Falta de medicamentos e comida. Documento do Governo prevê caos em Brexit sem acordo

Um Brexit sem acordo poderá revelar-se desastroso para o Reino Unido. A conclusão chega de um documento do Governo britânico, que prevê um caos generalizado caso não se chegue a acordo com a União Europeia.

Muito se tem falado recentemente sobre a possibilidade de um “hard Brexit”, ou seja, a saída do Reino Unido da União Europeia sem um acordo. Contudo, como se também tem especulado, isto pode revelar-se particularmente desastroso para o país. Agora, essa informação é corroborada por um documento oficial do Governo, que prevê sérias consequências.

O documento foi disponibilizado esta quarta-feira, após uma moção aprovada no Parlamento ter exigido a divulgação da operação “Yellowhammer”, que descreve o plano de contingência preparado para um cenário de Brexit sem acordo.

Escassez de alimentos, dificuldades no abastecimento de combustíveis e atrasos no fornecimento de medicamentos são algumas dos problemas que poderão advir de uma saída da União Europeia sem acordo e que são mencionadas no documento. Além disso, segundo realça o Expresso, também são previstas manifestações e contra-manifestações por todo o território britânico, que poderão agravar as tensões junto à fronteira com a Irlanda.

“Quando o Reino Unido deixar de ser um membro da União Europeia (UE), em outubro de 2019, todos os direitos e acordos recíprocos com a UE acabam. O Reino Unido reverte totalmente para um estatuto de país de terceiro mundo“, lê-se no documento.

Este cenário quase apocalíptico, descrito no documento de cinco páginas, poderá ser intensificado ainda mais por um abrandamento do fluxo de mercadorias. Logo no primeiro dia após um “hard Brexit”, poderá ser reduzido para “40% em relação ao volume atual” e as quebras poderão durar seis meses.

Além da escassez de alguns tipos de alimentos, estes também poderão ficar significativamente mais caros. O que também poderá encarecer é a eletricidade, ainda que não estejam previstos cortes no fornecimento.

As maleitas pode ainda alargar-se até ao território ultramarino britânico de Gibraltar, afetando a economia do país com interrupções no fornecimento de mercadorias, alimentos e medicamentos.

No futuro, poderão vir a ser divulgadas mais informações em relação à operação “Yellowhammer”, já que mensagens de WhatsApp e emails que estejam relacionados com o tema também serão analisadas.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Não sou um fã dos “nossos” aliados, pois até a história em comum nos mostra o quanto eles nos traem se acharem que lhes é benéfico.
    Lamento se muitos que não estão de acordo com o Brexit venham a sofrer, e em especial os nossos emigrantes. mas confesso que um pouco de sofrimento a quem optou pela saída até lhes faria bem…penso eu de que…

  2. Uma historia sem fim que não vai dar em nada !.. Um segundo referendo para confirmar a vontade de um Brexit ou a sua revogação é o único passo para por fim a esta situação, para o bem de todos e em particular para a população da U.K !

RESPONDER

"Tão lentamente quanto humanamente possível". Site simula como era usar a Internet nos anos 90

Se é jovem e gostaria de experimentar as velocidades lentas da Internet dos anos 90, está com sorte. Um novo site simula a experiência dolorosa à qual já não estamos habituados com as redes atuais. Nos …

Novembro vai ser “muito duro e muito exigente” (e fechar escolas seria uma "grande falta de respeito")

O primeiro-ministro, António Costa, avisou hoje que “convém não criar falsas expectativas”, porque novembro vai ser “muito duro e muito exigente”, sendo maior a probabilidade de, daqui a 15 dias, acrescentar mais concelhos à lista …

O Torsus Praetorian é o autocarro mais radical de sempre (e não permite faltas à escola)

Cheias, árvores caídas ou tempestades. Há muitas razões para faltar à escola ou, neste caso, haviam. É que a Torsus lançou um novo autocarro capaz de enfrentar todos os obstáculos e transportar as crianças até …

Spot, o cão-robô, visitou Chernobyl (e analisou os seus níveis de radiação)

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Bristol visitou a Central Nuclear de Chernobyl na semana passada para testar Spot, um robô de quatro patas feito pela empresa norte-americana Boston Dynamics. O Spot é o robô …

Sangue de porco é mais proteico do que qualquer proteína do mercado (e pode ser consumido em smoothies)

Uma equipa de investigadores do departamento de ciência alimentar da Universidade de Copenhaga desenvolveu um método para extrair proteínas do sangue de porco. O resultado é um pó fino, branco, com sabor neutro e com …

Costa anuncia cinco medidas restritivas para 121 concelhos "de elevado risco" e reforços da capacidade de resposta

Após um Conselho de Ministros extraordinário que durou mais de 8 horas, o primeiro-ministro anunciou este sábado novas "medidas imediatas" de combate à pandemia de covid-19. Concelhos "de elevado risco" estão sujeitos a medidas restritivas, …

Escola na China transformou-se num "edifício andante" para evitar a demolição

Os residentes da cidade chinesa de Xangai que, no início deste mês, passaram pelo distrito de Huangpu podem ter encontrado uma visão incomum: um "edifício andante". De acordo com a cadeia de televisão CNN, uma escola primária …

Joke Boon, a chef holandesa que não tem olfato nem paladar

Joke Boon perdeu o paladar e o olfato quando ainda era criança, mas isso não a impediu de viver da culinária, área na qual estes requisitos são, à partida, essenciais.  "Como seria a minha vida se …

Portugal com mais 39 mortos, mais 4007 casos e recorde de internamentos graves

Portugal registou hoje 39 mortos e mais 4.007 casos de novas infeções pelo novo coronavírus, tendo alcançado um novo recorde de 286 doentes internados nos cuidados intensivos por covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde. Registou-se este …

Leiloada carta de Nobel antissemita a desprezar Einstein e os judeus

Uma carta escrita em 1927 pelo Prémio Nobel Philipp Lenard a um colega a reclamar das conquistas de Einstein e do suposto domínio judaico da ciência foi a leilão no Nate D. Sanders Auctions, em …