Dois casos levantam suspeita de transmissão do Zika por via sexual

aoisakana / Flickr

O Aedes aegypti pode transmitir três doenças: Zika, dengue e chikungunya

O Aedes aegypti pode transmitir três doenças: Zika, dengue e chikungunya

Enquanto especialistas em saúde global se esforçam para entender como o vírus Zika se espalha e pode levar a problemas congénitos, dois casos sugerem que o vírus pode ser transmitido através de relações sexuais, e não apenas pelo mosquito.

O Zika, que se está a espalhar de forma rápida no continente americano, poderá afinal transmitir-se também por via sexual, com a descoberta de dois novos casos, foi hoje anunciado.

Segundo a directora dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças dos EUA, Anne Schuchat, foi identificado um caso de infecção com o vírus Zika por transmissão sexual e outro em que o vírus foi detectado no sémen de um homem que, duas semanas antes, tinha sido infectado.

“Há um caso relatado de vírus Zika através de possível transmissão sexual”, revelou a directora dos CDC, citada pela AFP.

Na segunda-feira, o The Times revelou que o único caso conhecido de vírus Zika no sémen envolveu um homem do Tahiti de 44 anos de idade, que tinha sido exposto durante um surto de Zika na Polinésia Francesa, em 2013.

“Ou seja, isto poderá dar-nos uma plausibilidade biológica de transmissão”, disse Schuchat, sublinhando que o vírus é transmitido aos seres humanos principalmente por um mosquito infectado.

“A ciência é muito clara até agora: o Zika é principalmente transmitido às pessoas através da picada de um mosquito infectado, pelo que é nisso que estamos a colocar a ênfase neste momento”, acrescentou Anne Schuchat.

edlabordems / Flickr

Anne Schuchat, directora dos Centers for Disease Control (CDC) dos EUA

A Organização Mundial de Saúde alertou hoje que a epidemia do vírus Zika poderá vir a afectar entre três a quatro milhões de pessoas no continente americano.

O vírus Zika é transmitido aos seres humanos pela picada de mosquitos infectados e está associado a complicações neurológicas e malformações em fetos.

O Brasil e a Colômbia são os países onde se registam mais casos de infectados e de suspeitos.

O Brasil registou o seu primeiro foco de Zika o ano passado, e de acordo com o ministério da Saúde tem visto o número de casos de microcefalia subir, de 163 por ano, em média, a mais de 3.718 casos suspeitos.

Em vários casos o Zika vírus foi identificado em fetos e bebés com malformações de nascença, mas as autoridades de saúde dizem que são necessários mais dados para poder confirmar uma relação de causa e efeito entre o Zika e as malformações.

Os investigadores acreditam que se uma mulher grávida for mordida por um mosquito infectado, principalmente no primeiro trimestre, corre um risco maior de ter uma criança com defeitos de nascimento.

A OMS vai determinar na próxima semana se o surto do vírus Zika constitui uma emergência sanitária de alcance internacional.

Em Portugal, de acordo com informações de hoje da Direção-Geral da Saúde, foram notificados seis casos de doença, todos importados da América do Sul.

Nenhum deles ocorreu em grávidas.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Caro Ahahah,
    Obrigado pelo seu reparo.
    No entanto, consideramos que o uso do termo popular “mordida” em vez de “picada” não causa dano ao teor informativo da notícia, pelo que decidimos mantê-lo.

RESPONDER

O palco onde os Beatles atuaram pela primeira vez está à venda

O palco de madeira onde os Beatles atuaram pela primeira vez está à venda. Agora, alguém poderá replicar o primeiro concerto da famosa banda. A 10 de abril, em comemoração dos 50 anos da separação da …

Células estaminais podem ajudar a proteger os astronautas da radiação espacial

Assim que os astronautas deixam a proteção do campo magnético da Terra, ficam automaticamente expostos a níveis elevados de radiação cósmica. A Agência Espacial Europeia (ESA) está cada vez mais focada em investigações para reduzir …

Pandemia pode trazer nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas

A pandemia de Covid-19 pode trazer uma nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas como limpeza de superfícies infetadas ou vigiar pessoas em quarentena, afirmam esta quarta-feira alguns dos principais investigadores internacionais em …

Multimilionários refugiam-se da Covid-19 a bordo de iates

Vários multimilionários têm procurado refugiar-se da pandemia de Covid-19, que nasceu em dezembro passado na China, em alto mar, a bordo de iates de luxo. Em declarações ao jornal The Telegraph, Jonathan Beckett, executivo da …

Este mamífero consegue sobreviver a quase sete mil metros de altura

Cientistas pensam ter confirmado que um pequeno rato descoberto no vulcão Llullaillaco, nos Andes, é o mamífero que consegue viver à maior altitude já conhecida (6739 metros). Segundo o IFLScience, o Phyllotis xanthopygus rupestris foi descoberto, …

O glaciar Denman recuou quase cinco quilómetros nos últimos 22 anos

O glaciar Denman, na Antártica Oriental, recuou cerca de cinco quilómetros nos últimos 22 anos. Investigadores da Universidade da Califórnia, Irvine e do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA estão preocupados coma topografia exclusiva …

Gruta em Setúbal mostra que os Neandertais também eram pescadores

Cientistas encontraram restos de alimentos numa gruta, no distrito de Setúbal, que comprovam que os Neandertais também se alimentavam de espécies marinhas. De acordo com o jornal espanhol ABC, restos encontrados por uma equipa de arqueólogos …

Associação alerta para riscos da mudança da hora em tempos de confinamento

O presidente da Associação Portuguesa de Cronobiologia e Medicina do Sono advertiu hoje que os efeitos potencialmente adversos causados pela mudança da hora podem acentuar-se devido ao confinamento obrigatório das pessoas na sequência da pandemia …

Governo português legaliza estrangeiros ilegais. "A prioridade é a defesa da saúde"

O Governo português decidiu regularizar os estrangeiros com pedidos pendentes no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, medida em vigor desde a declaração do estado de emergência, no dia 19, e que lhes garante os mesmos …

Cirque du Soleil despediu 95% dos trabalhadores e pode ir à falência (mas vai dando shows online)

O Cirque du Soleil pode ser mais uma vítima do coronavírus. A empresa que gere o circo está a analisar a possibilidade de declarar a falência devido a dívidas avultadas e depois de ter despedido …