Empresa está a desenvolver sistema de impressão 3D em metal 100 vezes mais rápido

Uma empresa de Massachussetts, nos EUA, está a preparar-se para transformar o sistema de impressão 3D em metal muito mais rápido, seguro e barato do que os sistemas existentes. A ideia é que a nova tecnologia consiga competir com os processos tradicionais de produção em massa.

Atualmente, muitos estúdios de design usam impressoras 3D, mas os únicos materiais de impressão acessíveis são plásticos baratos. No outro lado do mercado, organizações como a NASA e a Boeing estão a optar pela impressão de metal derretido por laser, mas este é um processo muito lento e caro.

Agora, a Desktop Metal – uma startup focada na engenharia, cujos fundadores incluem vários professores do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) – acredita que tem a tecnologia e a maquinaria para levar a impressão em 3D para o próximo nível.

A empresa arrecadou muito dinheiro nos últimos meses através de investimentos de grandes empresas, como a Google, através do Google Ventures.

E não é à toa. Se a Desktop Metal cumprir as suas promessas de que pode criar uma tecnologia de impressão de metal confiável até 100 vezes mais rápida, com custos iniciais 10 vezes mais baratos e custos de materiais 20 vezes mais baratos do que as tecnologias a laser existentes, estas máquinas podem ser o começo da produção 3D em grande escala.

A empresa está a apresentar dois sistemas: o sistema Studio, destinado à prototipagem de metal rápida e barata para grupos de engenharia, e um sistema de produção para produção em massa.

Cerca de 10 vezes mais baratas do que os sistemas de impressão 3D a laser equivalentes, as máquinas Studio da Desktop Metal também são mais práticas. Sem pó de metal perigoso (e às vezes explosivo), ou lasers perigosos, é possível colocá-las praticamente em qualquer lugar sem ser necessário instalar ventilação ou fazer com que os trabalhadores usem ventiladores mecânicos.

 

Produção em massa

O sistema de produção é construído para ser rápido, de um modo que nunca foi visto antes. Mais rápido qualquer outra técnica, cada impressora pode produzir até 500 centímetros cúbicos de peças complexas por hora – 100 vezes mais rápido do que uma alternativa baseada em laser, com zero ferramentas.

Os materiais usados pela Desktop Metal são muito mais baratos do que aqueles que são utilizados nas tecnologias a laser existentes porque já existem em quantidades comerciais graças à moldagem por injeção de metal – e as próprias impressoras também são muito mais baratas.

É seguro, simples e altamente automatizado, e é projetado para tornar a impressão 3D tão económica como a produção tradicional.

ZAP // Hypescience

PARTILHAR

RESPONDER

De que forma é o universo? Astrofísicos acreditam que pode ser um donut 3D gigante

Um novo estudo pode vir mudar a percepção de que o universo é infinito. Será que o universo é infinito? Qual será a forma do cosmos? Já há séculos que estas perguntas andam nas mentes dos …

"Checkmate". Rússia apresenta o seu novo jacto de combate revolucionário

O novo jacto é a aposta do governo russo para as exportações e pode vir a ditar o fim da supremacia (aérea e no mercado) do F-35 norte-americano. A Rússia apresentou o protótipo do novo jacto …

"É demasiado tarde". As palavras dos médicos aos doentes com covid-19 que recusaram a vacina

Estados Unidos da América contam com 48.49% da população totalmente vacinada, apesar de o processo ter estagnado nas últimas semanas. Os números de novas infeções crescem, assim como as mortes face ao crescimento galopante da …

"Pingdemic". Há uma nova "pandemia" a causar escassez de comida e combustível no Reino Unido

As medidas de distanciamento social no Reino Unido caíram e, como consequência, centenas de milhares de pessoas estão a ser notificadas para cumprir isolamento. A partir desta segunda-feira o uso de máscara e outras medidas de …

O lago mais improvável de Roma é um refúgio urbano (que impulsiona o ativismo ambiental)

O lago mais improvável de Roma, que nem sequer devia existir, motivou uma luta pela proteção ambiental do local. No anos 90, num local de construção a apenas alguns quilómetros a leste do Coliseu de Roma, …

Afeganistão. EUA lançam ataques aéreos enquanto Talibãs exigem a renúncia do Presidente

Os Estados Unidos (EUA) entraram num confronto pela cidade de Kandahar, realizando ataques aéreos em apoio às forças afegãs, enquanto os Talibãs apelam ao Presidente Ashraf Ghani para renunciar. O porta-voz do Pentágono, John Kirby, avançou …

A primeira casa impressa em 3D no Canadá é inspirada na sequência de Fibonacci

Depois de ter inspirado inúmeros edifícios, a sequência de Fibonacci serviu de musa à empresa de impressão em 3D Twente Additive Manufacturing (TAM), que criou a primeira casa impressa em 3D do Canadá. A Fibonacci House é …

Marcha do Orgulho de Budapeste será um protesto contra as leis anti-LGBTQI, diz organização

A marcha do Orgulho em Budapeste, que ocorrerá no sábado, será "uma celebração, mas também um protesto", disseram os organizadores, enquanto a comunidade LGBTQI húngara se prepara para desafiar a escalada da campanha anti-homossexual do …

PSD propõe máximo de 215 deputados e divisão de grandes círculos eleitorais

O PSD apresentou, esta sexta-feira, a sua proposta para a reforma do sistema eleitoral, que fixa um máximo de 215 deputados, menos 15 do que o total atualmente em vigor. A proposta do PSD para a …

Variante Lambda: o que saber sobre a nova mutação que preocupa as autoridades

Está a ter um foco mais circunscrito à América Latina, mas já houve dois casos desta mutação em Portugal. A OMS está atenta e de momento classifica a Lambda como uma variante de interesse. Foi inicialmente …