Os físicos encontraram finalmente uma parte perdida do Universo

ESA / NASA

Um grupo internacional de cientistas afirma ter encontrado uma parte perdida do Universo, os bariões. Até agora, os cientistas só tinham conseguido localizar cerca de dois terços dessa matéria, criada pelo Big Bang.

Bariões são partículas subatómicas formadas por três quarks e são um dos constituintes fundamentais da matéria. Os protões e os neutrões – que compõem os núcleos atómicos – são bariões.

Os físicos que estudam a história antiga do Universo sabem a quantidade de matéria que compõe os bariões, criados durante o Big Bang. Por sua vez, os cientistas que estudam o Universo moderno sabem também a quantidade de matéria bariónica que os humanos conseguem ver através de telescópios.

No entanto, até há pouco tempo, estes números não batiam certo: um terço de matéria bariónica estava desaparecida. Até que finalmente, graças à perspicaz observação de um buraco negro incrivelmente brilhante, os físicos encontraram essa parte perdida da matéria do Universo.

Para encontrar os bariões perdidos, os investigadores observaram a luz proveniente de uma fonte localizada a milhares de milhões de anos-luz: o quasar 1 ES 1553, um buraco negro no centro de uma galáxia que consome e emite enormes quantidades de gás.

A observação permitiu aos cientistas descobrirem vestígios de oxigénio altamente ionizado, que se encontra entre o quasar e o nosso Sistema Solar, com uma densidade suficiente para representar 30% da matéria comum, se for extrapolado para todo o Universo.

“Concluímos que os bariões perdidos foram encontrados”, pode ler-se no estudo, publicado esta quinta-feira na revista científica Nature, liderado por Fabrizio Nicastro, cientistas do Instituto Nacional de Astrofísica de Itália.

Os cientistas suspeitam, desde 2011, que os bariões ausentes podiam estar escondidos neste mesmo material, conhecido como WHIM, sigla inglesa para Warm-Hot Intergalactic Medium, ou meio intergaláctico quente.

Apontar um telescópio para um quasar não só esclarece os astrónomos sobre o objeto em si, como releva algo sobre o que quer que seja que esteja a flutuar entre o quasar e o telescópio. Neste caso, esse “algo” era um filamento de WHIM.

Através de uma observação cuidadosa de como o WHIM alterou – e escureceu – a luz que emanava do quasar à medida que entrava nas lentes dos telescópios, os cientistas conseguiram descobrir do que é que o WHIM era feito. A resposta era oxigénio, aquecido a quase 1 milhão de graus Celsius.

Estes bariões perdidos não são a mesma coisa que matéria escura, que os cientistas acreditam existir graças à influência gravitacional noutras estrelas. Esse tipo de matéria pode existir, mas na forma de partículas muito mais exóticas do que simples bariões.

Ao mesmo tempo, há cientistas que advertem para as conclusões precipitadas, isto é, tirar conclusões definitivas com base nesta única observação pode ser demasiado prematuro.

Jessica Rosenberg, professora na Universidade George Mason, refere que, embora se trate de um resultado promissor, extrapolar os resultados de uma única fonte de luz para explicar toda a matéria desaparecida não é correto. Missões futuras terão como objetivo continuar as observações, desta vez de outras fontes de luz.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Dez rinocerontes brancos assassinados por caçadores furtivos em reserva queniana

Dez rinocerontes brancos foram assassinados por caçadores furtivos na reserva queniana de Lewa, no condado de Neru, segundo um comunicado publicado na segunda-feira pelo parque. Os caçadores furtivos atacaram na noite do passado sábado a reserva …

Inscrições nas pinturas rupestres de Foz Côa custam 125 mil euros a ciclistas

O Ministério Público (MP) deduziu acusação contra dois indivíduos que fizeram várias inscrições numa rocha do Parque Arqueológico do Vale do Côa classificado como Património Mundial pela UNESCO. O caso aconteceu durante um passeio de BTT …

Governo lança em 2020 campanha de sensibilização para o consumo de "informação séria"

O Governo anunciou na segunda-feira o lançamento, no início de 2020, de uma campanha de sensibilização que visa a convivência democrática entre uma "comunicação social livre e uma população formada e capaz de exigir e …

Novo Star Wars pode causar ataques epilépticos

A Walt Disney Studios e Epilepsy Foundation publicaram na sexta-feira passada um aviso a dar conta de que Star Wars: Rise of Skywalker contém "várias sequências de imagens com luzes intermitentes que podem afetar quem …

Arqueólogos ativaram (acidentalmente) as "bombas de mau cheiro" mais antigas do mundo

Arqueólogos do Reino Unido lançaram acidentalmente as "bombas de cheiro mais antigas do mundo" quando descobriram ovos de galinha com cerca de 1.700 anos. Durante o longo trabalho de escavação na cidade de Aylesbury, no condado …

Timor atribui nacionalidade a Max Stahl. Jornalista é reconhecido por luta pela libertação do país

O Parlamento Nacional timorense deliberou esta terça-feira, por unanimidade, atribuir a nacionalidade ao jornalista britânico Max Stahl, que filmou o massacre de Santa Cruz, em reconhecimento pelo seu papel na luta pela libertação de Timor-Leste. "É …

Benfica 3 - 0 Zenit | “Pizzão” aos russos vale Liga Europa

O Benfica garantiu o apuramento para a Liga Europa. A formação “encarnada” precisava de um enquadramento especial de resultados e tal acabou por acontecer. O Lyon empatou em casa com o Leipzig, enquanto a formação portuguesa …

Aldeia francesa proíbe habitantes de "morrer em suas casas aos sábados, domingos e feriados"

A presidente da junta de La Gresle, Isabelle Dugelet, assinou um decreto improvável que impede que os habitantes da aldeia francesa de morrer em casa aos fins de semana e feriados. "É proibido que os habitantes …

Lisboa-Porto por cinco euros. CP oferece 80% de desconto no Natal

A CP - Comboios de Portugal está a oferecer descontos de 80% em mais de 4.500 viagens de comboio até 15 de janeiro. Quem viajar de comboio no período de Natal e Ano Novo terá …

Transformer da vida real. Aquanaut é o robô que se transforma em submarino debaixo de água

https://vimeo.com/378556715 Um transformer da vida real: o novo robô autónomo Aquanaut consegue mudar de fisionomia num abrir e fechar de olhos. Num momento assume uma forma humanóide, semelhante a uma sereia, e no outro uma forma …