As pessoas estão a ficar doentes com salada do McDonald’s

Mais de 100 pessoas apresentaram sintomas de contaminação pelo protozoário Cyclospora cayetanensis depois de comerem a salada do McDonald’s, nos Estados Unidos.

Mesmo que seja com a melhor das intenções, pedir uma salada no McDonald’s pode não ser uma boa ideia. Um surto do protozoário Cyclospora cayetanensis, um parasita microscópico, já infetou mais de 100 pessoas desde maio em Iowa e Illinois, nos Estados Unidos, e vários casos estão ligados a saladas da gigante de fast food.

Em Illinois, foram registados cerca de 90 casos desde meados de maio, com um quartos das vítimas a relatar que comeram saladas do McDonald’s pouco antes de adoecerem. Em Iowa acredita-se que, pelo menos, 15 pessoas tenham comido essas saladas antes de desenvolver uma infeção por ciclosporíase, desde o final de junho até ao início de julho.

“As pessoas que comeram estas saladas desde meados de junho e apresentaram sintomas de diarreia e fadiga devem procurar um médico para garantir um diagnóstico preciso e um tratamento adequado”, aconselhou Patricia Quinlisk do Departamento de Saúde Pública de Iowa.

O Cyclospora cayetanensis é um protozoário unicelular que se encontra exclusivamente em humanos. Foi identificada na década de 1970 mas só nos anos 90 é que os médicos perceberam que o Cyclospora podia ser uma fonte de doenças transmitidas através de alimentos.

O Cyclospora cayetanensis oenetra no corpo humano através do consumo de comida ou água contaminada, causando problemas intestinais. Os sintomas podem fazer-se sentir uma semana depois do consumo, sendo os mais comuns diarreia forte, perda de apetite, perda de peso, cólicas, náuseas, gases e fadiga. No entanto, importa salientar que nem todas as pessoas infetadas adoecem.

De acordo com o Gizmodo, este parasita espalha-se através de oocistos (um estágio inicial da vida de alguns parasitas) presentes nas fezes. No entanto, ao contrário de outro tipo de parasitas, estes oocistos precisam de uma semana ou duas no ambiente externo para amadurecer antes de se tornarem infecciosos.

Num comunicado, emitido na passada sexta-feira, a cadeia de fast food disse estar a trabalhar com as autoridades nos estados afetados, adiantando que irá suprimir a venda destas saladas em todos os restaurantes nos quais os casos foram descobertos, pelo menos até encontrarem um novo fornecedor da mistura de alface.

Espera-se que esta mudança afete mais de 3.000 restaurantes em 14 estados norte-americanos. Além de Iowa e Illinois, os restantes estados são Indiana, Ohio, North Dakota, South Dakota, Michigan, Minnesota, Montana, Nebraska, Wisconsin, Wyoming, Kentucky, e West Virginia.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Não que interesse verdadeiramente pois já ninguém quer saber de factos, Cyclospora cayetanensis não é uma bactéria mas sim um parasita. E sim, existe uma diferença.

Responder a Mar Cancelar resposta

Pandemia fez com que quase metade dos portugueses poupe menos

Quase metade dos portugueses (48%) afirma poupar menos devido ao impacto da pandemia, embora mais de um terço assuma que a crise sanitária está a ter um efeito positivo nos seus gastos, segundo um estudo …

"Ministra da Insensibilidade Social". CDS pede a demissão de Ana Mendes Godinho

O CDS criticou este sábado a reação da ministra a Solidariedade Social à morte de 18 idosos num lar em Reguengos de Monsaraz e considerou que Ana Mendes Godinho desvaloriza o impacto da pandemia nos …

Esgotos de dois milhões de portugueses monitorizados para prever segunda vaga de covid-19

Os esgotos de dois milhões de portugueses estão a ser monitorizados para detetar a eventual presença do vírus da covid-19 e prever uma nova vaga. O Jornal de Notícias avança este sábado que a análise está …

Covid-19. Mais 198 infetados e 3 mortes em Portugal

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 198 casos de infeção por covid-19 e três óbitos, de acordo com o boletim epidemiológico publicado pela Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico Direção-Geral da Saúde (DGS) desde …

Média já divulgaram publicidade institucional (mas Estado ainda não lhes pagou)

O Sindicato dos Jornalistas lamentou esta sexta-feira que o Governo não tenha disponibilizado os 15 milhões de euros relativos à compra antecipada de publicidade institucional, vincando que o executivo está em dívida com as empresas …

Autoridades admitem que extrema-direita vá vigiar manifestações antifascistas de domingo

A Frente Unitária Antifascista anunciou que vai organizar no próximo domingo duas manifestações - uma Lisboa (Praça Luís de Camões) e outra no Porto (Avenida dos Aliados). O mote é a luta contra o fascismo. Estas manifestações …

Marcelo não entende por que Portugal continua na "lista negra" do Reino Unido (e leu os relatórios de Reguengos)

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse, em declarações transmitidas pela RTP3, que não entende porque é que Portugal continua na "lista negra" do Reino Unido. Em declarações transmitidas pela RTP3 a partir de …

Estado só recuperou 21% dos créditos tóxicos do BPN

O Estado apenas recuperou 21% dos créditos tóxicos do Banco Português de Negócios, que derivaram da nacionalização da instituição bancária em 2008. Até final de 2019, o Estado só conseguiu recuperar 21% da carteira de créditos …

Novas matrículas "só" vão durar 45 anos (por causa das palavras obscenas)

O novo formato de matrículas entrou em vigor a 2 de março. As novas matrículas vão durar menos tempo do que poderiam porque não serão usadas combinações “que possam formar palavras ou siglas que se …

Novo lay-off conta apenas com 1% das adesões do simplificado

O sucedâneo do lay-off simplificado conta apenas com 1.268 adesões nas primeiras duas semanas. Este valor é apenas 1% do número de empresas que acederam ao primeiro apoio. Nas primeiras duas semanas desde a sua implementação, …