Von der Leyen na reta final. Elisa Ferreira deverá ficar com pasta dos fundos europeus

Tiago Petinga / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa (D), discursa acompanhado pela comissária indigitada, Elisa Ferreira (E)

A lista de Ursula von der Leyen com os cargos dos 26 novos comissários europeus só será divulgada na terça-feira. Elisa Ferreira deverá ficar com a pasta dos fundos europeus.

Ursula von der Leyen, a nova presidente da Comissão Europeia, pepara-se para apresentar a nova equipa de comissários. Ao que o Expresso apurou, o que está em cima da mesa para Elisa Ferreira é a pasta pedida por António Costa: a da política regional, que inclui a gestão dos fundos estruturais e de coesão.

Ainda assim, a estrutura da pasta e o conjunto de competências ainda estão por finalizar. A comissária que teve esta pasta até julho, Corina Cretu, tinha também como responsabilidade identificar como é que estes fundos poderiam ajudar a completar a União da Energia e o mercado único digital. Mas fonte comunitária lembra que as pastas e as direções-gerais nem sempre transitam de uma Comissão para outra.

Geralmente, as pastas são adaptadas ao perfil do comissário. Neste caso, uma possibilidade seria a pasta conter uma componente ambiente, uma vez que a ex-eurodeputada foi ministra do Ambiente de António Guterres.

Outra fonte contactada pelo semanário dá conta de que ainda está tudo em aberto. A luta pelas pastas, sobretudo as económicas, entre vários países deverá ainda fazer mexer o organigrama da Comissão, e não é de excluir que possa afetar a pasta portuguesa, informa o Expresso.

Von der Leyen vai apresentar a equipa na próxima terça-feira, e até lá tudo pode acontecer. Os dias que se avizinham são, portanto, decisivos.

Com a pasta dos fundos europeus a seu cargo, Elisa Ferreira poderá ajudar a definir as percentagens de comparticipação dos fundos – num projeto de 100 euros, 85 são assegurados pela Comissão e o resto pelo promotor nacional, por exemplo -, mas também os vários Acordos de Parceria, que no caso português vão determinar as regras de funcionamento do Portugal 2030, adianta o Eco.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Rolando é reforço do Sporting de Braga

Sem clube desde que deixou o Marselha no verão, Rolando é o novo reforço do Sporting de Braga. O defesa de 34 anos deverá ser apresentado pelo clube minhoto ainda hoje. Dado ao facto de estar …

Quinta do Lazareto rende 13 milhões à Sonangol

A alienação da Quinta do Lazareto, um dos ativos imobiliários que a Sonangol pôs à venda em Portugal, rendeu à petrolífera angolana 13 milhões de euros, 45% acima da expetativa inicial, segundo uma administradora da …

Professores exigem negociações sobre progressão da carreira e ameaçam avançar para tribunal

Cerca de 50 professores concentraram-se esta quinta-feira em Bragança, onde decorre o primeiro Conselho de Ministros descentralizado, para exigir a abertura das negociações com a tutela, avisando que, se o Governo não o fizer, a …

Governo dá mais dias de férias a funcionários que se mudem para o interior

O Governo aprova esta quinta-feira em Conselho de Ministros um regime de incentivos para os funcionários da Administração Pública que decidam ir trabalhar para o interior, com ajudas de custo ou compensações financeiras e mais …

Autarquias têm mais um ano para preparar descentralização

O Governo decidiu dar mais tempo às autarquias para estas se prepararem para a descentralização. O prazo passa para o primeiro trimestre de 2022. Segundo avançou o Jornal de Notícias, citado pelo ECO, após críticas aos …

Sá Fernandes ponderou sair do Livre (e apoia eventual candidatura de Ana Gomes a Belém)

Na sua primeira grande entrevista após o caso Joacine, Ricardo Sá Fernandes, dirigente do Livre, revelou ao Observador que ponderou sair do partido e admitiu apoiar uma possível candidatura da ex-eurodeputada socialista Ana Gomes às …

Medina diz desconhecer caso do alegado falso engenheiro

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, disse esta quarta-feira que não ter informação sobre o alegado falso engenheiro da empresa Tanagra, com quem a autarquia celebrou vários contratos para obras públicas. A TVI noticiou …

Parlamento debate fim das comissões bancárias no MB Way e nas prestações da casa

O Parlamento debate esta quinta-feira projetos do BE, do PCP, do PS, do PAN e do PSD sobre limitação e proibição de comissões bancárias, tendo os bloquistas, que agendaram esta discussão, expectativa de que os …

Castração química. Bloco de Esquerda é contra veto a projeto de lei do Chega (e explica porquê)

A Comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias considerou que o projeto de lei do Chega "não preenche os requisitos do ponto de vista constitucional". O Bloco de Esquerda votou contra e explicou …

Estado pode deixar de ganhar dinheiro com empréstimo ao Novo Banco

Atualmente, o Fundo de Resolução paga juros de 2% e 1,38% pelos empréstimos contraídos junto do Estado para financiar as medidas de resolução do BES e do Banif, respetivamente. Porém, esse valor pode descer para …