Encerrados na Índia dois call-centers que enganavam e roubavam pessoas em todo o mundo

Dois call-centers que praticavam um tipo de fraude que fez milhares de vítimas em todo o mundo, entre as quais muitas pessoas de idade, foram encerrados em Calcutá.

A operação, que envolveu as polícias indiana e britânica, bem como a Microsoft, revelou um crime que se vale da pouca informação de muita gente em matéria de informática, funcionando com base no medo.

O esquema assenta numa oferta de “apoio técnico” que alguém recebe, normalmente em nome de uma empresa conhecida como a Apple ou a Microsoft. O referido apoio promete tratar de todos os problemas que a pessoa tiver com o seu computador e é proposto a um preço acessível.

Ao subscrever o serviço, o cliente disponibiliza informação sobre o seu cartão de crédito, a pretexto de “validar” cópias de software utilizado. Ao fim de algum tempo, porém, recebe um alerta a dizer que o seu computador está em risco se não pagar uma soma mais elevada.

No entanto, não só não há risco nenhum, como também a empresa não é aquela que diz ser. As pessoas acabam por pagar muito por software inútil. O esquema dura há muito tempo e as sete detenções agora efetuadas são o resultado de um esforço policial que durou quatro anos.

“Não se iludam. Estas companhias são o domínio de criminosos sem escrúpulos que não se deterão perante nada até roubarem completamente as suas vítimas. São persuasivos, tenazes e desenvolveram sistemas sofisticados para fugirem a ser capturados”, alertou um comissário da polícia de Londres, citado pelo semanário Expresso.

Em apenas um ano, este tipo de crime deu origem a 23.500 queixas feitas à polícia britânica. Outros países que têm sido atingidos são os Estados Unidos e o Canadá. A polícia recomenda verificar sempre a identidade de quem faz os contactos e não responder a mensagens que aparecem no ecrã a dizer que há um problema com o computador.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Assistente social acusada de maltratar 14 crianças em centro de acolhimento

O Ministério Público (MP) acusa uma mulher de 46 anos, que era assistente social e diretora técnica de um centro de acolhimento na Maia, no distrito do Porto, de maltratar 14 crianças nesta instituição. De …

Marcelo não vê razão de preocupação com empresas portuguesas de Isabel dos Santos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta sexta-feira ter sinais de que não há razão para preocupação nos setores económicos e empresas portuguesas nas quais a Isabel dos Santos está a vender …

Mina de lítio em Montalegre. "Impactes negativos minimizáveis” e 370 empregos

O Estudo de Impacte Ambiental (EIA) da concessão de exploração de lítio, em Montalegre, conclui que o projeto possui “impactes negativos” que, no entanto, “não são significativos”, “são minimizáveis” e de “abrangência local”. O EIA do …

Cristas faz o mea culpa e abandona o congresso. Corrida à sucessão faz-se a cinco

O 28.º congresso nacional do CDS arrancou este no Parque de Feiras e Exposições de Aveiro com o discurso da líder demissionária Assunção Cristas, que fez uma espécie de mea culpa e agradeceu aos centristas …

Sérgio Conceição sai do FC Porto no fim da época

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, deixará o comando dos dragões no final da temporada. A derrota em casa com o Braga terá ditado a saída do técnico azul e branco. O técnico do FC …

Joacine quer mais direitos para deputados sem partido. "Está a antecipar" o futuro

A deputada Joacine Katar Moreira, do partido Livre, defendeu esta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos. A deputada única do Livre assumiu esta posição no final de uma reunião do …

França confirma 3 casos de coronavírus chinês. Já chegou à Austrália e Malásia

Depois de França ter confirmado três pessoas infetadas com o novo coronavírus oriundo da China, também a Austrália e Malásia reportaram casos. As autoridades da Malásia anunciaram este sábado terem registado os primeiros três casos de …

Amadora. Agredido motorista de autocarro que denunciou Cláudia Simões

Foi agredido o motorista de autocarro que chamou a PSP para denunciar a passageira Cláudia Simões, que alegou posteriormente ter sido agredida pelos agentes da polícia. As agressões tiveram lugar na noite desta sexta-feira, em …

"Dos 4 mil euros que ganho, 3 mil vão para os frades". O padre Vítor Melícias recusa que Tomás Correia ainda controle o Montepio

O padre Vítor Melícias, presidente da Assembleia Geral do Montepio, diz que Tomás Correia "faz falta, mas fez muito bem" em abandonar a liderança da mutualista Montepio. "Dizer que Tomás Correia continua a controlar através …

Amesterdão prepara-se para comprar dívidas dos seus jovens

A partir de fevereiro, a capital dos Países Baixos vai comprar dívidas dos seus jovens para ajudá-los a recomeçar e a construir um futuro. Numa nota publicada esta semana na página oficial do Governo local …