Doação de casal chinês a Universidade de Yale desencadeia debate na Internet

DR beijingrelocation.com

Zhang Xin e Pan Shiyi lideram o império imobiliário SOHO China

Zhang Xin e Pan Shiyi lideram o império imobiliário SOHO China

A doação de 10 milhões de dólares (cerca de oito milhões de euros) feita por um casal de milionários chineses à prestigiada universidade norte-americana Yale reavivou o debate entre os internautas chineses que argumentam que o dinheiro seria mais útil se ficasse no país.

Pan Shiyi e a sua mulher Zhang Xin, que lideram o império imobiliário SOHO China, anunciaram na quarta-feira a sua generosa doação à Universidade de Yale.

Não foi a primeira vez: o mesmo casal já tinha doado, em julho, 15 milhões de dólares (12 milhões de euros) à Universidade de Harvard e comprometeu-se a gastar 100 milhões de dólares (79 milhões de euros) para permitir que estudantes chineses desfavorecidos entrem nas mais prestigiadas universidades do mundo.

“O potencial de cada um é como um tesouro escondido que a educação permite revelar: as bolsas SOHO China pretendem oferecer as melhores oportunidades educativas aos estudantes mais promissores da China continental”, explicou Pan Shiyi em comunicado.

O anúncio da doação foi acolhido por um mar de críticas e comentários na Internet, reavivando o debate sobre as oportunidades que estas doações de milionários chineses criam, ao serem dadas a universidades norte-americanas já em boa situação financeira.

“Vão a correr dar o seu dinheiro a estrangeiros, mas quem é que se preocupa com os estudantes chineses pobres nas regiões montanhosas e isoladas?”, referiu um utilizador do microblogue Weibo.

“Será que Pan não quer apenas comprar um bilhete de entrada que permita ao seu filho integrar mais tarde uma universidade de elite no estrangeiro?”, interrogou-se outro internauta, recuperando uma crítica feita por muitos durante o verão.

Outros, no entanto, defenderam o casal. “Os mesmos comentadores patrióticos que acusam Pan de lapidar o dinheiro do povo chinês, não dão nenhum contributo positivo à sociedade”, observou uma pessoa.

Pan Shiyi não é apenas dono de uma das maiores fortunas da China, mas também um ‘blogger’ famoso, com o seu Weibo a atrair mais de 17 milhões de seguidores.

Mais de um quarto dos estudantes estrangeiros nos Estados Unidos é oriundo da China, de acordo com o Instituto Internacional de Educação, uma organização independente.

Apesar de os seus estudos serem maioritariamente suportados pelas famílias, as bolsas SOHO China destinam-se a permitir que os alunos mais desfavorecidos possam também partir para o estrangeiro, e em particular para Yale, “sem terem de suportar o fardo financeiro”, explicou Zhang Xin em comunicado.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Veneno de caracol marinho usado para criar insulina híbrida promissora no tratamento da diabetes

Cientistas criaram uma versão minimalista e híbrida de insulina, a partir da hormona humana e de um caracol marinho, que pode vir a melhorar o tratamento da diabetes, divulgou a universidade norte-americana de Ciências da …

Sequelas da covid-19 em doentes mais graves ainda estão por compreender

O acompanhamento depois da alta para doentes que estiveram internados com covid-19 é um dos grandes desafios do sistema de saúde para compreender que sequelas, por enquanto desconhecidas, a doença poderá deixar. “Só daqui a seis …

Criança nasce com duas bocas nos EUA. É o 35.º caso registado desde 1900

A menina, nascida nos Estados Unidos, foi operada ao seis meses para remover a cavidade oral secundária, que incluía dentes, língua e um lábio. Uma bebé nasceu nos Estados Unidos com duas bocas, devido a uma …

Funcionários do Facebook em "greve virtual" face à recusa de Zuckerberg em agir contra Trump

Os funcionários do Facebook estão insatisfeitos com a decisão do fundador da rede social de manter uma postura neutra perante as recentes publicações do Presidente dos Estados Unidos. De acordo com o jornal The Guardian, os …

Inteligência Artificial recria "verdadeiro" rosto de Napoleão Bonaparte

Recorrendo a uma técnica de Inteligência Artificial, um artista holandês criou um retrato em alta definição do imperador francês Napoleão Bonaparte. O fotógrafo freelancer holandês Bas Uterwijk, cujo pseudónimo é Gandbrood, recorreu a uma rede neuronal …

"Apito" da covid-19. Novo teste deteta novo coronavírus em apenas um minuto

Uma equipa de cientistas da Universidade Ben-Gurion, em Israel, desenvolveu um novo dispositivo que é capaz de detetar a presença do novo coronavírus no organismo humano em apenas um minuto. O novo teste, desenvolvido pelos investigadores …

"We Call it Alentejo". Novo filme promocional destaca as maravilhas alentejanas

A gastronomia e vinhos, as pequenas aldeias, a sustentabilidade e a natureza são atributos do Alentejo evidenciados no mais recente filme promocional do território, lançado pela agência regional de promoção turística para chamar visitantes estrangeiros. Com …

Curandeiro convocou cerca de 100 pessoas para se abraçarem contra a "farsa" da pandemia

Josep Pàmies, um agricultor espanhol defensor das terapias alternativas, convocou cerca de 100 pessoas a abraçarem-se a beijarem-se contra a "farsa" da pandemia. No sábado, cerca de uma centena de pessoas juntaram-se em Balanguer, na província …

Rússia anuncia início de ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19

A Rússia vai começar os ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19 em 50 soldados que se ofereceram para participar nos testes, anunciou esta terça-feira o Ministério da Defesa. "Para verificar a segurança e eficácia …

Montenegro tem uma carta na manga para promover o turismo

Para incentivar o turismo, Montenegro tem a intenção de usar a carta da segurança sanitária para convencer os turistas estrangeiros a visitar o país. No dia 25 de maio, Montenegro declarou-se um "país livre de coronavírus" …