Empresa portuguesa lança primeiro ATM de bitcoins em Portugal

bitcoinja.com

-

O primeiro ATM de bitcoins em Portugal, operado pela empresa lisboeta Captain Wings e com a marca Bitcoin Já, vai ser amanhã à tarde inaugurado em Lisboa.

Através deste aparelho, que não está ligado ao sistema bancário, os utilizadores poderão converter euros em bitcoins e também o inverso, através dos códigos QR que estão associados a esta moeda digital.

“O que acontece é que as pessoas têm uma conta virtual de bitcoins, chegam à máquina e apresentam o código QR (um código complexo impresso em barras, que pode estar disponível no telemóvel ou impresso num papel) e introduzem os euros que querem converter. Os bitcoins são então transferidos para a sua conta”, explicou à agência Lusa o diretor geral da Captain Wings, Joaquim Lambiza.

“Estas operações podem ser realizadas em sentido inverso. Nessas, é a máquina que entrega euros ao consumidor em troca de bitcoins”, acrescenta Lambiza.

Os bitcoins são uma moeda digital que funciona sem entidades financeiras intermediárias, independente de governos e de bancos centrais. Como existem apenas ‘online’ e os seus utilizadores acedem ao dinheiro através de chaves criptográficas, “têm grande utilidade para quem faz compras ‘online’, para quem viaja ou para imigrantes que precisam de transferir dinheiro para os seus países”, exemplificou o responsável.

Por outro lado, será necessário que o vendedor aceite bitcoins, o que já acontece por exemplo com o portal Expedia e com o Paypal, um sistema de pagamentos seguros na Internet, indicou o diretor-geral da Captain Wings.

“Há pouco tempo estive em Londres e paguei um cappuccino e um croissant com bitcoins através do telemóvel, utilizando o código QR”, exemplificou, adiantando que um dos objetivos da empresa é generalizar este tipo de utilização, “promovendo as cripto-moedas em geral”.

Jlambiza / Twitter

Joaquim Lambiza, CEO da Captain Wings

Joaquim Lambiza, CEO da Captain Wings

Quanto à cotação desta moeda, “existem várias empresas na Europa que compram e vendem bitcoins e ela é definida a 100 por cento pelo mercado, pelo que existe uma volatilidade do valor. Varia de segundo para segundo”, indicou Joaquim Lambiza.

Ao valor da moeda – que se o ATM já estivesse operacional rondaria hoje à tarde 302 dólares por bitcoin – a Captain Wings acrescenta 3% de taxa, valor que reverte para a empresa.

Nos planos da Captain Wings está ainda a inauguração de mais três aparelhos ATM da mesma marca em Portugal, dois dos quais no Algarve e outro no Porto, mas estão à procura de operadores para essas regiões.

O objetivo aliás é não ser a empresa a operar os ATM mas sim exportar as máquinas, que são fabricadas em Portugal pela Partteam, para países onde a Captain Wings quer captar compradores interessados nas novas funcionalidades que irá desenvolver.

“Queremos diversificar a forma de rentabilização destas máquinas para os seus operadores, permitindo aos utilizadores pagarem serviços e carregarem as contas do Paypal, por exemplo”, referiu.

A mais longo prazo, a empresa dirigida por Joaquim Lambiza quer também desenvolver soluções empresariais baseadas na tecnologia bitcoin,

As bitcoins que forem fornecidas pelo novo ATM, inaugurado amanhã no cinema Saldanha Residence, em Lisboa, passam a poder ser utilizadas para comprar bilhetes neste cinema.

Banco de Portugal alerta consumidores para “riscos de moedas como a bitcoin”

O Banco de Portugal (BdP) lançou hoje um alerta sobre os “riscos de utilização de moedas virtuais”, como é o caso do ATM de ‘bitcoins’ que é inaugurado sábado em Lisboa.

“Sobre a disponibilização ao público de ATM com a possibilidade de troca entre ‘bitcoins’ e euros, o BdP informa que este ATM não está integrado no sistema de pagamentos português”, avisa o banco central em comunicado.

