Dolores O’Riordan. Calou-se uma das grandes vozes irlandesas

A morte da cantora Dolores O’Riordan, vocalista da banda irlandesa The Cranberries, cala uma das vozes mais caterísticas das últimas décadas, inconfundível em clássicos como “Zombie”, “Dreams” e “Linger”.

A artista morreu nesta segunda-feira de forma súbita em Londres, onde participava numa sessão de gravação, após ter recentemente superado problemas de saúde que obrigaram a banda a cancelar um tour mundial no ano passado.

Dolores O’Riordan, de 46 anos, parecia ter recuperado a força da sua voz, tal como ela própria explicou em dezembro na página dos Cranberries no Facebook, onde comemorou o primeiro show “em meses”, realizado em Nova York, e comentou que se sentia “genial”.

Nascida na pequena cidade de Ballybricken, Dolores Mary Eileen O’Riordan destacou-se muito cedo pela sua capacidade como cantora para modular as cordas vocais e alternar graves e agudos, num estilo tradicional irlandês que juntou com sucesso ao pop/rock/grunge dos Cranberries.

Também tecladista e guitarrista, foi casada com o empresário musical Don Burton, ligado aos britânicos Duran Duran, mas os dois separaram-se em 2014 após quase 20 anos de casamento, durante o qual tiveram três filhos.

Na sua cidade natal, Dolores conheceu no fim da década de 1980 os outros três músicos com os quais formaria os Cranberries: Feargal Lawler (bateria), Mike Hogan (baixo) e Noel Hogan (guitarra).

Após um começo frustrante, a banda cativou milhões de pessoas nos anos 90, década na qual publicaram seus lendários “Everybody Else Is Doing It, So Why Can’t We?” (1993) e “No Need To Argue” (1994).

Na segunda metade dos anos 90, o sucesso foi decaindo até à chegada do quinto álbum, “Wake Up And Smell The Coffee” (2001). Dois anos mais tarde, deu-se a separação do grupo, cujos membros investiram em carreiras a solo.

Durante este período, Dolores O’Riordan lançou dois álbuns, “Are You Listening?” (2007) e “No Baggage” (2009), mas nunca alcançou a fama dos primeiros trabalhos com os Cranberries. Os quatro reuniram-se mais tarde, em 2010, para um tour pelos Estados Unidos e Europa e, dois anos depois, lançaram o sexto album de estúdio, “Roses“.

theradicallight / Flickr

Dolores O’Riordan, The Cranberries

Após este tour, Dolores O’Riordan processou Noel Hogan, guitarrista e co-autor da maioria das músicas da banda.

Em 2016, a cantora foi notícia pelo disco que gravou ao lado do baixista do The Smiths, Andy Rourke, com uma nova banda chamada D.A.R.K., e pela multa de 6 mil euros que teve que pagar por cuspir e dar uma cabeçada num agente da policia após ser detida por agredir uma hospedeira de bordo num avião.

Após superar as diferenças nos tribunais, os Cranberries reuniram-se novamente para uma turnê que começou na Polônia, em junho de 2016. O ano passado, o grupo lançou o trabalho acústico “Something Else“, no qual revisitaram músicas do início da carreira com a Orquestra de Câmara Irlandesa e incluíram três composições novas.

No início do mês de maio, o grupo foi obrigado a cancelar os espectáculos agendados devido aos problemas de saúde de Dolores. Desde então, pouco se soube sobre a cantora, que tinha voltado ao estúdio, segundo apontou a sua agência ao comunicar a sua morte, sem dar detalhes sobre o projecto em que a artista trabalhava.

Quando a vida é perfeita, torna-se um tédio. É preciso desafiarmo-nos, pois isso dá-nos uma razão para viver”, disse Dolores um dia em entrevista à Agência EFE.

// EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Jovem norueguesa controla 450 perfis no Instagram para tentar evitar suicídios

Uma norueguesa de 22 controla 450 perfis privados no Instagram para tentar evitar suicídios, conta a emissora britânica BBC, revelando ainda que a jovem recebeu já o apelido de "salva-vidas" devido ao trabalho que leva …

Espanha vai tentar exumar 31 corpos que se encontram no Vale dos Caídos

As autoridades espanholas vão tentar exumar 31 dos milhares de corpos de pessoas enterradas no Vale dos Caídos, um grande mausoléu onde esteve enterrado o ditador Francisco Franco até ao mês passado. Segundo a agência Associated …

Holanda reduz velocidade máxima nas autoestradas em prol da qualidade do ar (e deixa o primeiro-ministro "muito infeliz")

O Governo holandês vai baixar os limites de velocidade nas autoestradas do país para travar as emissões de monóxido de nitrogénio, que contribui para a degradação da camada de ozono. O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, anunciou …

Facebook para iOS utiliza câmara do iPhone sem que o utilizador note

Há um erro na aplicação do Facebook para iOS - sistema operativo do iPhone - que liga a câmara do telemóvel sem que o utilizador se aperceba quando este faz scrool no feed de …

Tesla vai abrir a sua primeira fábrica na Europa

O construtor de carros elétricos Tesla vai abrir uma fábrica nos arredores de Berlim, anunciou o presidente executivo da empresa, Elon Musk, na terça-feira à noite ao receber um prémio na capital alemã. “Tenho uma informação …

Continental vai contratar 300 engenheiros para o Porto

A Continental vai instalar no Porto um centro de desenvolvimento de tecnologias que poderá empregar "cerca de 300 engenheiros" e apoiará o desenvolvimento de soluções para veículos elétricos, condução autónoma e cibersegurança, anunciou esta quarta-feira …

Comissão Europeia aprova comercialização da primeira vacina para o Ébola

A Comissão Europeia anunciou no início da semana que concedeu uma autorização para a comercialização da primeira vacina contra o Ébola, designada Ervebo e produzida pela farmacêutica Merck. A vacina estava a ser produzida desde o …

Facebook lança o seu próprio MB Way

O Facebook lançou nos Estados Unidos uma nova funcionalidade para facilitar pagamentos através das quatro principais aplicações do grupo, que é semelhante ao funcionamento das transações com o MB Way. Em comunicado, Deborah Liu, responsável do …

O dilema dos chumbos, o "engano" de Ventura e o "falso liberal". O primeiro debate aqueceu

O primeiro debate quinzenal da legislatura arrancou esta quarta-feira e ficou marcado pelas retenções até ao 9.º ano - Chumba ou não chumba?, quis saber a direita, bem como pelo aumento do salário mínimo nacional …

Sondagem europeia defende tratado internacional que proíba "robôs assassinos"

Quase três em cada quatro pessoas querem que o seu governo colabore com outros países para proibir sistemas letais de armas autónomas. A organização não-governamental Human Rights Watch (HRW) divulgou esta quarta-feira os resultados de uma …