Embaixador russo em Lisboa morreu “repentinamente”

Miguel A. Lopes / Lusa

O embaixador russo em Lisboa, Oleg Belous, morreu “repentinamente”, esta terça-feira, aos 66 anos, anunciou a embaixada da Federação da Rússia em Portugal.

Em comunicado, a embaixada informa que no dia 8 de maio, em Lisboa, “faleceu repentinamente o embaixador extraordinário e plenipotenciário da Federação da Rússia na República Portuguesa, Oleg Belous”.

Oleg Belous estava na embaixada da Rússia em Portugal desde 2013.

Era “um diplomata notável, um profissional de altíssima qualificação que fez uma contribuição pessoal importante para a criação da nova arquitetura europeia, para o estabelecimento das relações de parceria com a França, Itália, Espanha, Portugal e outros países da Europa”, lê-se na nota da embaixada russa.

“Uma pessoa de alma rica, mestre para a inteira geração de diplomatas. Um exemplo da devoção à Rússia, da proteção firme dos seus interesses“, acrescenta o comunicado, no qual os funcionários da embaixada expressam as “mais profundas condolências” à família do diplomata.

Belous iniciou a carreira diplomática em 1973, tendo trabalhado nas embaixadas russas em França e na Bélgica, além de ter sido representante permanente da Rússia junto da OSCE.

Foi também diretor do primeiro departamento europeu no Ministério dos Negócios Estrangeiros russo, a partir de 2001. Na década de 1990 tinha dirigido o departamento de cooperação europeia.

Oleg Belous era casado e tinha uma filha adulta.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mais três mortes e 339 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quinta-feira, mais três mortes e 339 novos casos de infeção por covid-19 em relação a quarta-feira, mostra o boletim mais recente da DGS. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos …

Crise entrou em nova fase mas mundo "não está fora de perigo", diz FMI

A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, disse esta quinta-feira que a crise provocada pela pandemia entrou numa nova fase, que exige flexibilidade para assegurar "uma recuperação sustentável e equitativa", alertando que o mundo …

China bane importação de ovelhas portuguesas

As alfândegas chinesas baniram as importações de ovelhas e produtos relacionados de Portugal, alegando um aviso da Organização Mundial de Saúde Animal sobre um surto de paraplexia enzoótica dos ovinos na Guarda. A notícia foi avançada …

Tânia já pode abraçar os filhos. Livrou-se do coronavírus ao 16º teste após 4 meses isolada

A algarvia Tânia Poço foi, finalmente, dada como "curada" de covid-19 após quatro meses de confinamento. Aquele que terá sido o caso mais prolongado da infecção em Portugal, chegou ao fim com o 16º teste …

Exame de Matemática A criticado. Prova "infeliz" não permite "distinguir" alunos

A Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM) criticou esta quinta-feira a elaboração do exame nacional de Matemática A, prova realizada por mais de 38.699 alunos que pretendem concorrer ao Ensino Superior. No entender da SPM, "o …

Ninguém quer o novo aeroporto do Montijo. Medina apela a "avanço" na decisão

Autarcas e ambientalistas foram ouvidos, esta quarta-feira, no Parlamento, onde se discutiu o projeto do novo Aeroporto do Montijo. A posição de ambos parece clara: ninguém quer avançar com a ideia. A construção do aeroporto …

Pandemia acelera nos Estados Unidos. Uso de máscara pode salvar 40 mil vidas

Os Estados Unidos ultrapassaram pela primeira vez a barreira dos 70 mil casos de covid-19, nas últimas 24 horas, elevando para mais de 3,49 milhões o total de contágios no país, indicou a Universidade Johns …

Presidente polaco falou ao telefone com Guterres sobre a comunidade LGBT e a 2.ª Guerra (mas não era Guterres)

O recém-eleito Presidente da Polónia, Andrzej Duda, julgava que estava a conversar por telefone com António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas. Falou-se da pandemia, da comunidade LGBT e da II Guerra Mundial. Porém, do outro …

Itália pediu ajuda, Europa ficou em silêncio e o vírus cavalgou por todo o continente

A lenta resposta a um inimigo invisível, a falta de stock de equipamentos de proteção, um Ocidente a festejar o Ano Novo e uma Europa com as atenções centradas no Brexit. Um cocktail desastroso que …

Empresas vão poder pedir lay-off em meses interpolados. Trabalhadores recebem subsídio de Natal a 100%

O novo apoio de lay-off que vai substituir o atual regime de lay-off simplificado a partir de agosto vai poder ser pedido pelas empresas em "meses interpolados", podendo desistir do regime e retomá-lo mais tarde. De …