Donald Trump disse que “Hitler fez muitas coisas boas” e chocou o seu chefe de gabinete

Jim Lo Scalzo / EPA

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

Foi numa visita à Europa, para assinalar o 100.º aniversário do fim da I Guerra Mundial, que Donald Trump disse a John Kelly: “Na verdade, Hitler fez muitas coisas boas”.

Quando ainda estava no cargo de Presidente dos Estados Unidos, e durante uma viagem à Europa para assinalar o 100.º aniversário do fim da I Guerra Mundial, em 2018, Donald Trump terá defendido a recuperação económica na Alemanha Nazi nos anos 30 e chocou o seu chefe de gabinete, John Kelly, com as suas afirmações.

As revelações surgem em Frankly, We Did Win This Election, um livro escrito por Michael Bender, jornalista do The Wall Street Journal.

O The Guardian, que já recebeu uma cópia adiantada da obra, revela que Trump terá dito ao seu chefe de gabinete que, “na verdade, Hitler fez muitas coisas boas“. A frase deixou Kelly “chocado”, como o próprio admite no livro.

Segundo o diário britânico, o chefe de gabinete da Casa Branca tentou explicar ao governante quais países estavam de que lado no conflito e “tentou ligar a I Guerra Mundial à II e todas atrocidades de Hitler”.

Donald Trump também foi entrevistado para este livro e nega ter dito tal coisa sobre o ditador que governou a Alemanha entre 1933 e 1945 sob a ideologia nazi.

No entanto, são várias as testemunhas anónimas que contradizem o ex-Presidente norte-americano, que, além de ter proferido esta frase, a defendeu com a recuperação económica na Alemanha nazi nos anos 30, mesmo depois de John Kelly “dizer ao Presidente que estava errado”.

“Kelly reagiu e defendeu que os alemães teriam ficado melhor pobres do que sujeitos ao genocídio nazi”, sublinhando que, mesmo que haja um fundo de verdade quanto à esfera económica, “não se pode dizer nada que apoie Adolf Hitler“.

Kelly saiu da Casa Branca em 2019 e, desde aí, tornou-se um crítico acérrimo do ex-Presidente. O antigo chefe de gabinete disse a amigos que Donald Trump foi “a pessoa com mais falhas” que já conheceu, entre elas a “chocante falta de respeito pela História“, mais concretamente as experiências de “qualquer raça, religião ou crença”.

Ao longo dos anos, Trump fez alguns comentários positivos sobre grupos de extrema-direita e de supremacia branca.

Em 2017, um supremacista branco avançou com um carro sobre uma multidão em protesto em Charlottesville, no estado da Virgínia, vitimando mortalmente uma pessoa e ferindo outras 19.

Na altura, Trump atribuiu culpas iguais aos manifestantes de esquerda e de extrema-esquerda e aos apoiantes da extrema-direita que estiveram no local. “Acho que há culpa dos dois lados”, disse, depois de considerar haver “pessoas boas de ambas as partes”.

No ano passado, num debate no âmbito das eleições presidenciais, Donald Trump recusou-se a condenar explicitamente milícias armadas de extrema-direita, proferindo antes “Proud Boys, afastem-se e aguardem”.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Já ele não conseguiu fazer nada em 4 anos…. Apenas passou o tempo a montar esquemas para se apropriar de fundos públicos, donativos para pagar despesas judiciais pessoais e jogar golf…. Foi um completo ZERO a esquerda para o povo dos USA.

RESPONDER

EUA trocaram "guerra implacável" por "diplomacia implacável" no Afeganistão, diz Biden

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, disse esta terça-feira à Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU) que o país se está a concentrar na "diplomacia implacável" e no encerramento de uma era de …

Presidente de El Salvador autodenomina-se "Ditador de El Salvador"

O Presidente de El Salvador, Nayib Bukele, alterou no domingo a descrição do seu perfil no Twitter para "Ditador de El Salvador", passando depois para "Ditador mais 'cool' do mundo mundial", situação registada após os …

Ordem dos Médicos abre processo disciplinar contra Fernando Nobre

O Conselho Disciplinar Regional do Sul da Ordem dos Médicos abriu um processo contra Fernando Nobre, por causa das suas declarações numa manifestação de negacionistas em frente à Assembleia da República. A Ordem dos Médicos (OM) …

Crise da energia obriga UE a enfrentar dependência do gás natural

Os países europeus estão a tentar proteger os consumidores de energia, numa região onde, desde o início do ano, os preços do gás aumentaram 250%, resultado de uma série de forças económicas, naturais e políticas.  Na …

Companhia de aviação privada oferece voo de 20 mil dólares para reunir uma família separada pela pandemia

A empresa de aviação privada Tradewind Aviation está a comemorar o seu 20.º aniversário de uma forma original: vai dar um voo no valor de 20 mil dólares (cerca de 17 mil euros) para reunir …

Mais de 60 pinguins morrem na África do Sul após ataque de abelhas

Dezenas de pinguins-africanos ameaçados de extinção foram mortos por um enxame de abelhas na África do Sul, na passada sexta-feira. Segundo a CNN, 63 pinguins-africanos, uma espécie ameaçada de extinção, foram encontrados mortos na sexta-feira numa …

Macron e Modi manifestam vontade de "agir em conjunto" após disputa submarina

O Presidente Emmanuel Macron discutiu a cooperação na região Indo-Pacífico com o primeiro-ministro indiano Narendra Modi, esta terça-feira. O Presidente francês, Emmanuel Macron, e o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, conversaram esta terça-feira, em plena crise dos …

Académica treme: salários, último lugar e treinador de saída

Clube de Coimbra, tal como o Boavista, terá de comprovar que tem cumprido no pagamento dos salários. Em campo, mais uma derrota complicou a situação de Rui Borges. Ainda não há muitos anos, a Académica apareceu …

Marcelo discursou na ONU, lembrou Sampaio e mostrou total sintonia com Guterres

Marcelo Rebelo de Sousa lembrou nas Nações Unidas o antigo Presidente da República Jorge Sampaio, que morreu no dia 10 deste mês, aos 81 anos, pela sua atividade no acolhimento de refugiados. O chefe de …

Governo promete que preço da eletricidade não vai aumentar (e anuncia pacote de 430 milhões)

Esta terça-feira, João Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente e Ação Climática, anunciou um pacote de medidas no valor de 430 milhões de euros que visam travar a subida do preço da eletricidade no mercado …