Doentes com covid-19 só recebem baixa a 100% em outubro

Mário Cruz / Lusa

Os doentes que estiveram infetados com covid-19 ou que estiveram em isolamento profilático só vão receber a 100% os respetivos subsídios em outubro.

O Correio da Manhã avança esta quarta-feira que os doentes que estiveram infetados com covid-19 ou que estiveram em isolamento profilático ainda não receberam a totalidade do valor que deviam ter recebido.

O CM adianta que as baixas só serão regularizadas em outubro, uma vez que, apesar de as novas regras que permitem os pagamentos a 100% terem sido decididas em julho, só foram aprovadas em agosto e publicadas em setembro.

Para já, os pagamentos já feitos cingiram-se aos 55% do salário de referência — faltando o remanescente que deverá ser pago em outubro, com retroativos a julho.

Fonte oficial do gabinete do secretário de Estado da Segurança Social, Gabriel Bastos, disse ao matutino que o número de trabalhadores abrangidos e o valor médio dos acertos só serão apurados no momento do reprocessamento.

Esta medida abrange todos os trabalhadores independentes e por conta de outrém e prevê o pagamento a 100% da remuneração de referência nos 28 primeiros dias de doença. No entanto, até aqui, este valor tem sido pago como o de uma baixa convencional, o que significa 55% nos primeiros 30 dias.

Segundo o CM, as estatísticas da Segurança Social relativas aos apoios sociais, divulgadas na terça-feira, não distinguem quantos dos 167 mil subsídios de doenças pagos em agosto se referem à covid-19 ou a isolamento profilático.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Bloco diz que as suas nove propostas foram rejeitadas. Governo aponta avanços em sete

O Bloco considerou, esta sexta-feira, que o Governo recusou as suas nove propostas para chegar a acordo no Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). O Executivo, por sua vez, considera que há avanços negociais em …

Comissão de inquérito ao Novo Banco. PSD frisa "maioria popular", PS queixa-se de "partidarite"

Os partidos apreciaram, esta sexta-feira, o relatório final da comissão de inquérito ao Novo Banco, aprovado em julho, com o PSD a destacar a "maioria popular" nas conclusões e o PS a criticar a "partidarite" …

"Falta de respeito". Patrões abandonam Concertação Social e pedem audiência a Marcelo

As quatro confederações patronais suspenderam, esta sexta-feira, a sua participação nas reuniões da Concertação Social e decidiram solicitar uma audiência ao Presidente da República, perante a "desconsideração do Governo pelos parceiros sociais" na discussão sobre …

Parlamento aprova diplomas para alargar gratuitidade das creches e "direito ao esquecimento"

O Parlamento aprovou, esta sexta-feira, um projeto-lei para o alargamento da gratuitidade das creches e de soluções equiparadas e ainda um diploma que consagra o "direito ao esquecimento". A Assembleia da República aprovou um projeto-lei do …

Costa está muito empenhado num acordo pelo OE, mas não "a qualquer preço"

O primeiro-ministro disse, esta sexta-feira, que o Governo vai fazer tudo ao seu alcance para chegar a um acordo sobre o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022), mas advertiu que "um acordo não se obtém …

Evergrande escapa por um triz ao default e garante o pagamento de juros de 71.7 milhões de euros

A gigante imobiliária chinesa conseguiu cumprir com o pagamento dos juros no limiar do fim da extensão do prazo. No entanto, persistem os receios sobre a possibilidade da crise na China contagiar a economia mundial. A …

Pessoas a andar na rua em Viena, Áustria

Em caso de apagão geral, Áustria é o primeiro país europeu a ter um Plano B(lackout)

E se houvesse um apagão que afetasse todo o continente europeu? O cenário é o argumento que o Ministério da Defesa austríaco tem usado para enviar um aviso à população desde o início deste mês. A …

Só um terço das empresas em Portugal têm gestores com um curso superior

O estudo da Fundação Francisco Manuel dos Santos refere que este valor é negativo para o país já que a formação superior dos gestores está associada à produtividade e há maior probabilidade da empresa começar …

Governo avança com desconto de 10 cêntimos por litro nos combustíveis para as famílias

O Governo vai criar um desconto de dez cêntimos por litro nos combustíveis para todas as famílias, até 50 litros por mês. Uma medida que estará em vigor entre novembro deste ano e março do …

Inês Sousa Real, porta-voz do PAN

PAN já enviou memorando de entendimento ao Governo

O partido Pessoas–Animais–Natureza enviou ao Governo, esta sexta-feira, o memorando de entendimento com cerca de 60 propostas, no âmbito do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). "O PAN fez chegar ao Governo um memorando do qual …