Os físicos encontraram finalmente uma parte perdida do Universo

ESA / NASA

Um grupo internacional de cientistas afirma ter encontrado uma parte perdida do Universo, os bariões. Até agora, os cientistas só tinham conseguido localizar cerca de dois terços dessa matéria, criada pelo Big Bang.

Bariões são partículas subatómicas formadas por três quarks e são um dos constituintes fundamentais da matéria. Os protões e os neutrões – que compõem os núcleos atómicos – são bariões.

Os físicos que estudam a história antiga do Universo sabem a quantidade de matéria que compõe os bariões, criados durante o Big Bang. Por sua vez, os cientistas que estudam o Universo moderno sabem também a quantidade de matéria bariónica que os humanos conseguem ver através de telescópios.

No entanto, até há pouco tempo, estes números não batiam certo: um terço de matéria bariónica estava desaparecida. Até que finalmente, graças à perspicaz observação de um buraco negro incrivelmente brilhante, os físicos encontraram essa parte perdida da matéria do Universo.

Para encontrar os bariões perdidos, os investigadores observaram a luz proveniente de uma fonte localizada a milhares de milhões de anos-luz: o quasar 1 ES 1553, um buraco negro no centro de uma galáxia que consome e emite enormes quantidades de gás.

A observação permitiu aos cientistas descobrirem vestígios de oxigénio altamente ionizado, que se encontra entre o quasar e o nosso Sistema Solar, com uma densidade suficiente para representar 30% da matéria comum, se for extrapolado para todo o Universo.

“Concluímos que os bariões perdidos foram encontrados”, pode ler-se no estudo, publicado esta quinta-feira na revista científica Nature, liderado por Fabrizio Nicastro, cientistas do Instituto Nacional de Astrofísica de Itália.

Os cientistas suspeitam, desde 2011, que os bariões ausentes podiam estar escondidos neste mesmo material, conhecido como WHIM, sigla inglesa para Warm-Hot Intergalactic Medium, ou meio intergaláctico quente.

Apontar um telescópio para um quasar não só esclarece os astrónomos sobre o objeto em si, como releva algo sobre o que quer que seja que esteja a flutuar entre o quasar e o telescópio. Neste caso, esse “algo” era um filamento de WHIM.

Através de uma observação cuidadosa de como o WHIM alterou – e escureceu – a luz que emanava do quasar à medida que entrava nas lentes dos telescópios, os cientistas conseguiram descobrir do que é que o WHIM era feito. A resposta era oxigénio, aquecido a quase 1 milhão de graus Celsius.

Estes bariões perdidos não são a mesma coisa que matéria escura, que os cientistas acreditam existir graças à influência gravitacional noutras estrelas. Esse tipo de matéria pode existir, mas na forma de partículas muito mais exóticas do que simples bariões.

Ao mesmo tempo, há cientistas que advertem para as conclusões precipitadas, isto é, tirar conclusões definitivas com base nesta única observação pode ser demasiado prematuro.

Jessica Rosenberg, professora na Universidade George Mason, refere que, embora se trate de um resultado promissor, extrapolar os resultados de uma única fonte de luz para explicar toda a matéria desaparecida não é correto. Missões futuras terão como objetivo continuar as observações, desta vez de outras fontes de luz.

ZAP // LiveScience

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Terminou "possível sequestro" de petroleiro na costa dos Emirados Árabes Unidos

O grupo que terá entrado no petroleiro Asphalt Princess sem autorização abandonou esta quarta-feira a embarcação, informou a marinha britânica. "A embarcação está segura", disse aquela autoridade, citada pela EuroNews. Na terça-feira, fonte do ministério da Defesa …

Adeptos voltaram aos estádios (racismo e violência também)

Jogo da Liga dos Campeões foi interrompido e adeptos entraram mesmo no relvado, na Colômbia. A nova temporada começa e os estádios de futebol vão abrindo as portas aos adeptos em muitos países, incluindo Portugal. A …

Maiores bancos portugueses recusaram apoio à Dielmar

Os quatro maiores bancos nacionais fecharam a porta ao pedido de ajuda da empresa de vestuário, uma vez que não tinha garantias públicas. A empresa de vestuário Dielmar, com sede em Alcains, Castelo Branco, pediu a …

Jesus: "Quem se vai defrontar são duas equipas e não dois treinadores"

O treinador do Benfica relativizou o conhecimento que Rui Vitória tem dos encarnados e recordou que quem se vai defrontar, esta quarta-feira, "são duas equipas e não dois treinadores". "Obviamente que os treinadores portugueses conhecem …

Supremo manda refazer normas de declarações de rendimentos dos juízes. Tudo para evitar vinganças

O Supremo Tribunal de Justiça decidiu que o Conselho Superior da Magistratura (CSM) deve refazer as normas que regulam a apresentação de declarações de rendimentos de juízes. O jornal Público avança, esta quarta-feira, que o Supremo …

Profissionais de saúde já realizaram 11,5 milhões de horas extras em 2021. Estão prestes a bater novo recorde

Em apenas seis meses, os profissionais de saúde do SNS realizaram dois terços de todas as horas extraordinárias prestadas em 2020. Segundo noticia o jornal i, o Serviço Nacional de Saúde (SNS) deverá, este ano, bater …

Portugal vai reconhecer AstraZeneca de fabrico indiano e chinesa Sinovac

Portugal prepara-se para reconhecer as vacinas contra a covid-19 da AstraZeneca de fabrico indiano e a chinesa Sinovac, que são usadas noutros países. A SIC Notícias avança, esta quarta-feira, que a decisão da Autoridade Nacional do …

Cuidadores informais receberam apenas 8% dos subsídios previstos

Dos 635 pedidos submetidos, provenientes dos 30 concelhos que integram o projeto-piloto, apenas 383 foram aceites, com os beneficiários a receberem ma média de 281,96 euros por mês. A implementação do Estatuto do Cuidador Informal — …

Choque entre dois comboios faz pelo menos dois mortos e dezenas de feridos na República Checa

Uma colisão entre comboios, na manhã desta quarta-feira, fez pelo menos dois mortos e dezenas de feridos perto de Milavce, na República Checa. Dois comboios de transporte de passageiros colidiram no sudoeste da República Checa esta …

Milhares de ossos de várias espécies encontrados numa caverna na Arábia (e já se sabe quem foi o culpado)

Um equipa de cientistas encontrou uma enorme coleção de ossos pertencentes a várias espécies no fundo de um antigo tubo de lava no noroeste da Arábia Saudita. Ao analisar os ossos, os investigadores perceberam que centenas …