A empresa que mais polui em Espanha é patrocinadora da cimeira da ONU sobre o clima em Madrid

John Hogg / World Bank

A elétrica Endesa, a empresa que mais poluiu em Espanha durante 2018, é patrocinadora diamante da Cimeira das Nações Unidas sobre o clima (COP25), que arrancou esta segunda-feira em Madrid.

Em 2018, as empresas que mais contribuíram para as mudanças climáticas em Espanha foram a Endesa, Repsol, Naturgy, EDP, ArcelorMittal, Cepsa, Viesgo, Iberdrola, Cemex, Lafarge -Holcim e Cementos Portland, de acordo com o relatório “Emergência Climática em Espanha 2019”, elaborado pelo Observatório de Sustentabilidade, um projeto idependente sediado na Universidade de Alcalá, na capital espanhola.

O documento frisa que a maior parte destas empresas opera no campo energético.

Entre as empresas elencadas, a Endesa é apontada como a que mais polui em Espanha: a elétrica é responsável pela libertação de 23% das emissões industriais e 9% das totais no país. Em 2018, terá libertado cerca de 30 milhões de toneladas de gases com efeito de estufa, de acordo com o mesmo observatório espanhol.

A empresa pagou dois milhões de euros para ser “patrocinadora diamante” da COP25, podendo parte deste valor ser recuperado através de incentivos e deducões fiscais, tal como observa a Russia Today.

Nesta segunda-feira, dia em que arrancou a cimeira da ONU, a Endesa comprou uma página completa de publicidade na maioria dos jornais espanhóis – quatro diário nacionais e um local, segundo detalha a imprensa espanhola.

“No dia em que é inaugurada a #COP25, a Endesa, a empresa que mais causa emissões [para a atmosfera] em Espanha, compra a capa da maioria dos jornais. [Esta é] uma imagem devastadora do descrédito mais do que justificado do atual sistema político, económico e dos média”, escreveu a presidente da Câmara de Barcelona, Ada Colau, numa publicação na sua conta oficial no Twitter.

A COP25 começa esta segunda-feira em Madrid, com a presença de 50 líderes mundiais, incluindo o primeiro-ministro português, António Costa.

Durante a 25.ª Conferência das Partes (COP25) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas, que se prolonga até 13 de dezembro, são esperadas delegações de 196 países, assim como os mais altos representantes da União Europeia e várias instituições internacionais, o que pressupõe “a totalidade dos países do mundo”, de acordo com um comunicado do Governo espanhol.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. ora cá está mais um exemplo da palhaçada que tudo isto é.

    o objectivo nada tem a ver com preocupações ambientais, que eles sabem perfeitamente que não existem e muito menos urgências, mas é tudo sobre controlo populacional e taxar o pessoal.

    o colectivismo reinante continua, com o alto patrocínio das elites reinantes.

  2. Não fina ironia da hipocrisia não deixa de ter o seu quê de cómico. Ora aí está um mais exemplo. Quem melhor pode guardar as galinhas? O lobo, pois claro!

  3. É mais barato à Endesa comprar uma cimeira do que instalar equipamentos para reduzir a poluição?
    Se a Endesa retirar o patrocínio não há cimeira?
    Se a cimeira promover multas à Endesa está a cometer suicídio?
    A Endesa dá duas razões para a existência da cimeira, polui e patrocina. Nos discursos vão todos agradecer à Endesa?
    Isto tem a sua graça … triste.

    • Quem mais polui são os países e os governos, eles tem a responsabilidade de criar regras ou autorizar empresas como a Endesa a poluir como polui. A china e os E.U.A. são um exemplo.

      A cimeira é para discutir como todos os países (e não só) devem de agir ou regulamentar de forma a reduzir a pegada ambiental deixada por cada estado membro.
      Por muito irónico que seja a Endesa patrocinar, não é algo mau ou mesmo a tentativa de subornar as regras. Pelo contrario, deve ser visto como um sinal claro que entende o problema e deve mudar os hábitos.
      Claro que de um dia ao outro não se pode mudar tudo, mas para tua informação, a Iberdrola e Endesa tem investido nos últimos anos para mudar o cenário e apesar de ainda estarem no topo das empresas que mais libertam gases com efeito de estufa, isto deve-se a ao uso massivo de centrais eléctricas antigas e vindas de um tempo em que ninguém ligava nenhuma para o ambiente (culpa de todos nós, assim que não assobies para o ar e apontes o dedo para o vizinho do lado).

