Falta de medicamentos e comida. Documento do Governo prevê caos em Brexit sem acordo

Um Brexit sem acordo poderá revelar-se desastroso para o Reino Unido. A conclusão chega de um documento do Governo britânico, que prevê um caos generalizado caso não se chegue a acordo com a União Europeia.

Muito se tem falado recentemente sobre a possibilidade de um “hard Brexit”, ou seja, a saída do Reino Unido da União Europeia sem um acordo. Contudo, como se também tem especulado, isto pode revelar-se particularmente desastroso para o país. Agora, essa informação é corroborada por um documento oficial do Governo, que prevê sérias consequências.

O documento foi disponibilizado esta quarta-feira, após uma moção aprovada no Parlamento ter exigido a divulgação da operação “Yellowhammer”, que descreve o plano de contingência preparado para um cenário de Brexit sem acordo.

Escassez de alimentos, dificuldades no abastecimento de combustíveis e atrasos no fornecimento de medicamentos são algumas dos problemas que poderão advir de uma saída da União Europeia sem acordo e que são mencionadas no documento. Além disso, segundo realça o Expresso, também são previstas manifestações e contra-manifestações por todo o território britânico, que poderão agravar as tensões junto à fronteira com a Irlanda.

“Quando o Reino Unido deixar de ser um membro da União Europeia (UE), em outubro de 2019, todos os direitos e acordos recíprocos com a UE acabam. O Reino Unido reverte totalmente para um estatuto de país de terceiro mundo“, lê-se no documento.

Este cenário quase apocalíptico, descrito no documento de cinco páginas, poderá ser intensificado ainda mais por um abrandamento do fluxo de mercadorias. Logo no primeiro dia após um “hard Brexit”, poderá ser reduzido para “40% em relação ao volume atual” e as quebras poderão durar seis meses.

Além da escassez de alguns tipos de alimentos, estes também poderão ficar significativamente mais caros. O que também poderá encarecer é a eletricidade, ainda que não estejam previstos cortes no fornecimento.

As maleitas pode ainda alargar-se até ao território ultramarino britânico de Gibraltar, afetando a economia do país com interrupções no fornecimento de mercadorias, alimentos e medicamentos.

No futuro, poderão vir a ser divulgadas mais informações em relação à operação “Yellowhammer”, já que mensagens de WhatsApp e emails que estejam relacionados com o tema também serão analisadas.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Não sou um fã dos “nossos” aliados, pois até a história em comum nos mostra o quanto eles nos traem se acharem que lhes é benéfico.
    Lamento se muitos que não estão de acordo com o Brexit venham a sofrer, e em especial os nossos emigrantes. mas confesso que um pouco de sofrimento a quem optou pela saída até lhes faria bem…penso eu de que…

  2. Uma historia sem fim que não vai dar em nada !.. Um segundo referendo para confirmar a vontade de um Brexit ou a sua revogação é o único passo para por fim a esta situação, para o bem de todos e em particular para a população da U.K !

RESPONDER

Hackers podem facilmente piratear satélites (e transformá-los em armas)

Piratear satélites pode não ser assim tão complicado quanto pensamos. Os hackers podem simplesmente desligá-los ou até mesmo usá-los como armas. No mês passado, a SpaceX tornou-se a operadora da maior constelação de satélites ativos do …

Gelo a cair num buraco faz barulhos estranhos (e parece uma batalha de lasers)

Alguma vez pensou o que se ouve quando deixamos cair gelo num buraco gelado profundo? Já não precisamos de pensar mais - e já podemos ouvir. O vídeo do pedaço de gelo a cair num buraco …

Tribunal recusa exumar corpo. Rosa Grilo conhece sentença a 3 de março

A leitura do acórdão no processo do homicídio do triatleta ficou agendada, esta terça-feira, para o dia 3 de março. De acordo com o Diário de Notícias, a defesa de Rosa Grilo pediu a exumação do …

Revelados documentos que provam a investigação de OVNIs por parte do Pentágono

Documentos recentemente divulgados mostram que o Departamento de Defesa dos Estados Unidos (EUA) financiou estudos sobre Objetos Voadores Não Identificados (OVNI's), contradizendo declarações recentes do Pentágono. Em 2017, o New York Times revelou a existência de …

"Nem sei onde é Alcochete". Pinto da Costa ouvido como testemunha de Bruno de Carvalho

O presidente do FC Porto foi ouvido, esta terça-feira, como uma das testemunhas do ex-dirigente leonino no julgamento da invasão à academia do Sporting, em Alcochete, que está a decorrer no tribunal de Monsanto, em …

A nova obra de Bansky só durou dois dias

A nova obra do artista britânico Banksy, que apareceu na véspera do Dia dos Namorados em Bristol, foi coberta por um grafite cor-de-rosa dois dias depois. A imagem de uma menina a atirar flores vermelhas com uma …

Mais de cem médicos assinam carta a exigir fim da "tortura" de Assange

Mais de cem médicos assinaram uma carta, divulgada esta terça-feira, na qual pedem que o fundador do Wikileaks receba tratamento médico adequado.  Através de uma carta publicada, esta terça-feira, na revista científica The Lancet, mais de uma …

Espiões russos foram à Irlanda investigar cabos submarinos de Internet. Teme-se que os cortem

Esta segunda-feira, o mundo entrou em estado de alerta: agentes secretos da Rússia foram descobertos na Irlanda, numa missão para mapear a localização exata dos cabos submarinos que conectam a Europa à América do Norte. Não …

Telmo Correia eleito líder parlamentar do CDS-PP por unanimidade

O deputado foi eleito, esta terça-feira, presidente do Grupo Parlamentar do CDS-PP, sucedendo a Cecília Meireles, numa votação em que contou com os votos favoráveis dos restantes quatro eleitos centristas. O anúncio foi feito no Parlamento …

Site de genealogia "salva" homem preso há 15 anos por um crime que não cometeu

Ricky Davis é a primeira pessoa a ser libertada com recurso a testes modernos de ADN no estado da Califórnia e o segundo nos Estados Unidos. Ricky Davis tinha 20 anos quando Jane Hylton, de 54 …