Empresa produziu carne de frango e de pato sem sacrificar animais

A startup norte-americana Memphis Meats anunciou recentemente que conseguiu produzir carne de frango e de pato em laboratório, sem qualquer sacrifício animal.

Com a técnica desenvolvida no Vale do Silício, na Califórnia, os cientistas usam apenas amostras de células de animais com potencial de crescimento, que são cultivadas e multiplicadas com nutrientes e oxigénio.

Depois, as células desenvolvem-se em tanques biorreatores e convertem-se em músculo que pode ser consumido depois de 9 a 21 dias.

Segundo os especialistas, esta invenção permitirá o bem-estar animal – eliminando a prática do abate – a preservação da natureza e a redução de riscos para a saúde.

“Esperamos que nossos produtos sejam melhores para o meio ambiente, para os animais e para a saúde pública. E o mais importante é que são deliciosos“, destaca a empresa no site oficial.

“Acreditamos realmente que este é um passo à frente para a humanidade e também é uma oportunidade de negócios incrível – para transformar uma indústria global gigante enquanto se contribui para resolver alguns dos problemas mais urgentes dos tempos atuais”, afirmou Uma Valeti, co-fundador e CEO da Memphis Meats.

Atualmente, produzir 500 gramas de frango sintético custa cerca de três mil euros, mas a Memphis Meats pretende disponibilizar estas “carnes limpas” a preços acessíveis aos consumidores até 2021. A empresa pretende ainda criar salsichas e almôndegas sintéticas nos próximos cinco anos.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Pronto, mais um passo para o ser humano comum ser quase na sua totalidade dispensável e os donos do mundo poderem eliminar a grande maioria da população.

  2. Ja não era sem tempo! chega de violência……mais parecemos uma raça de ogres sedentos de sangue.
    Isto é o futuro a chegar, graças a deus.

  3. Em plena era informática, se traduzir Silicon Valley por Vale do Silício não fosse apenas e puramente RIDÍCULO, também atesta a qualidade dos pseudo tradutores “copy & paste” do ZAP AEIOU!!!

  4. E que tal produzir seres humanos em laboratório? Esta talvez seja a necessidade ainda mais premente uma vez que muitos já não cantam nem galam como os frangos de aviário depois se têm filhos depressa os despacham para que outros os aturem, portanto produzir uma humanidade plástica talvez seja o futuro.

  5. Ao produzirem todas estas mixórdias de que é que vai servir criar animais, não vão morrer no matadouro vão desaparecer pura e simplesmente do planeta!.

Responder a Miko Cancelar resposta

A Realidade Virtual pode ser a próxima terapia para tratar pânico, fobias e distúrbios

A Oxford VR, empresa britânica de realidade virtual, acaba de acumular mais de 13 milhões de euros para investir na terapia com a tecnologia do futuro. A companhia surgiu a partir do departamento de psiquiatria da …

Apple não deixa que vilões de filmes usem iPhones

A Apple não deixa que os vilões dos filmes de Hollywood usem os telemóveis iPhone no grande ecrã. Esta é apenas uma das empresas que não permite este tipo de coisa. Os filmes podem ter uma …

O coronavírus pode ser a "doença X" temida pelos especialistas

O coronavírus, que já matou 2.700 pessoas e infetou mais de 80 mil desde dezembro, está a tornar-se "rapidamente" no primeiro grande desafio pandémico do mundo, enquadrando-se nos moldes da "doença X" temida por especialistas. O …

Media Capital passou de lucros a prejuízos de 54,7 milhões

A Media Capital registou prejuízos de 54,7 milhões de euros no ano passado, contra lucros de 21,6 milhões de euros um ano antes, anunciou hoje a dona da TVI, que está em processo de compra …

Camas na classe económica dos aviões podem vir a tornar-se uma realidade

A companhia aérea neozelandesa Air New Zealand está a pensar incluir camas na classe económica de alguns dos seus voos mais longos. A ideia deverá avançar dentro de um ano. A companhia aérea neozelandesa Air New …

Temperatura do planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões de anos

A temperatura no planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões a cinco milhões de anos, caso a humanidade consiga estancar as emissões de gases com efeito de estufa até 2030, diz a especialista …

Operação Lex. Juiz Vaz das Neves arguido por corrupção e abuso de poder

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa Vaz das Neves é arguido na Operação Lex por suspeitas de corrupção e abuso de poder relacionadas com a distribuição eletrónica de processos, disse à Lusa fonte …

Governo quer licenças de trabalho parcial pagas para pais no primeiro ano dos filhos

O Governo quer implementar licenças de trabalho parcial remuneradas para pais e mães de crianças no seu primeiro ano de vida, no âmbito do programa para a conciliação entre vida profissional e vida familiar e …

Covid-19. Portugal "tem de preparar-se para o pior" e ter plano de contingência

Ricardo Mexia, presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, defende que Portugal tem de se preparar para o pior e, por esta altura, já devia ser conhecido o plano de contingência em ação. "Convém …

Misteriosa mensagem esculpida numa rocha em França foi finalmente decifrada

A inscrição, gravada há 250 anos numa rocha na região francesa da Bretanha, foi finalmente decifrada graças a um concurso lançado pelo município. O mistério, que há muitos anos intrigava a comunidade científica e curiosos de …