//

Egípcio detido por tomar pequeno almoço com mulher na Arábia Saudita

12

Um homem egípcio foi preso e acusado de desrespeitar as leis do reino e de estar a exercer uma função reservada a sauditas depois de ter sido partilhado um vídeo que o mostra a tomar o pequeno almoço com uma mulher saudita.

Um homem egípcio foi detido na Arábia Saudita depois de ter sido partilhado um vídeo nas redes sociais que o mostra a tomar o pequeno almoço com uma mulher saudita, sua colega de trabalho.

Na Arábia Saudita as mulheres não podem fazer refeições com um homem que não pertença à sua família. Restaurantes, cafés e pastelarias dividem as salas entre homens solteiros e famílias, sendo que uma mulher sozinha raramente pode sentar-se num destes espaços, explica o Expresso.

Desta forma, o indivíduo acabou por ser detido por representantes do Ministério do Trabalho e do Desenvolvimento Social num hotel em Meca, alegadamente o seu local de trabalho. O egípcio está agora acusado de “cometer várias violações da lei e de exercer uma profissão reservada a sauditas“, adianta a Reuters.

As redes sociais dividiram-se, especialmente no Twitter. Se uns brincaram com a situação, sublinhando a “enorme gravidade” de fazer uma refeição com um colega de trabalho, outros criticaram os “erros frágeis” dos homens sauditas que não conseguem aguentar o facto de uma mulher estar ao lado de outro homem.

Ainda assim, há também quem defenda a decisão das autoridades do país, referindo que uma mulher saudita que trabalha ao lado de um homem estrangeiro é uma clara violação dos valores e das tradições do reino.

Nos últimos tempos, a Arábia Saudita fez alguns progressos, nomeadamente o facto de ter passado a permitir que as mulheres conduzissem, frequentassem o cinema e os estádios de futebol. No entanto, este país continua a ser um dos mais restritivos no que diz respeito aos direitos da mulher.

As mulheres continuam a não poder abrir uma conta bancária, por exemplo, e o divórcio só é consentido a uma mulher com a permissão do marido.

  ZAP //

12 Comments

  1. As desgraçadas são obrigadas a andar de cara tapada e ainda por cima proibidas de socializar, como é que os sauditas acabam por arranjar tantos filhos? Será por via telefónica?.

  2. puxa la se tem que comprir com as regras deles, nos outros países respeitar os costumos e as regras nem pensar.. que gente tão idiotas

  3. Os direitos humanos no seu melhor.
    A dignidade feminina no seu melhor…
    Se estes artistas não vivessem em cima do petróleo do mundo ninguém já ligaria a estes trogloditas…
    Obrigado senhor que me fizeste europeu…

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.