/

Emmanuel Macron pondera vacinação obrigatória para toda a população

9

Cugnot Mathieu / EPA

O presidente francês, Emmanuel Macron.

O Presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou esta segunda-feira que a vacinação contra a covid-19 vai passar a ser obrigatória para todos os profissionais que trabalham com pessoas frágeis em hospitais e lares a partir de 15 de setembro.

A medida foi anunciado em direto na televisão. Emmanuel Macron avisou ainda que vai refletir sobre o alargamento da vacinação obrigatória para toda a população, caso continue a haver resistência por parte dos franceses.

“Temos nove milhões de doses de vacinas que não foram administradas e continuam a chegar as nossas encomendas. Vacinem-se!”, apelou.

O Presidente prometeu também uma dose de reforço, no outono, para estes trabalhadores que tenham sido imunizados na primeira vaga de vacinação, “em janeiro ou fevereiro”. “Terão uma dose à vossa espera”, garantiu.

Os números mais recentes disponíveis, referentes a 31 de maio, citados pelo Le Monde, mostram que 72,2% dos médicos, numa amostra representativa da situação de hospitais e clínicas tinham recebido uma primeira dose da vacina. Contudo, apenas 58,7% dos enfermeiros, 50% dos auxiliares e 52,6% dos paramédicos.

França é um país onde existe muito ceticismo em relação às vacinas e a sua administração tem vindo a reduzir-se: se no fim do maio eram inoculadas mais de 400 mil pessoas por dia, hoje são administradas menos de 200 mil primeiras doses por dia, diz a Reuters, citada pelo Público.

De acordo com Macron, a apresentação do certificado de vacinação ou de um teste negativo também passa a ser obrigatória para entrar em espetáculos, restaurantes e algumas viagens de comboio e avião.

  ZAP //

9 Comments

  1. Só fico incrédulo com o pressing para administrar uma vacina, que não está ainda 100% compreendida, para uma vírus com uma mortalidade estatisticamente baixa.
    Tem sido escolha pessoal o uso ou não de preservativo, o consumo de álcool, de drogas, o tipo de alimentos que ingerimos, com quem nos relacionamos, qual a nossa orientação politica, será que os governos se começam a preparar para fazer todas estas escolhas por nós?

  2. Como é que os franceses vão reagir a estas medidas ditatoriais?… e por cá… acredito que os nossos ditadorzecos as implementarão dentro de poucos dias.

  3. Em França vai como sempre andar tudo ao estalo. Simplesmente não é fisicamente possível obrigar a população a tomar vacina. Se tentar pressionar com multas, a única coisa que vão lograr é todo um conjunto de esquemas de falsificação de certificados, etc…

    Eu acho que eles se preparam para pressionar tirando ou dando menos direitos às pessoas não vacinadas o que além de ser anti-constitucional em França, só vai resultar em motins e mais problemas. Os governos têm de meter na cabeça que não conseguem obrigar as pessoas a fazer tudo o que lhes dá na testa. Isto não são ditaduras e estas coisas não estavam consagradas na Lei quando ele foi eleito.

    As vacinas simplesmente não podem ser obrigatórias porque não é sequer viável (nem tão pouco desejável). Tem de se ir convencendo as pessoas com mais conhecimento e informação. Mas que conhecimento vão as instituições e os governos deitar cá pra fora, quando nem eles sabem quase nada sobre o Covid? Obrigar pra quê se daqui a uns meses a vacina já não faz nada às novas estirpes?

  4. Tornar a vacina obrigatória implicaria disponibilizar todas as vacinas existentes à população. Não é possível compatibilizar obrigatoriedade com a proibição, por exemplo, da vacina Sputnik V…

  5. Já sabia que a intenção primordial deles era é essa mesma desde de antes de 2020 controle, controle, controle populacional

    E infelizmente a maioria das pessoas tem sindrome de gado, ou seja é fácilmente controlado

    Eles plantam os planos deles bem no inicio e deixa de conhecimento geral, já sabendo o resultado que terá, eles tem muito tempo para planejar, e saber quais defensivas que a população teria a cada ideia deles a cada dia, e joga com toda potencia o poder que eles tem pra cima do gado, ai o gado sem saber pra onde correr, segue em fila indiana para o último suspiro.

    O gado vende suas almas muito, muito barato, quem tem medo de viver já está morto, virou zumbi, um morto vivo na mão desses politicos, da elite, da maçonaria, do vaticano, da ordem dos jesuítas.

    Tenho dó de quem tem medo de viver e já virou um ZUMBI, melhor seria pular todo mundo de mãos dadas d o alto de um penhasco do que viver com medo de viver ou ser simplemente um zumbi na mãos desses……………

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE