Divulgada a lista de reformas douradas – 332 políticos recebem 8,7 milhões

PSD / Flickr

-

Pela primeira vez, foi divulgada a lista dos políticos que têm direito a subvenções vitalícias do Estado. São ao todo 332 os beneficiários num gasto total para os cofres públicos que é superior a 8,7 milhões de euros por ano, com prestações mensais que variam entre os 13 mil euros e os 883 euros.

A Caixa Geral de Aposentações foi forçada a divulgar a lista completa dos beneficiários das subvenções vitalícias, após um parecer da Comissão de Acesso aos Documentos Administrativos.

A lista contém os nomes de 332 os beneficiários, que ao todo recebem 8,7 milhões do Estado, revela a revista Visão, um dos órgãos de informação que publica na íntegra a lista dos políticos políticos que beneficiam deste apoio.

Marques Mendes foi o único que abdicou

A Subvenção Mensal Vitalícia foi criada em 1985, durante o governo de bloco central do PS e do PSD, concedendo a ex-titulares de cargos políticos, nomeadamente deputados, ex-governantes e autarcas, uma compensação pelo tempo que dedicaram à causa pública.

Pela primeira vez, foram divulgados os nomes destes 332 políticos beneficiários.

Luís Marques Mendes, ex-líder do PSD e actual comentador da SIC, é o único na lista que pediu para suspender a subvenção por iniciativa própria, realça a Visão.

Marques Mendes tem direito a uma subvenção de 3311 euros desde 2007, mas abdicou desse direito.

Entre os 332 políticos que têm direito ao benefício, 112 têm a atribuição da subvenção suspensa por exercerem cargos públicos ou políticos e 18 recebem somente uma parte da pensão por trabalharem no privado, nota o Correio da Manhã.

Há pensões de 13 mil euros e políticos de PS, PSD, CDS e PCP

Os ex-governadores de Macau, Carlos Melancia e Rocha Vieira, surgem à cabeça com as subvenções mais elevadas, 9727 euros e 13 mil euros, respectivamente. Rocha Vieira, que tem direito ao benefício desde o ano 2000, está a receber apenas uma parte do valor por imposição legal.

O ex-primeiro-ministro António Guterres tem direito a 4138 euros, mas só recebe uma parte desse valor.

Pedro Santana Lopes, que exerceu o mesmo cargo político, tem atribuída uma pensão de 2199 euros que está suspensa, neste momento, por o ex-governante ser actualmente provedor da Santa Casa da Misericórdia.

Outro ex-primeiro-ministro com direito a subvenção é José Sócrates, que recebe 2372 euros, enquanto Freitas do Amaral tem direito a 2.575 euros, valor que está contudo, totalmente suspenso por imposição legal.

Mota Amaral, ex-deputado do PSD e ex-presidente da Assembleia da República, está a receber uma subvenção de 3.115 euros.

Assunção Esteves, que esteve na Presidência do Parlamento entre 2011 e 2015, aufere 3432 euros, enquanto o actual titular do cargo, Eduardo Ferro Rodrigues, tem direito a 2.635 euros (valor totalmente suspenso por estar no activo).

O ex-deputado do PSD, Duarte Lima, que foi condenado a 10 anos de prisão no chamado caso Homeland, por burla qualificada e branqueamento de capitais, tem direito a 2289 euros desde 2010.

Também Armando Vara, ex-ministro-adjunto de Guterres que foi condenado, em 2014, a cinco anos de prisão no caso Face Oculta, por crimes de tráfico de influências, recebe parte de uma pensão total de 2.199 euros.

O presidente da Associação Portuguesa de Bancos, Fernando Faria de Oliveira, tem direito a 3.228 euros (que não recebe por imposição legal) e o banqueiro Alípio Dias, que esteve com Jardim Gonçalves no BCP, recebe 1.289 euros pelas funções que desempenhou no governo.

Os ex-ministros do PSD Miguel Relvas (2.899 euros), Leonor Beleza (2.566 euros), Manuela Ferreira Leite (2759 euros), António Capucho (2.759 euros) e Álvaro Barreto (3.665 euros) têm as respectivas subvenções suspensas por imposição legal, por desempenharem funções profissionais.

O actual ministro do PS, Luís Capoulas Santos, tem direito a 2.635 euros, que está a receber apenas parcialmente, e o líder da bancada parlamentar socialista, Carlos César, não está a receber os 2.550 euros a que tem direito por desempenhar actualmente cargos políticos.

O conselheiro de Estado Domingos Abrantes, do PCP, recebe 2685 euros e o ex-líder comunista Carlos Carvalhas aufere 2819 euros, enquanto Jerónimo de Sousa tem a sua pensão de 2.282 euros suspensa, por ser actualmente deputado.

Adriano Moreira, indicado pelo CDS para o Conselho de Estado de Marcelo Rebelo de Sousa, tem uma subvenção de 2685 euros, que recebe parcialmente, e o ex-deputado popular Narana Coissoró aufere 2.819 euros.

Pacheco Pereira, ex-deputado do PSD e actual comentador da SIC, tem atribuída uma pensão de 2.207 euros.

A lista não inclui os nomes de Aníbal Cavaco Silva, nem de Paulo Portas.

SV, ZAP

PARTILHAR

39 COMENTÁRIOS

  1. Povo que lavas no Rio, que talhas com teu Machado, as tábuas de teu Caixão, terás a Sina Infeliz de alimentar sempre tanto Cabrão……..

  2. Bando de parasitas sem vergonha!!!
    Ainda bem que o Sócrates fez alguma coisa de jeito ao acabar com “novas” subvenções!
    Já é mais do que tempo de acabar com estas também!!

  3. Um nojo !
    Tanto chulo a viver à conta do dinheiro que as pessoas honradas descontaram para a Segurança Social.
    Estes chulos não descontaram nem em valor, nem em tempo, o suficiente para terem estas pensões. Eles decidiram em causa própria atribuir-se esta mordomia.
    Que o dinheiro lhes sirva para tratarem de doenças… e que morram depressa !
    PCP e BE são coniventes que este escândalo.

  4. Finalmente o Povo de Portugal conhece a lista dos que estão no bem bom.~es
    Até esta data, suponha-se que o Sr. tal e tal…
    Não entendo a moral destes ditos Senhores, ao falarem nos meios de comunicação social das condições de vida do POVO.
    Também se concluí que todos os partidos estiveram de acordo, resta-me dizer que é tudo farinha do mesmo saco.
    Que apareça um governo com a coragem de acabar com esta vergonha.
    São praticamente 9 milhões de euros por ano,
    Para além de ser imoral perante o Povo de Portugal é revoltante que se apliquem impostos aos que menos tem para sustentar esta cambada.
    Uma palavra de muito apreço para os jornalistas envolvidos no direito de conhecer e divulgar a verdade.

  5. Cada vez mais os tortulhos se vão arrancando, cada cavadela, cada tortulho o que demonstra que a imoralidade deste país se tornou na mais nobre das políticas dos que se sustentam nos poleiros por onde vão saltitando! É deveras triste no século XXI em que a evolução tecnológica, científica são uma verdade adquirida, enquanto se vêem mentes mesquinhas, egoístas, egocêntricas, retrógradas e quase primitivas no que concerne a satisfazer e satisfazer-se à custa do desgraçado, do povo anónimo que por vezes nem pão tem para levar à mesa (veja-se o que está a acontecer com a desgraça deste país num inferno!) que se lhe esfola no pouco que tem para se lambuzar em prazeres de vária ordem, pois o dinheiro lhes é dado sem rei nem roque! ONDE PARA A JUSTIÇA NESTE PAÍS SUPOSTAMENTE CIVILIZADO… OU… SERÁ QUE O É!?

  6. Estes corruptos, porque desde os partidos da esquerda á direita são todos uns mamões um tipo trabalha 40 anos e não pode ter reforma a não ser que seja funcionário publico.Espero que um dia venha o ISIS para acabar com estes gajos todos.

    • Meu caro “luis Manuel”! Onde é que foi buscar essa ideia de que os funcionários públicos se reformam com 40 anos de desconto? Também é daquelas pessoas que replicam todos os disparates que ouvem? Olhe que a informação está aí à mão de quem souber e quiser ler. Se o m/exemplo ajudar a corrigir preconceitos, dir-lhe-ei que sou func. público, tenho 63 anos c/ 42 de descontos e só posso reformar-me aos 66 + 6 meses, ou seja com cerca de 46 anos de descontos. Se conseguir aproximar-se desta performance, dou-lhe os meus… pêsames.

      • Onde fui buscar? Eu trabalho no meio deles e ainda agora foi um reformado e para o ano vai outro ambos com 42 anos e 40 respectivamente e com idade um de 62 e outro com 60.Para não falar de outras áreas onde já submeteram os papéis para a reforma.

        • Sim, pode ser! Com penalização, é possível em certas condições específicas (com 60 anos e 40 de descontos) sendo que mesmo assim não é garantido que seja concedido (ver notícias recentes). Em todo o caso, o seu comentário deveria ser mais sério/objetivo e cingir-se à notícia “Reformas douradas de políticos”. É que nem todos os func. públicos são políticos (INFELI$MENTE).

  7. Têm o cuidado de referir que os nomes de Cavaco Silva e de Paulo Portas não constam da lista.PORQUÊ?Não têm direito ou esqueceram-se?
    Já agora pergunto:Porque também não é referido o nome de Mário Soares?Não recebe esta subvenção?
    É uma vergonha haver senhores destes terem a coragem de “roubar” legalmente estes recursos ao país concedidos em tempos de pretensas “vacas gordas”,como Carlos Melancia,dono de império na Alentejo.E a Senhora Assunção Esteves que aos cerca de 50 anos de idade também já teve direito á sua reforma dourada.
    Tenham vergonha e sigam o exemplo do dr.Marques Mendes.
    E este governo que tanta falta de dinheiro diz ter tem aqui uma oportunidade para arranjar uma receita para o OE de 2017 em vez de andar a taxar o sol aos portugueses.

  8. Uma das maiores vergonhas do lado politico, nada de bom fizeram, a maioria metida em casos de policia e ainda mamam os descontos das pessoas homestas. 1 verdadeiro cancro da sociedade. Depois falta € para bombeiros, pessoas necessitadas… se fosse o povo a decidir recebiam era merda. Fdp.

  9. São Poucos como o Marques Mendes. Aprendam seus parasitas da nação com os verdadeiros estadistas e nao sejam políticos para vosso interesse

    • SITUAÇÃO INICIAL – Atribuição: 2007-12-14 Valor: € 3 311,82
      SITUAÇÃO ATUAL – Estado: Suspensa, Iniciativa do próprio. Falta o mais importante, Suspensa desde quando? 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016? Quando é que suspendeu??????

      • A cegueira ideológica às vezes faz-nos dizer disparates.
        O Marques Mendes não “suspendeu”. Ele ABDICOU do direito de receber.
        Não interessa há quanto tempo. É PARA O RESTO DA VIDA!
        Capiscas?? Ou vais arranjar mais alguma falácia cega?

        • Realmente há muita cegueira ideológica!
          Abdicou? Onde é que isso está escrito no texto? Não deve ter lido o texto de certeza.
          O que está escrito é que ele SUSPENDEU A SUBVENÇÃO, ora se só suspendeu a questão levantada pelo outro comentador (splash) faz todo o sentido.

          • Estão as duas palavras, se virem bem. ABDICOU (subtítulo) E SUSPENDEU (corpo da notícia). Mais uma confusãozita para dar conversa…

  10. Esta notícia é uma clara manipulação das opiniões, em plena época de “silly season”, em que pouco se passa e é preciso inventar notícias a qualquer preço. A maioria dos comentários são lamentáveis. Revelam como o povo é básico e ignorante e a culpa disso é que este povinho que comenta não foi à escola, não estudou Matemática, não compreende a diferença entre meia-dúzia e milhões de milhões: 8,7 milhões de euros por ano são uma gota de água no total do Orçamento de Estado que é de MILHARES de MILHÕES. Além disso, se lerem bem a notícia, a maior parte desse valor está suspenso e não está a ser atribuído. Não me choca que um ex-ministro ganhe 2 ou 3 mil euros por mês por serviços prestados ao Estado, caso não possua outros rendimentos no sector privado… Acho esta lei muito justa e está bem feita e é inteligente. Marques Mendes é um chico-esperto que se está a aproveitar da ignorância do povinho para parecer que é muito bonzinho e honesto, mas só recusa os seus 3 mil euros mensais porque ganha Milhões no privado e está-se a marimbar… Ao recusar essa reforma, fica bem na fotografia, mas está a trair e a “queimar” quem a recebe… Deve querer ser futuro Presidente da República.
    Vocês… Povinho desgraçado, vão estudar Matemática, para saberem distinguir o que é importante, e onde devem ficar indignados. Indignem-se com os MILHARES DE MILHÕES que roubam aos reformados para salvar os bancos. Isso sim, é o pior que os políticos vos estão a fazer, e vocês, povo sereno, manso, e ignorante, nem compreendem, pois não sabem distinguir MILHARES de MILHÕES… Que pena.

    • Com tanto insulto, presumo que V. Ex.a seja da ELITE, doutorado em ciências políticas (mas não sociais) e mestre em Matemática. O “povo” revolta-se com razão! Claro que a situação dos bancos não é melhor, mas uma não invalida a outra! Seja mais humilde e respeite quem se indigna contra reformas douradas! Ou é beneficiário (explicava algumas coisas)? O senhor deveria ser menos fala barato e menos ignorante!

      • É necessário esclarecer, desde quando????E realmente, há ainda que esclarecer, abdicou, ou suspendeu?????

      • Não é preciso ser nenhum génio, a pouca vergonha, já é uma instituição neste país.
        Ser matemático, ser génio??????Até o mais desfavorecido, entende.

  11. Será que o Senhor António Costa leu o que eu acabo de ler? Não acredito. Mas se leu não tem vergonha de ser o chefe de um Governo e fica calado. Se não disser nada também devia ser punido pelo seu silêncio

  12. Mas afinal, da lista das reformas douradas, de um total de 8,7 milhões, uns recebem e outros não…
    Se há os que afinal não recebem, porque é que o ZAP parece querer por tudo no mesmo caldeirão?

    • Cara Eu Mesma,
      O ZAP não meteu tudo no mesmo caldeirão.
      O ZAP meteu Luís Marques Mendes num caldeirão, onde está sozinho, que é o caldeirão dos políticos que têm direito a receber e prescindiram desse direito.
      No outro caldeirão, estão os restantes 331 políticos – estejam ou não temporariamente impedidos de receber por estarem a auferir rendimentos, ou por outro motivo.

  13. Na verdade o povo é básico, não sabe Matemática e deve contentar-se com 300 euros de Reforma, isto até é coisa pouca para quem paga Bancos e a Banqueiros e a quem anda a vender este País, claro que o Povo é Burro e não consegue entender que num País onde o ordenado mínimo é de (300) Quinhentos e tal euros anda a descontar para Reformas de Dois ou Três mil euros. E quem descontou durante 40 anos e fica a receber 350,00 euros só pode ser Burro graças a Deus, Porque será que o outro Artista não quis receber? sua Santidade ainda vai ter que o Beatificar.

  14. Muito se escreve aqui e vejo muita ignorançia em tudo o que se diz, entao uns recebem outros nao e ainda acham normal algumas destas pessoas , como a ignorançia é tao grande , se eles tem direito a essas reformas que trabalharam para o governo e depois perderam o emprego tem direito a reformas e uma pessoa que travalha Sem ser para o governo se for despedido nao lhe dao uma reforma tambem porquê ? Devia-se fazer como n’a Island acabar com os gatunos Politicos..

    • Olhe… antes de mais vá frequentar o ensino básico para aprender a escrever! Segundo, o seu raciocínio está ao nível da sua capacidade de redação. O que deveria ser era: trabalham o que qualquer outro trabalhador trabalha e assim têm direito à reforma. Tudo o resto é… para o cu.

  15. O marques mendes abdicou porque o balcão onde recebem a subvenção é alto e ele quando vai pegar um banco para chegar ao guito já alguém passou e lho levou.
    Para esse minion não querer o guito é porque tem marosca…

  16. Para quem vota… Acham justo… Ou é a democracia dos políticos a funcionar… Para eles é tudo para nós é migalhas… Continuem a votar desta coruja de parasitas corruptos que eles agradecem…!

    • Acho totalmente justo! Esta gente merece porque é capaz! É gente inteligente! Gente honesta e trabalhadora. Vocês, povo, é que são uma cambada de ingratos! Não ficam satisfeitos por trabalhar todo o dia e no final poderem ainda ter comida à mesa? Deviam agradecer a esta gente por não vos levar tudo!

  17. Cada vez tenho mais nojo destes salafrarios ladroes e corruptos do povo trabalhador que dao duro para receber reformas de miseria,estou ha 21 meses incapacitado permanente de 75% a viver e residir em espanha e a 21 meses que estou a espera de receber a minha incapacidade de Portugal que tenho direito de 25 anos de descontos como camionista internacional e ate hoje nem uma resposta,estao a espera que eu morra seguramente. Tenho vergonha desses politicos sem vergonha na cara.

RESPONDER

Huawei afirma que a tecnologia 6G vai estar disponível daqui a 10 anos

O CEO da Huawei, Ren Zhengfei, assinalou, durante uma entrevista à CNBC, que a sua empresa está a trabalhar em redes móveis 6G, que estarão completamente desenvolvidas daqui a 10 anos.   "Trabalhámos em 5G e 6G …

Nazismo e comunismo classificados em pé de igualdade pelo Parlamento Europeu

No passado dia 19 de setembro, a União Europeia colocou comunismo e nazismo em pé de igualdade, depois de aprovar no Parlamento Europeu uma resolução condenando ambos os regimes por terem cometido "genocídios e deportações …

Conselho da Europa teme que polícia de Malta tenha “recusado provas” no caso da jornalista assassinada

Daphne Galizia era jornalista, acompanhava casos de corrupção no país e foi assassinada há dois anos. Pieter Omtzigt, relator do Conselho da Europa responsável pelo caso, diz que a abordagem da polícia e dos …

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …

Caso BPN. Relação condena dois dos absolvidos e agrava penas a outros dois

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou esta quarta-feira dois dos três arguidos absolvidos no processo principal da falência do BPN, Ricardo Oliveira e Filipe Nascimento, e agravou as penas a dois dos 12 arguidos …

Operação Éter. Hermínio Loureiro entre as dezenas de autarcas arguidos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, está entre as dezenas de atuais e antigos autarcas que foram constituídos arguidos no âmbito da Operação Éter. Este processo levou à prisão preventiva do antigo presidente …

Proteção Civil quer que bombeiros voltem a ser obrigados a usar cinto de segurança

A estrada mata mais bombeiros do que os incêndios. Por isso, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil criou um grupo específico para analisar o problema. Rui Ângelo, chefe da Divisão de Segurança, Saúde e …