Estes são os empregos preferidos dos Serial Killers

A recente detenção do Golden State Killer a 26 de abril, também conhecido como o “Violador da Área Este”, na que foi considerada a mais intrigante e perturbadora constelação de casos “esquecidos” da história americana, trouxe mais questões do que respostas.

Uma das questões levantadas com a detenção do Golden State Killer – um ex-polícia reformado – é como é que um violador e assassino conseguia operar em tantas jurisdições ao mesmo tempo e ter polícias que negligenciaram as ligações entre os seus crimes em cidades diferentes.

Outra questão é como é que um polícia como Joseph DeAngelo, o acusado que será presente a tribunal no próximo dia 14 de maio, poderia ser capaz de tal brutalidade sádica em grande parte da sua breve e problemática carreira, sendo alegadamente responsável por dezenas de violações e assassinatos que aterrorizaram o estado da Califórnia durante as décadas de 1970 e 1980.

Questões semelhantes foram feitas no passado sobre outros serial killers, cujos empregos inócuos e até virtuosos pareciam desmentir os horrores cometidos.

Isso inclui personalidades desde o ínfame canadiano Russell Williams, que já pilotou um avião VIP que transportava a Rainha Elizabeth II, ao menos conhecido proprietário de uma loja de computadores e proeminente empresário de Nashville, Tom Steeples, que matou três pessoas antes de se suicidar quando já estava sob custódia policial.

Mas a verdade é que assassinatos e empregos são frequentemente ligados e alguns empregos específicos são muito comuns entre serial killers. Tanto que, nos últimos 50 anos, surgiram alguns padrões dominantes.

E, de acordo com o Live Science, estas ocupações são comummente inseridas em quatro categorias baseadas nas aptidões, treino e rotatividade. Algumas podem surpreender, outras nem tanto.

Obviamente que nem todos os que ocupam estes cargos são considerados serial killer, nem isso significa que haja probabilidade de se tornarem num. Mas os maquinistas, sapateiros ou reparadores, e estofadores de automóveis encabeçam a lista de prováveis profissões de um assassino em série.

Logo depois, seguem-se os trabalhadores florestais, condutores de camiões, gerentes de armazém, porteiros de hotel, lojista numa bomba de gasolina, polícia ou segurança e padres.

As conclusões são retiradas do livro Murder in Plain English, de Michael Arntfield. O autor escreve que há algo de apelativo nestes trabalhos ou que, por outro lado, cultiva os interesses dos que já tinham propensão a tornarem-se um serial killer.

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “… e padres…” bem…quanto à pedofilia já se sabia. Agora quanto ao assassinato em série é novidade.
    Eu sempre pensei que os piores seriam os talhantes.

  2. estou lixado, trabalho no meio de seguranças e um deles é sapateiro nas horas vagas, meu deus como vou fazer, acho que vou ter que ir procurar outro emprego

O nojo pode levar a pensamentos e sentimentos religiosos

Um novo estudo revela que o sentimento de nojo pode estar na base de pensamentos religiosos. O medo de Deus e do pecado mostrou ser maior em pessoas que se enojavam mais facilmente. Mesmo as pessoas …

"Os pássaros não são estúpidos". Secretário de Estado desvaloriza críticas a aeroporto do Montijo

Os ambientalistas têm alertado que dezenas de milhares de aves de médio e grande porte cruzam-se na zona de proteção especial do estuário do Tejo, junto ao local onde será construído o novo aeroporto do …

Acusado de racismo e sexismo, conselheiro político de Boris demite-se

Andrew Sabisky, conselheiro direto do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, demitiu-se esta segunda-feira, depois de ser acusado de racismo e sexismo pelo próprio Partido Conservador por causa de declarações suas no passado. Em causa estão declarações feitas …

"Impressora de pele" promete ajudar na cicatrização de queimaduras

Uma nova impressora 3D portátil é capaz de depositar "folhas de pele", umas sobre as outras, e criar um curativo biológico para cobrir grandes queimaduras. A nova impressora 3D foi desenvolvida por uma equipa de investigadores …

"Made in Space". A primeira fábrica espacial vai começar a ganhar forma

Com o objetivo de construir coisas cada vez maiores no Espaço, uma empresa do Colorado, nos Estados Unidos, está a preparar-se para uma missão de demonstração de construção. A Blue Canyon Technologies vai fornecer a infraestrutura …

Asteróide que passou recentemente pela Terra não estava sozinho

Astrónomos descobriram que o asteróide 2020 BX12, que passou pela Terra na semana passada, era afinal um sistema binário de asteróides. Estamos a falar do asteróide 2020 BX12, que passou a 4,3 milhões de quilómetros de distância da …

"Parasitas" vai ter uma série na HBO. E já são conhecidos dois nomes do elenco

A produção sul-coreana de Bong Joon Ho, especialmente condecorada pela Academia, merece agora uma adaptação para a televisão pelas mãos da HBO. A série televisiva de "Parasitas" foi anunciada em janeiro e a produção está encarregue …

O carregador do seu smartphone é mais potente do que o computador da Apollo 11

Não restam dúvidas de que a informática deu um passo gigante em termos de evolução nos últimos 50 anos. Agora, um engenheiro de software descobriu que até mesmo o carregador do seu smartphone é mais …

Tribunal suspende construção da Gigafactory na Alemanha

Um tribunal alemão ordenou à Tesla, este domingo, a suspensão das obras da sua fábrica "Gigafactory" por questões ambientais. Em novembro do ano passado, Elon Musk, presidente executivo da Tesla, anunciou que a Alemanha tinha sido …

Novos semáforos da Índia ficam vermelhos quando os condutores buzinam

A Polícia de Mumbai, na Índia, instalou detetores de ruído em vários semáforos de cruzamentos importantes da cidade, visando reduzir a poluição sonora. Agora, quanto mais os condutores buzinam, mais tempo a luz se mantém …