Ébola: centro de tratamento em Conacri curou dois terços dos doentes infetados

EU Humanitarian Aid and Civil Protection / Flickr

-

O centro de tratamento de Ébola em Conacri conseguiu curar cerca de dois terços dos doentes infetados com o vírus que ali chegaram nas últimas seis semanas, disse à agência Lusa o chefe de missão dos Médicos Sem Fronteiras (MSF) na Guiné-Conacri.

“Neste centro, desde 27 de maio, 21 pacientes de um total de 31 saíram curados”, referiu Jerôme Mouton, que pede a quem fique doente que se dirija aos centros o quanto antes porque quanto mais cedo for diagnosticado um caso de Ébola, mais hipóteses há de sobreviver e de evitar o contágio.

A taxa de cura alcançada “é uma conquista” e constituiu “alguma surpresa”, porque a estirpe Zaire do vírus, que está a causar o surto, “é a pior: pode matar até 90% das pessoas afetadas”, realçou.

“Não há tratamento para o Ébola, mas é como outras doenças. O corpo luta contra ela e pode ganhar essa luta com um pouco de ajuda“, acrescentou o responsável dos MSF.

A receita passa por “tratar os sintomas e prevenir que outras infeções surjam“, tais como Malária, endémica na região, entre outras doenças.

Com essa proteção acrescida dada ao doente isolado, “mantendo-o hidratado e alimentado” para enfrentar a severidade da febre, vómitos e diarreias, “o sistema imunitário tem capacidade para vencer a luta contra o vírus e a pessoa ficar curada”.

Ao mesmo tempo que se trata quem já está infetado, acompanha-se o estado de saúde de todas as pessoas com quem o doente contactou para ser feito um isolamento precoce “no caso de alguém desenvolver os sintomas” de Ébola.

“Foi isso que foi feito aqui na Guiné-Conacri com algum sucesso” e que Jerôme Mouton acredita ser a razão pela qual “a situação está muito melhor que em países vizinhos“.

“Sabemos o que fazer”

As possibilidades de sobrevivência são confirmadas por Nyka Alexander, porta-voz do centro de coordenação da Organização Mundial de Saúde para o combate ao Ébola na sub-região (Guiné-Conacri, Serra Leoa e Libéria).

O que sabemos é que se alguém tiver Ébola e não for tratado, nove em cada 10 morrem. Mas se for para os centros, dois em cada três vão viver“, destacou à agência Lusa na sede da OMS em Conacri.

Um cenário que a leva a realçar a necessidade de “espalhar a mensagem junto das comunidades: vizinhos a dizer a vizinhos que se alguém se sentir mal deve ir a um centro de tratamento e assim as chances de sobreviver e proteger amigos e família são altas”.

Nas ruas de Conacri e noutras regiões do país onde também já foi detetado Ébola, a vida decorre com normalidade, em contraste com o elevado grau de preocupação no resto do mundo.

Jerôme Mouton considera que a população tem razão em não entrar em pânico.

“Para apanhar esta infeção é preciso estar em contacto direto com alguém que está infetado e sintomático. Pessoas assim não costumam andar pelas ruas. Estão na cama com febre alta e grande fraqueza e mesmo que circulem não trocam fluídos corporais com toda a gente, todo o dia”, explicou.

No resto do mundo “há preocupação, porque é uma doença assustadora, mas é preciso explicar que não é nova e sabemos o que fazer“, acrescentou Nyka Alexander.

“Temos que cortar as cadeias de transmissão nestes países para ficarmos aliviados e não haver tanta preocupação” no resto do mundo, concluiu.

Familiares e equipas de saúde que tratam pessoas infetadas têm sido as principais vítimas da doença, a par de quem trata dos corpos dos mortos.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Afinal, a economia portuguesa cresceu 2,2% em 2019 (mas está em desaceleração)

O Instituto Nacional de Estatística (INE) reviu em alta, de 0,2 pontos percentuais, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) português em 2019, situando-o em 2,2%, três décimas acima das previsões do Governo. Ainda assim, …

Deputado do PSD propõe referendo. "Concorda com a despenalização da prática da eutanásia?"

O deputado do PSD Pedro Rodrigues enviou na quarta-feira aos companheiros de bancada um projeto de resolução que propõe ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a convocação de um referendo sobre a eutanásia. De …

Alguém apostou no Placard num café fechado. Santa Casa perdeu dois milhões de euros

Durante quatro dias, a Santa Casa da Misericórdia registou o valor de dois milhões de euros em apostas, a partir de um café encerrado em Odivelas. Entre 9 e 12 de fevereiro, alguém apostou dois milhões …

Bairro da Jamaica. Novas suspeitas reabrem queixa contra agentes

Os moradores envolvidos nos confrontos de janeiro de 2019, no Bairro da Jamaica, pedem a reabertura do processo contra os agente da PSP. A defesa quer ver anulada a decisão do Ministério Público que acusou …

"Cuidados de morte." Governo acusado de cortar em cuidados paliativos para poupar dinheiro

A Associação Nacional dos Cuidados Continuados (ANCC) acusa o Governo de estar a cortar nos cuidados paliativos para poupar dinheiro. A TSF avança esta sexta-feira que a Associação Nacional dos Cuidados Continuados (ANCC) não tem dúvidas …

Novo Banco contrata detetives para seguir ex-líder da Ongoing

O Novo Banco contratou equipas especializadas compostas por investigadores privados para fazer o levantamento de todos os bens que possam ser associados a Nuno Vasconcellos, ex-líder da Ongoing. Segundo avança o Correio da Manhã esta sexta-feira, …

Eurobic nega que Teixeira dos Santos esteja a ser investigado pelo Banco de Portugal

Na quinta-feira, o jornal Público deu conta de uma investigação do Banco de Portugal (BdP) ao papel de Teixeira dos Santos no Eurobic no âmbito do caso Luanda Leaks. Agora, o banco vem a público …

Com Ferro Rodrigues "não acontecerá." Castração química não será debatida no Parlamento

Admitindo que as responsabilidades pela decisão de não admissibilidade do projeto de lei do Chega eram suas, Ferro Rodrigues deixou claro que, consigo na presidência da Assembleia da República, projetos de lei (provavelmente) inconstitucionais como …

Eleições para o Tribunal Constitucional suspensas. Boletins de voto estavam ilegais

A votação dos nomes para ocuparem as duas vagas no Tribunal Constitucional foi suspensa porque os boletins de votos que foram entregues aos deputados não estavam conforme manda a lei. De acordo com o jornal ECO, …

Chega já é a 5.ª força política em Portugal. CDS ultrapassado pelo PAN e Iniciativa Liberal

O PS mantém a distância para o PSD em fevereiro, segundo o Barómetro Político da Aximage para o Jornal Económico, que dá ainda conta que o CDS está em queda, posicionando-se apenas à frente do …