Eleições 2026: Gouveia e Melo e Costa são os candidatos favoritos

5

Rodrigo Antunes / Lusa

O primeiro ministro, António Costa, com o chefe da Armada, Henrique de Gouveia e Melo.

Sondagem mostra que Gouveia e Melo e António Costa são os candidatos favoritos para as próximas eleições presidenciais. 

De acordo com uma sondagem da Intercampus, Gouveia e Melo e António Costa são os favoritos das próximas presidenciais em 2026. Já Paulo Portas só conseguiria vencer contra Marques Mendes.

O almirante Henrique Gouveia e Melo, atual chefe da Armada, seria o favorito das próximas presidenciais, segundo a sondagem citada pelo Jornal de Negócios.

Supondo o cenários com outros seis candidatos, o atual chefe da Armada conseguiria 31,7% dos votos na primeira volta das presidenciais.

Paulo Portas, o ex-líder do CDS, ocuparia o segundo lugar, com 10,9% intenções de voto. Seguir-se-ia Luís Marques Mendes, ex-presidente social-democrata, com 10,4%.

Mariana Mortágua, do Bloco de Esquerda, ficaria em quarto lugar, empatada com o atual presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva — 7,8%.

Já André Ventura, líder do Chega, não passaria dos 6,1%. João Ferreira, do PCP, ficar-se-ia pelos 3%. O número de indecisos, neste caso, seria 22,3%.

O almirante que liderou a task force de vacinação contra a convid-19, em entrevista ao Observador, não fechou a porta (novamente) à candidatura a Belém.

Logo se vê“, sublinhou Gouveia e Melo, indicando, no entanto, que preferia estar focado “na sua missão”. O chefe da Armada realçou ainda que gostava que não lhe fizessem essa perguntas “300 vezes”.

Sem Gouveia e Melo na equação, os dois candidatos de direita ficariam praticamente empatados. Paulo Portas teria uma ligeira vantagem (18,3%) face a Marques Mendes (17,4%). O número de indecisos era mais alto — 35%.

Ao trocar Paulo Portas pelo antigo primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, este conseguiria 23,1% dos votos, vencendo Marques Mendes por seis pontos percentuais. O valor de indecisos permaneceria significativo — 27%.

A sondagem traçou ainda outro cenário, com António Costa na corrida a Belém, em vez de Augusto Santos Silva. Nesse caso, o atual primeiro-ministro venceria, com 31,1%, seguido de Marques Mendes, com 16,2%. Os indecisos estariam nos 27%.

A sondagem foi elaborada pela Intercampus e contou com 605 entrevistas, tendo sido realizada entre 6 e 11 de julho de 2022.

  ZAP //

5 Comments

  1. Oh, meu Deus, o Costa para presidente? AH, AH, AH, deixem-me rir, primeiro.
    O Gouveia e Melo…? Ai, o Zé Povo… onde está o vosso juízo…!!!??!

  2. Nenhum deles se encontra apto para exercer tal função. A fama subiu à cabeça de um…
    A “sorte” do outro, veio com a pandemia e a guerra, etc…
    Não são competentes. E, naturalmente, não fariam um bom trabalho nesta área.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.