A instituição financeira sublinha que “as moedas virtuais não são seguras”, acrescentando que as entidades que as emitem e comercializam “não são reguladas nem supervisionadas por qualquer autoridade do sistema financeiro, nacional ou europeia”.

O regulador da banca nacional não esclareceu se o risco de investir em moeda virtual é maior ou menor do que o de investir em produtos ou aplicações bancários tradicionais.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. “A instituição financeira sublinha que “as moedas virtuais não são seguras”, acrescentando que as entidades que as emitem e comercializam “não são reguladas nem supervisionadas por qualquer autoridade do sistema financeiro, nacional ou europeia”. – Nem todas as moedas virtuais são iguais e as bitcoin estão cotadas na bolsa de Nova York

RESPONDER

Há uma "possibilidade real" de trocar capitalismo pelo socialismo no século XXI, diz PCP

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, assinalou na quinta-feira os 150 anos da Comuna de Paris com um discurso de fidelidade ao ideal comunista e definiu a "substituição do capitalismo pelo socialismo" como uma …

Moçambique. Ministro da Defesa diz que ataque a Palma não coloca em causa exploração de gás

O ministro da Defesa de Moçambique, Jaime Neto, disse esta quinta-feira que o ataque à vila de Palma não coloca em causa o projeto de exploração de gás natural liderado pela petrolífera Total em Afungi, …

Nova Zelândia quer tornar a próxima geração completamente não fumadora

A Nova Zelândia anunciou um conjunto de propostas que visam banir os cigarros entre a próxima geração e aproximar o país da sua meta de ser livre de fumo até 2025. Desta forma, o Governo pretende …

Porto lança cartão da cidade para munícipes. Vantagens incluem descontos na cultura

O cartão foi lançado no dia 5 de abril e permite que os utilizadores tenham acesso a descontos em museus, teatros, piscinas e utilização gratuita do elevador dos Guindais. Destina-se aos moradores da cidade e …

Afinal, o SEF ainda não foi extinto. Governo vai publicar decreto-lei

Afinal, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) ainda não foi extinto. Segundo o Ministério da Administração Interna, o Governo vai "aprovar por decreto-lei a orgânica do novo serviço público [SEA] e as novas competências …

Mais quatro mortes e 553 casos nas últimas 24 horas

De acordo com a Direção-Geral da Saúde, Portugal registou nas últimas 24 horas 553 novos casos de covid-19 e quatro mortes associadas à doença. Portugal regista hoje mais quatro mortes relacionadas com a covid-19, 553 novos …

Familiares das vítimas do voo MH-17 na Ucrânia vão pedir indemnizações

Uma das advogadas das vítimas do voo MH-17 da Malaysia Airlines anunciou que 290 familiares apresentaram pedido de indemnização contra os quatro suspeitos do acidente. Uma advogada das vítimas do derrube do voo da Malasya Airlines …

1.º de Maio. CGTP duplica lotação, UGT festeja online com ex-ministros socialistas

As centrais sindicais voltam a estar divididas quanto às comemorações do 1.º de Maio. A CGTP vai organizar dois desfiles e duplicar a concentração na Alameda Dom Afonso Henriques; a UGT cancelou qualquer iniciativa presencial …

"Vice" da bancada do PS contestado por pedir autocrítica do partido sobre Sócrates

Pedro Delgado Alves defendeu que o PS deveria refletir sobre a ação de José Sócrates. O deputado foi contestado por outros dirigentes do grupo parlamentar, nomeadamente Ana Catarina Mendes, que reagiu de forma dura à …

Japão responde à China e garante que derrame de Fukushima será seguro

O vice-primeiro-ministro japonês, Taro Aso, reafirmou esta sexta-feira, em resposta às críticas da China, que a descarga da central nuclear de Fukushima aprovada pelas autoridades japonesas estará dentro dos limites de segurança da água potável. "Estou …