Empregados recontratados para as mesmas tarefas, mas com salários mais baixos

Billy Wilson / Flickr

-

O sociólogo Boaventura Sousa Santos acusou alguns patrões de usarem a crise como desculpa para encerrar empresas para depois as reabrir, pagando aos antigos empregados salários mais baixos e menos regalias, situação confirmada à Lusa por um sindicato.

Na véspera do Dia do Trabalhador, que se assinala esta sexta-feira, Boaventura Sousa Santos disse existirem “vários exemplos de empresas do norte do país que estiveram fechadas supostamente por causa da crise e abriram recentemente, mas estão a pagar menos 20% dos salários aos mesmos trabalhadores, que não têm direito a férias como antes nem à proteção social que tinham”.

Um dia a fábrica é declarada insolvente e encerra as suas portas. Tempos mais tarde, reabre e alguns dos trabalhadores regressam aos seus postos de trabalho para desempenhar exatamente as mesmas tarefas, mas com salários mais baixos, contou o Sindicato dos Operários da Industria de Calçado, Malas e Afins dos Distritos de Aveiro e Coimbra.

“Muitas vezes, quando as fábricas abrem insolvência, já têm planeada a abertura de uma outra empresa. Em alguns casos são os mesmos patrões e noutros usam alguém como testa de ferro”, disse à Lusa Fernanda Moreira, presidente da estrutura sindical.

A fábrica reabre, as máquinas recomeçam a funcionar e os trabalhadores a laborarem. “Normalmente contratam menos pessoas para fazer o mesmo trabalho e, como declararam insolvência não têm de pagar nada do que deviam aos trabalhadores que tinham salários e subsídios de férias e Natal em atraso”, criticou Fernanda Moreira.

Miguel Martins é um desses casos. Trabalhou durante 30 anos numa gráfica lisboeta até ao dia em que a empresa fechou. Sem nunca ter recebido qualquer indemnização, fez parte do grupo de trabalhadores que ficou desempregado e viu, com tristeza, os colegas mais novos serem contratados para a nova empresa, aberta em nome dos filhos do antigo patrão.

Os funcionários aceitam voltar a trabalhar para quem lhes deve dinheiro mesmo sabendo que vão ganhar menos: “Contratam as mesmas pessoas por salários mais baixos e deixam de dar os prémios de produção ou de assiduidade“, acrescentou a presidente do sindicato.

Para Fernanda Moreira, este é o resultado da mais básica lei de mercado: há muita procura de emprego para pouca oferta e os salários baixam.

Boaventura Sousa Santos, diretor do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, conhece casos na indústria têxtil, do calçado e sanitária: “São empresas que estão orgulhosas por os seus trabalhadores aceitarem ganhar menos para fazer o mesmo trabalho que faziam há três anos”.

Além dos salários mais baixos, a presidente do sindicato dos operários lembrou que muitos empregados fabris deixaram de receber horas extraordinárias, que agora são “pagas” em dias de folga, que só podem ser gozados quando há menos trabalho na fábrica.

“Num passado muito recente era prática pagar essas horas, que em alguns casos poderiam representar mais 200 euros ao fim do mês, mas agora são poucas as empresas que fazem esse pagamento”, recordou Fernanda Moreira, dando como exemplo a indústria têxtil onde as mulheres recebem pouco mais de 500 euros mensais.

/Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

    • Então é muito fraquinho em gramática. Vá ao dicionário que logo encontra ou então faça uma busca e procure por “re”. Também pode voltar para a escola para o ensino básico.

  1. Não conhece o senhor Queli Nobre a palavra recontratado, mas infelizmente, conhecem os “ditos” empresários deste país. É o estado a “chupar” o dinheiro do povo trabalhador e honesto e, o patrão, que vê as leis mal feitas por idiotas políticos e muito duvidosos, e que se aproveitam para contornar as leis laborais de um modo legalmente duvidoso. No fim disto, o estado vai ” chupar” dinheiro não sei onde, visto que os jovens emigram e só ficam os velhos e, um dia, Portugal fica para os que vieram de África, Brasil ou da Europa de Leste que estão a receber dinheiro do estado e podem ter ” uma ninhada” de filhos! Esses sim, vão ser os futuros jovens de Portugal, filhos de emigrantes!! Nativos vão ser extintos!!

  2. Triste para quem passa por estas situações e nada pode fazer ,bom para os patrões que fogem a pagar o que pagavam e claro para o nosso estado serve para dizer que estão novamente a investir em novos projectos e criação de escravos, ops desculpem novos postos de trabalho .

RESPONDER

Governo vai começar a executar o PRR pela área da saúde e apoio aos idosos

O Governo quer começar a executar o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) pela área da saúde e combate às vulnerabilidades sociais. Em declarações ao jornal Público, a ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira …

Testes alargados a todas as escolas e passam a contemplar amostras de saliva

Os testes ao novo coronavírus vão abranger todas as escolas de Portugal continental e contemplar a amostra de saliva para a realização dos rastreios laboratoriais, segundo a atualização da norma da Direção-Geral da Saúde (DGS) …

Poeira de asteróide encontrada na cratera Chicxulub encerra caso da extinção dos dinossauros

Uma equipa de investigadores acredita ter encerrado o caso da extinção dos dinossauros após ter encontrado poeira de asteróide na cratera que Chicxulub terá criado há 66 milhões de anos. Desde os anos 1980 que a …

CDS recebeu com "alegria e entusiasmo" candidatura de Moedas a Lisboa

O presidente do CDS-PP afirmou, esta sexta-feira, que o partido recebeu com "grande alegria e entusiasmo" a candidatura de Carlos Moedas à Câmara de Lisboa, considerando que é "um nome forte" e uma "ótima notícia" …

Nem Pote, nem Porro. As estatísticas mostram que Manafá tem sido o melhor em Portugal

O índice de desempenho de uma ferramenta de scouting usada por grandes clubes europeus aponta Wilson Manafá como o jogador em melhor forma da Liga NOS. Não é tecnicamente dotado, nem um favorito dos adeptos. O …

TAP avança com lay-off de um ano a partir de segunda-feira

A TAP vai avançar com um processo de lay-off clássico, que passará por uma redução dos períodos normais de trabalho ou suspensão de contratos, a partir da próxima segunda-feira e durante 12 meses. De acordo com …

Os tigres estão em risco e podem precisar de um "resgate genético"

Os tigres estão sob ameaça e um novo estudo sugere que estes felinos podem precisar de um "resgate genético". O acasalamento entre diferentes subespécies é uma opção. Fragmentação do habitat, conflito entre humanos e vida selvagem, …

Há estranhas nuvens que brilham à noite (e já sabe o que são)

Uma equipa de cientistas usou um pequeno foguete lançado pela NASA para estudar a natureza de um tipo indescritível de nuvens que brilham no escuro, criando uma artificialmente. Desde o final dos anos 1800 que …

Eis o primeiro enxame de (pequenos) buracos negros num aglomerado globular

Uma equipa de cientistas, que esperava encontrar um buraco negro de massa intermédia no coração do aglomerado globular NGC 6397, encontrou, em vez disso, evidências de uma concentração de buracos negros mais pequenos. Por vezes, na ciência, …

Ruth, a "humana digital" da Nestlé ensina como fazer as bolachas perfeitas

Graças à Inteligência Artificial, nasceu Ruth, um "humano digital" da Nestlé que interage connosco e nos ajuda a fazer as melhores bolachas com pepitas de chocolate. A internet é o maior livro de receitas a que …