E se, afinal, o nosso universo for uma simulação?

Pablo Carlos Budassi / Wikimedia

Conceito artístico do aspecto de todo o Universo conhecido / observável numa única imagem radial logarítmica, por Pablo Carlos Budassi

O universo onde vivemos pode não passar de uma mera simulação. A ideia pode parecer puramente metafísica ou filosófica, mas há várias teorias científicas sobre a possibilidade de o universo ser um grande holograma cósmico e muitos cientistas a debater o assunto.

O tema esteve no centro de uma discussão pública no Museu de História Natural de Nova Iorque, nos EUA, esta semana, com os especialistas do painel a dividirem-se quanto às probabilidades de o universo poder ser uma mera simulação.

Para o cosmólogo Max Tegmark, do Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT), nos EUA, há 17% de hipóteses de o nosso universo poder ser de facto, simulado. Uma ideia que defendeu no debate contra a posição da física teórica Lisa Randall, da Universidade de Harvard, que é adepta de que o nosso mundo é real.

Nesta discussão participaram ainda o astrofísico Neil DeGrasse Tyson, do Panetário Hyden, o professor de filosofia David Chalmers, da Universidade de Nova Iorque, e os físicos teóricos Zohreh Davoudi, do MIT, e James Gates, da Universidade de Maryland.

A ideia de um universo holográfico foi proposta pela primeira vez nos anos 90 pelo físico Leonard Susskind. Desde então, vários outros físicos e astrofísicos têm-se dedicado ao assunto, com investigações teóricas e experimentais.

O princípio holográfico determina que, em termos matemáticos, o universo requer apenas duas dimensões e que só parece tridimensional porque actua como um gigante holograma. É o mesmo que dizer que tudo o que vemos é a imagem de dois processos dimensionais, sobrepostos num grande horizonte cósmico.

Isto significaria que “tudo o que vemos não é mais do que uma projecção holográfica de processos a terem lugar numa qualquer superfície distante que nos rodeia”, conforme explica o físico Brian Greene, da Universidade de Columbia, nos EUA, num artigo na edição de Junho de 2011 da revista Discover.

“Pode beliscar-se e o que sentir será real, mas reflecte um processo paralelo a ter lugar numa realidade diferente e distante”, escreve ainda Brian Greene.

Um grupo de cientistas do Laboratório de Física de Altas Energias Fermilab, no Illinois, nos EUA, chegou a levar a cabo investigações que visavam confirmar esta teoria do universo como um grande holograma. Eles recorreram a um dispositivo óptico denominado como interferómetro, com o intuito de detectar o que chamaram de “ruído holográfico”.

No entanto, após vários anos de investigação, não encontraram nada que comprovasse esta ideia.

Por outro lado, uma equipa de físicos da Universidade de Tecnologia de Viena, na Áustria, encontrou indícios de que o princípio holográfico pode mesmo ser verdade. Os resultados desta investigação foram divulgados, em Março de 2015, na Physical Review Letters.

Seja qual for a verdade, “não vamos obter provas de que estamos numa simulação, já que qualquer prova poderia ser simulada”, conforme evidenciou, filosoficamente, David Chalmers no debate no Museu de História Natural de Nova Iorque.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting 3-1 Gil Vicente | “Pote” de ouro na recta final

Sofrimento e alívio. O Sporting esteve a perder em casa por 1-0 com o Gil Vicente até aos 82 minutos, mas deu a volta ao marcador num curto espaço de tempo, acabando por fixar o …

Descoberto na Austrália recife de coral mais alto do que o Empire State Building

Um novo recife "maciço" de 500 metros foi descoberto na Grande Barreira de Corais da Austrália, tornando-o mais alto do que alguns dos arranha-céus mais altos do mundo. Os cientistas encontraram o recife separado - o …

Encontrados restos de ossos e madeira em pregos que terão sido usados na crucificação de Jesus

Um geólogo israelita analisou pregos supostamente associados à crucificação de Jesus Cristo e descobriu que os objetos contêm traços de osso e madeira. Em 1990, durante a escavação em Jerusalém do túmulo de Caifás, o sumo …

Oreo construiu um "Cofre do Apocalipse" para proteger as suas famosas bolachas

Depois do Svalbard Global Seed Vault, que guarda mais de um milhão de amostras de sementes num bunker, e o Arctic World Archive, que preserva os dados do mundo de hoje, a Oreo criou um "Cofre do …

"O Palmeiras sabe quem é o Abel?" - as dúvidas no Brasil, parte II

Abel Ferreira deverá ser confirmado como novo treinador do Palmeiras nesta sexta-feira. No Brasil voltam a surgir questões sobre as contratações de técnicos estrangeiros. Lembra-se de Marco de Vargas, o jornalista da FOX Brasil que não …

Guru de seita de escravas sexuais condenado a 120 anos de prisão

O guru de uma seita de escravas sexuais, conhecida como NXIVM, foi condenado a 120 anos de prisão. Foi considerado culpado de obrigar mulheres a fazer sexo com ele. Keith Raniere, guru da seita de escravas …

Jogadores do Atlético de Madrid "apanhados" a falar sobre João Félix

Saúl e Oblak elogiaram o jovem português, durante o intervalo da receção ao Salzburgo. Tom diferente teve uma conversa entre jogadores do Real Madrid. João Félix voltou às grandes noites nas competições europeias. Depois de já …

Creches "verdes" na Finlândia mudaram o sistema imunitário das crianças

Um pequeno experimento mostra que brincar numa "pequena floresta" durante apenas um mês pode ser o suficiente para mudar o sistema imunitário de uma criança. De acordo com o site Science Alert, várias creches na Finlândia …

Museus holandeses apertam a segurança após assaltos a objetos nazis

Uniformes da SS, armas de fogo e paraquedas estão entre os objetos nazis que estão a ser roubados de museus de guerra holandeses. De acordo com o jornal The Guardian, museus de guerra por todos os …

Beber chá e falar sobre o fim da vida. Nem a pandemia acabou com os Cafés da Morte

Os Cafés da Morte são locais especialmente criados para beber chá, comer bolos e falar sobre o fim da vida. Porém, com a pandemia e a morte a ocupar os pensamentos de todos, será que …