Economista previu incêndios na Austrália há uma década

David Mariuz / EPA

Um estudo ambiental elaborado pelo economista Ross Garnaut foi capaz de prever, há mais de dez anos, os incêndios que iriam assolar a Austrália no início de 2020, bem como os impactos que estes teriam na economia do país.

O relatório, datado de 2008, foi agora recuperado pelos meios de comunicação australianos. Tal como escreve o semanário Expresso, o estudo ambiental de Garnaut tentou antever os impactos que estes meses de incêndios teriam na economia australiana.

O documento alertava que as condições climáticas iria provocar “o início mais precoce da época de fogos, um fim mais tardio da mesma e uma intensidade maior dos incêndios” na Austrália, principalmente a sudeste do país.

Na prática, Garnaut vaticinou que, caso a Austrália não tomasse medidas adequadas, enfrentaria uma temporada de incêndios mais frequente e intensa até 2020. “Este efeito aumenta com o tempo, mas deve ser diretamente observável até 2020”.

Além do alerta, Garnaut deixava ainda alguns conselhos para minimizar o problema. “O risco pode ser substancialmente reduzido através de ações fortes, eficazes e precoces de todas as principais economias do mundo”, escreveu o economista.

“A Austrália precisará desempenhar a sua parte proporcional na ação global. Como um dos países mais desenvolvidos, sua parte total será relativamente grande e envolverá grandes mudanças iniciais na estrutura económica estabelecida”.

Em declarações à SBS News, Garnaut mostrou-se frustrado por não ter conseguido passar a mensagem do seu relatório. “Sinto-me triste porque foi ineficaz. Tendo-me sido dada a oportunidade de conversar com os australianos sobre esse assunto, fui incapaz de os convencer de que era do nosso interesse nacional desempenhar um papel no esforço global para mitigar a efeitos das mudanças climáticas “, afirmou.

Já à ABC, o economista recusou-se a culpar os responsáveis pelas decisões políticas, mas recordou o papel da Ciência. “Se ignoramos a Ciência ao construir uma ponte, a ponte cai (…) Se ignoramos a Ciência ao construir um avião, o avião cai”.

Segundo estimativas do Conselho de Seguradoras da Austrália (ICA), os danos causados ​​pelos incêndios na Austrália ascendem aos 700 milhões de dólares australianos (432 milhões de euros). O valor deverá subir.

Desde setembro, altura em que os primeiros fogos deflagraram, já morreram pelo menos 26 pessoas e mais de duas mil habitações estão inabitáveis.

  ZAP //

 

 

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Os desgovernos a nível mundial (não só na Australia) não respeitam os povos, não querem saber, logo que os fogos não lhes chegue ao C- deles… O egoísmo (o EU) de certos ditos humanos é gritante. Povos deem um CHEGA a estes politicos de M—-. Cobram-nos impostos até á nos deixarem sufocados. Estes impostos vão p/ quem? Para quem trabalha é que não é. É tão somente para eles.
    Lamento profundamente os que Australia está a passar é um INFERNO, mas até os donativos quer em dinheiro quer em generes no fim pouco vai chegar a quem precisa, a grande parte fica nas mãos destes politicos e afins. São uns escroques, não tem outra qualificação. Se estás mal c/ esta gentalha ainda ficas pior. ACORDEM não se deixem dominar por esta gentalha.

  2. E eu sem nunca ter entrado sequer dentro de uma universidade, prevejo que daqui por 10 anos a situação será pior ainda quer na Austrália quer no resto do mundo e não apenas no que toca a incêndios.

  3. que pena não mencionar as leis que foram aprovadas para desviar rios e riachos para albufeiras privadas ou ainda as leis aprovadas a pedido dos green terrorists, os tontinhos do aquecimento global, que proibiram o que sempre se fez na Austrália durante os invernos que eram as queimadas controladas para evitar males maiores de verão.

RESPONDER

Pela primeira vez, um drone transportou os pulmões de um dador em segurança. Voo demorou seis minutos

Pela primeira vez na história da medicina, um drone aéreo transportou os pulmões de um dador com rapidez e segurança entre dois hospitais. O voo, que durou apenas seis minutos, ocorreu no passado dia 25 de …

Grupo de hackers clonou a voz de empresário para roubar 35 milhões de dólares do banco

Um grupo de hackers clonou a voz do diretor de uma empresa, conseguindo assim roubar mais de 35 milhões de dólares de um banco nos Emirados Árabes Unidos. No início do ano passado, o gerente de …

Portugueses comem duas vezes mais do que o recomendando

Os portugueses consumiram, em média, duas vezes mais calorias do que o recomendando para um adulto entre 2016 e 2020, ano em que a pandemia provocou uma redução do consumo de alimentos diário, mas ainda …

Aos 95 anos, a rainha Isabel II terá de abdicar da sua bebida favorita

A monarca foi aconselhada pelos médicos a abdicar do seu habitual martini de fim de dia, em antecipação a uma fase de agenda especialmente preenchida. Com 95 anos, a rainha Isabel II tem tido uma semana …

Médicos vão avaliar estado mental do atacante da Noruega

A investigação ao ataque com arco e flecha que na quarta-feira fez cinco mortos na Noruega reforçou, até agora, a tese de um ato devido a doença, anunciou hoje a polícia norueguesa. “A hipótese que foi …

Há mais de 100 anos, o Hawai teve uma monarquia - mas a força da princesa Ka'iulani não chegou para a preservar

Antes de morrer, com apenas 23 anos, a princesa Victoria Ka'iulani foi a última herdeira da coroa havaiana. A jovem era uma das últimas esperanças em manter a monarquia viva, mas nem a sua determinação …

Preço da luz no mercado regulado deverá subir 0,2% em 2022

O preço da eletricidade para os consumidores do mercado regulado deverá subir 0,2% no próximo ano face à média do ano em curso, segundo a proposta da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) hoje anunciada. “Para …

Governo recua e anuncia redução de imposto sobre combustíveis. Gasolina desce dois cêntimos e gasóleo um

Com a subida abrupta do preço dos combustíveis, o Governo anunciou esta sexta-feira à tarde que irá reduzir o ISP. Na prática, ao consumidor isto significa que o preço da gasolina vai baixar dois cêntimos …

Bolsonaro admite que chora sozinho na casa de banho

Num encontro organizado pela igreja evangélica Comunidade das Nações, em Brasília, na quinta-feira, o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, admitiu que costuma chorar na casa de banho. “Quantas vezes eu choro na casa de banho, em …

Jogadores em greve no Brasil, presidente no Estádio da Luz

Crise financeira grave no Cruzeiro, jogadores não apareceram para treinar e o presidente estava em Portugal. O plantel do Cruzeiro não apareceu no treino marcado para a tarde desta quinta-feira. Na véspera, os jogadores já tinham …