Economia cresceu 1,1%, desemprego subiu para 13,4%

Mark Nye / Flickr

-

Os dados sobre o terceiro trimestre do ano revelam que o PIB português registou uma variação homóloga de 1,1%, mas a taxa de desemprego voltou a aumentar em outubro para 13,4%, depois de sete meses consecutivos de queda.

O Eurostat divulgou hoje que a taxa de desemprego estimada para outubro foi de 13,4% da população ativa, mais 0,1 pontos percentuais do que em setembro. Este cálculo já tinha sido divulgado quinta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) que justificou “exclusivamente com o acréscimo da população desempregada”, já que a população empregada permaneceu estável.

O aumento da taxa de desemprego na variação em cadeia, em Portugal, acontece depois de esta taxa ter estado a cair consecutivamente desde março deste ano.

No entanto, também hoje o INE divulgou as contas nacionais trimestrais relativas ao terceiro trimestre deste ano, que apontam que o Produto Interno Bruto (PIB) registou uma variação homóloga de 1,1%, o que compara com um aumento de 0,9% verificado no trimestre anterior.

Esta evolução deveu-se à procura interna, cujo contributo passou dos 1,7 pontos percentuais no segundo trimestre para os 1,9 pontos no terceiro trimestre, “devido sobretudo ao crescimento mais intenso do consumo privado”.

Já a procura externa líquida registou um contributo negativo de 0,9 pontos percentuais entre julho e setembro, depois de este contributo ter sido de 0,8 pontos no trimestre anterior.

No terceiro trimestre, assistiu-se a um “abrandamento do investimento“, que cresceu 1,5% em termos homólogos depois de, no segundo trimestre, ter tido uma variação homóloga de 3,7%.

As exportações de bens e serviços passaram de um crescimento homólogo de 2% no segundo trimestre para os 2,9% no terceiro trimestre, ao passo que as importações de bens e serviços aumentaram 5% face ao mesmo período de 2013, depois de terem registado um crescimento homólogo de 2% no segundo trimestre.

Desemprego estável na UE

Já em termos homólogos, face ao mesmo mês do ano passado, houve uma queda de 2,2 pontos percentuais da taxa de desemprego de Portugal, que passou de 15,6% em outubro de 2013 para 13,4% este ano, o que segundo o gabinete de informação estatística da União Europeia representa a segunda maior queda entre os Estados-membros.

O maior recuo no desemprego pertence à Hungria, com a taxa a descer de 10,0% para 7,3%, mas é de notar que estes dados fazem a comparação entre setembro de 2013 e o mesmo mês de 2014, os últimos dados disponíveis para aquele país.

Em termos globais, na zona euro, a taxa de desemprego – corrigida das variações sazonais – ficou estável em 11,5% em outubro face a setembro, tendo descido face aos 11,9% de outubro do ano passado.

Também na União Europeia, a taxa de desemprego se manteve estável em outubro, nos 10%, na variação em cadeia, e desceu face aos 10,7% de outubro de 2013.

Ainda segundo os dados hoje divulgados, entre as maiores quedas na taxa de desemprego estão Espanha (26% para 24%), Bulgária (13% para 11,1%) e Grécia (27,8% para 25,9%, neste caso entre agosto de 2013 e agosto de 2014).

Em sentido contrário, os maiores aumentos registaram-se em Itália (de 12,3% para 13,2%) e na Finlândia (8,3% para 8,9%).

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Descoberto âmbar com 40 milhões de anos com duas moscas a acasalar

Há 40 milhões de anos, no supercontinente Gonduana, duas moscas que se encontravam a acasalar viram-se, inesperadamente, numa situação complicada. De alguma forma, este par de moscas de pernas longas (Dolichopodidae) ficou preso na seiva pegajosa …

40 marinheiros do porta-aviões Charles de Gaulle com sintomas de covid-19

Quarenta marinheiros do porta-aviões francês Charles de Gaulle apresentaram recentemente "sintomas compatíveis" com os da infeção pelo novo coronavírus e estão sob "observação médica reforçada", anunciou o Ministério da Defesa. "A partir de hoje, uma equipa …

Medidas para as prisões, apoios às empresas, suspensão de tarifas. Parlamento discute mais de 100 iniciativas

Medidas excecionais para prisões e banca, mais apoios às empresas ou à cultura ou a suspensão de propinas e das tarifas de gás e luz são alguns dos temas que vão passar esta quarta-feira pelo …

Trump tem "interesse financeiro" em farmacêutica que produz hidroxicloroquina (a sua "cura" para a Covid-19)

Donald Trump falou da hidroxicloroquina como uma potencial "cura milagrosa" para a Covid-19, apesar das recomendações contrárias de especialistas e da falta de estudos científicos válidos que confirmem os benefícios da substância. O The New …

Restos de bombas atómicas revelam longa vida dos tubarões-baleia

Cientistas estão a determinar a esperança de vida do maior peixe dos oceanos com a ajuda de testes de bombas atómicas realizados durante a Guerra Fria, entre os anos 50 e 60. Em perigo de extinção, …

Telescópio russo apanha o despertar de um buraco negro

O telescópio russo ART-XC do observatório espacial Spektr-RG detetou uma fonte brilhante de raios-X no centro da Via Láctea, que acabou por revelar ser o "despertar" do buraco negro 4U 1755-338. A descoberta ocorreu no passado …

O cometa interestelar 2I/Borisov partiu-se em dois

O cometa interestelar 2I/Borisov, o primeiro do seu tipo a ser descoberto em agosto do ano passado, começou a dividir-se em duas partes na semana passada. As imagens contínuas do telescópio espacial Hubble do objeto interestelar …

Estudo estima 471 mortes em Portugal até agosto (e que o pico foi atingido a 3 de abril)

De acordo com as estimativas do estudo, cerca de 151.680 pessoas vão morrer na Europa durante a "primeira vaga" da doença. Um estudo divulgado esta terça-feira nos Estados Unidos estima que a covid-19 venha a provocar …

Mais de metade da população mundial está fechada em casa

Mais de metade da população mundial (52%) está atualmente confinada nas suas casas por ordem das autoridades para combater a propagação da doença covid-19. Segundo um balanço feito pela agência France Fresse (AFP), mais de quatro …

Documentário da Netflix reacende debate sobre os milhares de tigres em cativeiro nos Estados Unidos

A minissérie documental da Netflix "Tiger King: Morte, Caos e Loucura" veio reacender o debate sobre os grandes felinos que estão em cativeiro, frisando que há cerca de 10.000 espécimes nestas condições nos Estados Unidos. …