Empresa dos Paradise Papers trabalhou para banco ligado a terrorismo e crime organizado

(dr) Museu do Dinheiro

A firma no coração dos Paradise Papers providenciou serviços offshore a um banco acusado de facilitar financiamento para o terrorismo, crime organizado transnacional e o programa de armas químicas do Governo sírio.

De acordo com o jornal britânico The Guardian, a Appleby, a sociedade de advogados cujos negócios foram denunciados na fuga de informação Paradise Papers, terá trabalhado com um banco que foi acusado de facilitar financiamento para o terrorismo, crime organizado transnacional e o programa de armas químicas do Governo sírio.

O banco em causa, o FBME, foi cliente da Appleby durante pelo menos um ano depois de o Departamento do Tesouro norte-americano ter divulgado um relatório com uma série de alegações contra o banco. No entanto, o The Guardian avança que, antes disso, o FBME já era representado pela sociedade há cerca de uma década.

O FBME que foi, inclusive, banido do sistema financeiro americano, já negou todas as acusações, mas assumiu que a Appleby tinha sido sua intermediária desde 2004.

A sociedade de advogados esteve no centro de uma fuga de informação batizada Paradise Papers, com milhares de ficheiros internos da empresa a serem obtidos pelo jornal alemão “Süddeutsche Zeitung” e analisados à lupa pelo Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ).

No mesmo caso, foram também envolvidas figuras públicas como a cantora Madonna, o vocalista dos U2, Bono Vox, a Rainha Elizabeth II, membros da administração Trump e até multinacionais como a Apple, a Nike, a Uber, entre muitos outros.

Foi ainda posto a descoberto a rede montada pela Appleby em diversos paraísos fiscais para ajudar empresas e indivíduos ricos a fugir aos impostos.

A Appleby respondeu às acusações com um processo judicial contra a BBC e o The Guardian, acusando os dois órgãos de terem publicado artigos que não são do interesse público.

Num comunicado divulgado no início de novembro, a sociedade de advogados rejeitou todas as alegações da investigação, sublinhou que, “não sendo infalível”, agiu sempre de forma célere para “acertar as coisas”.

No âmbito do processo judicial, a Appleby pediu a um tribunal britânico que proíba de forma permanente a BBC e o Guardian de usarem os seus ficheiros internos para investigar a conduta dos seus funcionários e dos seus clientes.

Contactada pelo jornal britânico, a sociedade de advogados recusou comentar a relação de longa data que manteve com o FBME, uma relação que acabou em dezembro de 2015. Sobre o assunto, repetiu apenas que a secção da firma que lida com serviços offshore foi vendida – existe agora sob o nome Estera – e que, portanto, se recusa a responder a quaisquer questões sobre o negócio com o banco.

A Estera, por sua vez, disse que não tece comentários sobre “quaisquer negócios que a Appleby possa ter mantido com qualquer cliente em particular”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. ”….a Appleby pediu a um tribunal britânico que proíba de forma permanente a BBC e o Guardian de usarem os seus ficheiros internos para investigar a conduta dos seus funcionários e dos seus clientes”.
    Vigaristas, esperai sentados à espera que a vontade vos passe!

  2. Até a velha rainha de Inglaterra não se importou nadinha de colocar milhões em paraísos fiscais que financiam o terrorismo, o Paradise Papers ! É preciso ter um estômago do tamanho de um boi. Ingleses, acabem com a monarquia rápido!Pelos vistos tem medo que os bancos ingleses lhe ”cheirem” os montantes da coroa!

RESPONDER

Governo discute hoje "estatuto do artista", mas setor mantém as críticas

O Conselho de Ministros desta quinta-feira será dedicado “de forma transversal” à Cultura, conforme indiciou o primeiro-ministro. Numa altura em que este setor está significativamente fragilizado por efeito da crise pandémica, o Executivo deverá aprovar …

Há três portugueses na calha para substituir Espírito Santo no Wolverhampton

O Wolverhampton prepara uma possível saída de Nuno Espírito Santo e tem três portugueses na calha: Vítor Pereira, Bruno Lage e Rui Faria. Ultimamente tem-se falado muito da possibilidade de Nuno Espírito Santo abandonar o Wolverhampton …

PS, BE e CDS alargam direitos dos independentes. “Não é luz verde, é amarela”

As alterações às leis eleitorais têm aprovação garantida em plenário por maioria absoluta nesta quinta-feira. Independentes podem concorrer à Câmara e Assembleia Municipal com o mesmo nome, símbolo e sigla, mas não a todas as …

Aos 29 anos, "sucessor" de Mourinho estreia-se a vencer e faz história

Ryan Mason, o novo treinador interino do Tottenham, estreou-se a ganhar e tornou-se o treinador mais jovem da história da Premier League. Com a saída de José Mourinho do Tottenham, esta segunda-feira, Ryan Mason assumiu interinamente …

PS-Porto traça perfil de candidato e currículo de Barbosa Ribeiro encaixa como uma luva

O PS traçou o perfil do candidato que quer ver concorrer pelo partido à Câmara Municipal do Porto. O presidente da Comissão Política do PS do Porto, Tiago Barbosa Ribeiro, encaixa na perfeição. Nos últimos tempos, …

Moedas usa o nome de Sócrates para atacar Medina. PS acusa-o de “tirar proveito“ das buscas na CML

Numa altura em que a corrida autárquica se torna cada vez mais feroz, depois de serem conhecidos os motivos das buscas à Câmara de Lisboa, Carlos Moedas enviou um comunicado às redações em que se …

Enquanto clubes pedem desculpa, Florentino contra-ataca e não desiste da Superliga

O presidente do Real Madrid e da Superliga, Florentino Pérez, manifestou-se na quarta-feira "triste e dececionado" com a suspensão da nova competição europeia de futebol, mas também "surpreendido" com a campanha orquestrada pelo presidente da …

Governo estuda compra de mais vacinas de ARN mensageiro para evitar atrasos

As autoridades de saúde portuguesas estão a estudar a compra de mais vacinas de ARN mensageiro, que até agora não têm revelado efeitos secundários tão graves como a vacina da AstraZeneca e da Johnson & …

O bumerangue pode ter tido mais do que uma função

Investigadores sugerem que o bumerangue pode ter tido mais do que uma função para os australianos aborígenes, como por exemplo moldar ferramentas de pedra. A análise microscópica da superfície de mais de 100 bumerangues de madeira …

Ministério Público e defesa de Sócrates concordam: Ivo Rosa fez uma alteração ilegal à acusação

O Ministério Público (MP) e a defesa de José Sócrates já pediram a nulidade da decisão instrutória do juiz Ivo Rosa no processo judicial da Operação Marquês. Os dois requerimentos defendem que o juiz fez …