/

Há empresas a abrir “vagas fantasma”, em que não planeiam contratar ninguém

1

Nos Estados Unidos, há empresas a abrir “vagas fantasma”, em que não planeiam contratar ninguém. As explicações para este fenómeno variam.

A procura de emprego, por vezes, pode ser um processo frustrante. Se após enviar dezenas de candidaturas não recebeu uma única resposta, saiba que não é o único. Aliás, pode estar a ser vítima de um fenómeno em que empresas abrem vagas, mas não planeiam contratar ninguém.

Embora muitos empregadores não consigam encontrar trabalhadores suficientes, alguns candidatos qualificados estão a candidatar-se a vagas e não recebem  qualquer feedback.

Muitas vezes, a falta de resposta do outro lado é visto como um simples desleixo por parte da empresa. Simplesmente, há empresas que não se dão ao trabalho de responder aos candidatos que são rejeitados.

No entanto, uma recente sondagem da Clarify Capital mostra que há empresas a abrir “vagas fantasma”. O inquérito feito a 1.000 gestores revelou que 40% dos gestores têm uma vaga de emprego aberta há mais de dois a três meses.

Além disso, um em cada cinco gestores disse que não planeia preencher as suas vagas atuais até 2023; e metade dos inquiridos disse que mantém os anúncios de emprego porque estão “sempre abertos a novas pessoas”, mesmo que não estejam ativamente a recrutar ninguém.

O fenómeno foi verificado, fundamentalmente, nos Estados Unidos. Contudo, tudo indica que pode estar a acontecer noutros países, como em Portugal, por exemplo.

As razões para este comportamento dos empregadores variam, escreve a Insider.

Alguns investigadores sugerem que as empresas ajustam-se regularmente às forças da economia e dos seus setores aumentando e diminuindo a intensidade com que recrutam. Outros, especulam que as empresas estão a publicar vagas, mas não estão esforçar-se para preenchê-las, talvez devido a incertezas sobre a economia.

Ainda assim, o economista de Trabalho da Appcast, Andrew Flowers, expressa ceticismo de que as “vagas fantasma” sejam um problema generalizado.

“Alguns empregadores, sem dúvida, estão à pesca — têm uma vaga de emprego, mas não planeiam contratar — mas acho que essa é uma pequena minoria de empregadores”, disse em declarações à Insider.

  Daniel Costa, ZAP //

1 Comment

  1. e deve haver muitos que abrem vaga mas na hora de contratar oferecem condições salariais miseráveis depois essas vagas ficam por preencher…

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.