Estes são os empregos preferidos dos Serial Killers

A recente detenção do Golden State Killer a 26 de abril, também conhecido como o “Violador da Área Este”, na que foi considerada a mais intrigante e perturbadora constelação de casos “esquecidos” da história americana, trouxe mais questões do que respostas.

Uma das questões levantadas com a detenção do Golden State Killer – um ex-polícia reformado – é como é que um violador e assassino conseguia operar em tantas jurisdições ao mesmo tempo e ter polícias que negligenciaram as ligações entre os seus crimes em cidades diferentes.

Outra questão é como é que um polícia como Joseph DeAngelo, o acusado que será presente a tribunal no próximo dia 14 de maio, poderia ser capaz de tal brutalidade sádica em grande parte da sua breve e problemática carreira, sendo alegadamente responsável por dezenas de violações e assassinatos que aterrorizaram o estado da Califórnia durante as décadas de 1970 e 1980.

Questões semelhantes foram feitas no passado sobre outros serial killers, cujos empregos inócuos e até virtuosos pareciam desmentir os horrores cometidos.

Isso inclui personalidades desde o ínfame canadiano Russell Williams, que já pilotou um avião VIP que transportava a Rainha Elizabeth II, ao menos conhecido proprietário de uma loja de computadores e proeminente empresário de Nashville, Tom Steeples, que matou três pessoas antes de se suicidar quando já estava sob custódia policial.

Mas a verdade é que assassinatos e empregos são frequentemente ligados e alguns empregos específicos são muito comuns entre serial killers. Tanto que, nos últimos 50 anos, surgiram alguns padrões dominantes.

E, de acordo com o Live Science, estas ocupações são comummente inseridas em quatro categorias baseadas nas aptidões, treino e rotatividade. Algumas podem surpreender, outras nem tanto.

Obviamente que nem todos os que ocupam estes cargos são considerados serial killer, nem isso significa que haja probabilidade de se tornarem num. Mas os maquinistas, sapateiros ou reparadores, e estofadores de automóveis encabeçam a lista de prováveis profissões de um assassino em série.

Logo depois, seguem-se os trabalhadores florestais, condutores de camiões, gerentes de armazém, porteiros de hotel, lojista numa bomba de gasolina, polícia ou segurança e padres.

As conclusões são retiradas do livro Murder in Plain English, de Michael Arntfield. O autor escreve que há algo de apelativo nestes trabalhos ou que, por outro lado, cultiva os interesses dos que já tinham propensão a tornarem-se um serial killer.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “… e padres…” bem…quanto à pedofilia já se sabia. Agora quanto ao assassinato em série é novidade.
    Eu sempre pensei que os piores seriam os talhantes.

  2. estou lixado, trabalho no meio de seguranças e um deles é sapateiro nas horas vagas, meu deus como vou fazer, acho que vou ter que ir procurar outro emprego

RESPONDER

Aumento extra de dez euros pode beneficiar 1,6 milhões de pensionistas

O aumento extra de dez euros nas reformas até 658,2 euros, confirmado esta quinta-feira pelo secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, pode vir a beneficiar cerca de 1,6 milhões de pensionistas. A estimativa é avançada …

Rui Pinto vai a julgamento por 93 crimes

A juíza do Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu que Rui Pinto vai ser julgado por 93 crimes, e não 147 como estava acusado. O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu esta sexta-feira levar …

Um "palhaço" que vai apunhalar os iranianos nas costas. Líder supremo do Irão arrasa Trump

O líder supremo do Irão classificou esta sexta-feira o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como "um palhaço" que finge querer ajudar os iranianos, mas vai atacá-los pelas costas com "um punhal envenenado". As declarações do …

"Lava que se farta". Justiça dá razão a Ana Gomes no processo movido por Isabel dos Santos

A ex-eurodeputada Ana Gomes venceu um dos processos que foi movido contra ela por Isabel dos Santos. Em causa estão publicações no Twitter, onde a diplomata acusava a empresária angolana de estar a usar Portugal …

Secretário da Cultura brasileiro vai ser demitido depois de se inspirar em discurso nazi de Goebbels

Roberto Alvim, secretário da Cultura brasileiro, fez um discurso esta quinta-feira copiando um discurso muito conhecido do ministro da propaganda de Adolf Hitler, Joseph Goebbels. O secretário da Cultura do Brasil, Roberto Alvim, divulgou um vídeo …

Presidente da Guatemala anuncia corte de relações com Venezuela

O novo Presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, anunciou na quinta-feira que ordenou o corte de relações com a Venezuela e o encerramento da embaixada neste país. Alejandro Giammattei, médico e ex-diretor do Sistema Penitenciário da Guatemala, …

Bolsonaro vai manter secretário acusado de irregularidades no Governo

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, defendeu hoje o titular da Secretaria Especial da Comunicação Social (Secom, órgão da Presidência), Fabio Wajngarten, acusado de alegadas irregularidades em contratos, garantindo que o manterá no cargo. “Pelo que eu …

FC Porto empresta Waris ao Estrasburgo com opção de compra obrigatória

O avançado ganês foi emprestado pelo FC Porto ao Estrasburgo até ao final da temporada, num negócio que inclui uma cláusula de opção de compra obrigatória. No final do empréstimo, o Estrasburgo fica obrigado a contratar …

Miguel Guimarães reeleito bastonário da Ordem dos Médicos

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, foi eleito esta quinta-feira para um segundo mandato, com 93% dos votos. De acordo com os resultados provisórios avançados pela Ordem, estando contados 16.723 votos, Miguel Guimarães foi …

Governante sugere "chazinhos e bolos" para acabar com agressões nas salas de espera dos hospitais

"Salas de espera com bom aspecto, com televisão, revistas" e com "chazinhos e bolos" podem ajudar a reduzir o "clima de tensão" que se vive em alguns hospitais, contribuindo para acabar com as agressões a …