      Nos últimos anos, tal como a EDP, a Endesa e Iberdrola tem reduzido muito a sua pegada ambiental através do aproveitamento do ambiente e a criação de energias limpas.

      A notícia mostra bem o irónico que o patrocínio parece, mas os comentários mostram bem a hipocrisia de cada um em a apontar o dedo e assobiar para o ar, fomos e somos todos nós que criamos o problema.
      Basta racionalizar o nosso consumo de energia passando a ter so uma televisão (e com uso racional), ter cuidado com o ar condicionado / aquecedor, mudar de electrodomésticos para os que tem no menos consumo A+, mudar para lâmpadas LED (todas em casa e não só, já sei que todos temos algumas), racionalizar o consumo de energia, deixar o carro em casa e ir de transportes, etc … para que a pegada destas empresas baixe para quase 0 através de energias limpas.
      Claro está que estas medidas obrigam a mudar hábitos que não queremos mudar porque perdemos qualidade de vida ou a investimentos largos que não estamos dispostos a fazer.

  4. É o fenómeno conhecido por compra de indulgências, nesse caso à ONU, de modo a ver perdoado o seu pecado de poluidor do planeta.

  5. Patrocinar a “cimeira palhaçada” é um gesto para se redimir do mal feito, pode ser que assim seja perdoada (ou esquecida, que é o mais natural).

RESPONDER

Inscrição hebraica com 2.800 anos revela antigo nome bíblico

Uma equipa de arqueólogos encontrou um jarro com 2.8000 anos com a inscrição em hebraico "Benayo" no sítio arqueológico de Abel Beth Maacah, no norte de Israel, local várias vezes mencionado na Bíblia Hebraica.  De …

Braga vence FC Porto e conquista Taça da Liga. Sérgio coloca lugar à disposição

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham …

Rara moeda de ouro com a cara de Eduardo VIII vendida por preço recorde

Uma rara moeda de ouro com o perfil do rei britânico Edward VIII foi vendida a um comprador particular pelo valor recorde de 1,3 milhões de dólares. A informação é avançada pela Royal British Mint, a …

Depois dos incêndios, Austrália está prestes a experimentar uma "bonança" de aranhas mortais

Depois dos incêndios florestais que assolaram o país, os australianos começaram a implorar por chuva. O bónus de aranhas mortais não estava incluído no pedido, mas os especialistas do Australian Reptile Park acreditam que é …

Governo admite retirar cidadãos nacionais de Wuhan

As autoridades portuguesas estão a cooperar com outros países europeus para reforçar o apoio aos cidadãos nacionais que se encontram em Wuhan, onde ocorreram os primeiros casos do novo coronavírus, admitindo a possibilidade de retirá-los …

Os cogumelos podem ser muito mais antigos do que pensávamos

Os cogumelos podem ser mais antigos do que pensávamos, concluíram cientistas que dataram vestígios de micélio (constituinte dos cogumelos) com 800 milhões de anos, divulgou esta quarta-feira a Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica. Estudos anteriores …

Comer iogurte natural pode ajudar a reduzir o risco de cancro da mama

Uma das causas mais apontadas para o cancro da mama é a inflamação causada por bactérias nocivas. Esta tese ainda não foi provada, mas é apoiada pelas evidências até agora disponíveis de que a inflamação …

Primeiro caso suspeito de infeção por coronavírus detetado em Portugal

Foi detetado o primeiro caso suspeito de infeção infeção pelo novo coronavírus , em Portugal, anunciou este sábado a Direção-Geral de Saúde. “Este doente, regressado hoje [este sábado] da China, onde esteve na cidade de Wuhan …

Slava Semeniuta transforma chuva em atmosfera néon

O artista e fotógrafo russo Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, mistura elementos naturais e faz mágica com eles. Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, retoca fotografias de poças de água para criar composições …

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …