Empresa dos Paradise Papers trabalhou para banco ligado a terrorismo e crime organizado

(dr) Museu do Dinheiro

A firma no coração dos Paradise Papers providenciou serviços offshore a um banco acusado de facilitar financiamento para o terrorismo, crime organizado transnacional e o programa de armas químicas do Governo sírio.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, a Appleby, a sociedade de advogados cujos negócios foram denunciados na fuga de informação Paradise Papers, terá trabalhado com um banco que foi acusado de facilitar financiamento para o terrorismo, crime organizado transnacional e o programa de armas químicas do Governo sírio.

O banco em causa, o FBME, foi cliente da Appleby durante pelo menos um ano depois de o Departamento do Tesouro norte-americano ter divulgado um relatório com uma série de alegações contra o banco. No entanto, o The Guardian avança que, antes disso, o FBME já era representado pela sociedade há cerca de uma década.

O FBME que foi, inclusive, banido do sistema financeiro americano, já negou todas as acusações, mas assumiu que a Appleby tinha sido sua intermediária desde 2004.

A sociedade de advogados esteve no centro de uma fuga de informação batizada Paradise Papers, com milhares de ficheiros internos da empresa a serem obtidos pelo jornal alemão “Süddeutsche Zeitung” e analisados à lupa pelo Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ).

No mesmo caso, foram também envolvidas figuras públicas como a cantora Madonna, o vocalista dos U2, Bono Vox, a Rainha Elizabeth II, membros da administração Trump e até multinacionais como a Apple, a Nike, a Uber, entre muitos outros.

Foi ainda posto a descoberto a rede montada pela Appleby em diversos paraísos fiscais para ajudar empresas e indivíduos ricos a fugir aos impostos.

A Appleby respondeu às acusações com um processo judicial contra a BBC e o The Guardian, acusando os dois órgãos de terem publicado artigos que não são do interesse público.

Num comunicado divulgado no início de novembro, a sociedade de advogados rejeitou todas as alegações da investigação, sublinhou que, “não sendo infalível”, agiu sempre de forma célere para “acertar as coisas”.

No âmbito do processo judicial, a Appleby pediu a um tribunal britânico que proíba de forma permanente a BBC e o Guardian de usarem os seus ficheiros internos para investigar a conduta dos seus funcionários e dos seus clientes.

Contactada pelo jornal britânico, a sociedade de advogados recusou comentar a relação de longa data que manteve com o FBME, uma relação que acabou em dezembro de 2015. Sobre o assunto, repetiu apenas que a secção da firma que lida com serviços offshore foi vendida – existe agora sob o nome Estera – e que, portanto, se recusa a responder a quaisquer questões sobre o negócio com o banco.

A Estera, por sua vez, disse que não tece comentários sobre “quaisquer negócios que a Appleby possa ter mantido com qualquer cliente em particular”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. ”….a Appleby pediu a um tribunal britânico que proíba de forma permanente a BBC e o Guardian de usarem os seus ficheiros internos para investigar a conduta dos seus funcionários e dos seus clientes”.
    Vigaristas, esperai sentados à espera que a vontade vos passe!

  2. Até a velha rainha de Inglaterra não se importou nadinha de colocar milhões em paraísos fiscais que financiam o terrorismo, o Paradise Papers ! É preciso ter um estômago do tamanho de um boi. Ingleses, acabem com a monarquia rápido!Pelos vistos tem medo que os bancos ingleses lhe ”cheirem” os montantes da coroa!

RESPONDER

Paços de Ferreira 0-5 Benfica | Seferovic “parte tudo” na Capital do Móvel

Na noite deste sábado, o Benfica somou o sétimo triunfo consecutivo no campeonato, ao golear o Paços de Ferreira por 5-0, num embate relativo à 26.ª jornada do campeonato. A equipa de Jorge Jesus, que acabou …

Após terramotos e deslizamentos, a "cidade moribunda" de Itália ainda resiste no topo de uma montanha

Chamar-se a si mesmo de "Cidade Moribunda" pode não parecer a melhor forma de atrair turistas, mas Civita, em Itália, aprendeu a viver com o facto de estar a morrer. Há vários séculos, a cidade …

"Alexa, estou com calor." Já é possível controlar o ar condicionado de um Lamborghini apenas com a voz

A Amazon está a dar um grande passo na indústria automóvel ao integrar a Alexa no Huracán EVO da Lamborghini, não apenas para fazer perguntas, mas dando ao assistente virtual a capacidade de controlar as …

Nova tecnologia pode enviar luz solar para o subsolo

Investigadores da Universidade Tecnológica de Nanyang, na Singapura, inventaram um novo dispositivo que pode ajudar o país a iluminar a sua crescente infraestrutura subterrânea. A Singapura é um dos países que tem apostado cada vez mais …

Livro lança "caça ao tesouro" a urna de ouro oferecida por Inglaterra a França antes da Entente Cordiale

Um novo enigma literário está prestes a chegar às estantes de livros com uma recompensa incomum. Pistas em "The Golden Treasure of the Entente Cordiale" podem levar leitores no Reino Unido e França a um …

Para evitar casos de burnout, LinkedIn deu uma semana de férias aos quase 16 mil funcionários

O LinkedIn decidiu dar uma semana de férias (remunerada), que começou esta segunda-feira, a todos os seus funcionários espalhados pelo mundo. O objetivo? Desconectar, recarregar baterias e prevenir casos de burnout.  "Queríamos ter a certeza de …

Pequenos nadadores-robô curam-se a si próprios (e em movimento)

Uma equipa de investigadores da American Chemical Society desenvolveu pequenos robôs nadadores que conseguem curar-se a si mesmos magneticamente. O tecido vivo pode curar-se autonomamente de muitos ferimentos, mas fornecer habilidades semelhantes a sistemas artificiais, como …

Tondela 0-2 FC Porto | Missão cumprida com serviços mínimos

Missão cumprida. O FC Porto fez poupanças no jogo com o Tondela, mas levou os três pontos para casa, graças a um triunfo por 2-0. Os “dragões” foram claramente superiores no primeiro tempo, marcaram por Toni …

Portugal pode atingir linha vermelha dos 120 novos casos por 100 mil habitantes em dois meses

Portugal pode atingir uma taxa de incidência de de 120 casos por 100 mil habitantes daqui a dois ou mais meses se se mantiver o atual ritmo de crescimento deste indicador. Esta é a conclusão de …

Akon ainda não construiu a "Wakanda da vida real", mas o Uganda já lhe está a dar terrenos para a segunda

O artista de R&B Akon ainda não concretizou a sua visão ambiciosa de uma cidade “futurística” alimentada por uma criptomoeda chamada “Akoin” e construída num terreno que lhe foi dado pelo governo senegalês. Contudo, o …