modelo prevê 1154 doentes em UCI

Portugal deverá ter 1.154 doentes internados em cuidados intensivos num pico na primeira semana de fevereiro, mesmo com um confinamento igual ao de março, avança um modelo da NOVA Information Management School. Portugal deverá duplicar o …

Biden assume leme dos EUA. Trump concede 140 perdões (e pede que se "reze" pelo sucessor)

Joe Biden assume esta quarta-feira o leme dos Estados Unidos. Porém, antes de sair, o Presidente cessante, Donald Trump, perdoou e comutou penas a mais de 140 pessoas. Nas horas finais da sua presidência, Donald Trump …

Ouvir música clássica enquanto faz exercício? A Ciência sugere que sim

Estudos sugerem que, ao contrário daquilo que pensa, ouvir música clássica enquanto se pratica exercício físico pode ajudá-lo no seu treino. Para muitas pessoas, uma parte essencial de qualquer regime de exercício é a música que …

“Não queiram fazer mistérios onde não existem”. UE encerrou caso do procurador europeu

A União Europeia (UE) deu por "encerrado" o caso do procurador europeu José Guerra e dos lapsos no seu currículo enviado pelo Governo. “A reunião dos membros do Conselho da UE decorreu na segunda-feira e …

Jack Ma reaparece após estar "desaparecido" quase três meses

O bilionário fundador do gigante do comércio eletrónico chinês Alibaba reapareceu, esta quarta-feira, numa reunião virtual com professores rurais, após meses de incerteza sobre o seu paradeiro. No vídeo, publicado no site do jornal chinês Tianmu …

Jesus voltou a testar negativo. Benfica confirma presença na Taça da Liga

O treinador do Benfica voltou a testar negativo ao novo coronavírus, num segundo teste realizado esta terça-feira, dia em que o clube anunciou ter 17 casos de infeção na sua estrutura profissional de futebol. "O Benfica …

Novas regras do confinamento entram em vigor esta quarta-feira (mas há exceções nos horários)

As novas medidas de restrição para travar a pandemia de covid-19 em Portugal entraram em vigor às 0h desta quarta-feira no âmbito do estado de emergência em vigor no país.  O primeiro-ministro anunciou esta segunda-feira que …