Diretora financeira da Huawei detida. Tréguas entre os EUA e a China ameaçadas

Maxim Shipenkov / EPA

Meng Wanzhou

A diretora financeira global da empresa tecnológica Huawei, Meng Wanzhou, foi detida no dia 1 de dezembro no Canadá. O incumprimento das sanções impostas pelos Estados Unidos ao Irão pode estar na origem da detenção.

Meng Wanzhou, diretora financeira (CFO) global da empresa tecnológica Huawei, foi detida pelas autoridades canadianas no dia 1 de dezembro. A detenção ocorreu no sábado, depois de Washington ter pedido a sua extradição por supostamente ter violado as sanções impostas pelas autoridades norte-americanas contra o Irão.

Wanzhou, filha do fundador da empresa chinesa, Ren Zhengfei, foi detida enquanto fazia escala em Vancouver, no Canadá.Ainda não são conhecidos muitos pormenores sobre os motivos por trás desta detenção, mas a imprensa norte-americana avança que a Huawei pode estar a ser investigada por ter violado as sanções impostas pelos EUA ao Irão.

Esta detenção ameaça também as tréguas entre os EUA e a China, já que põe em causa os 90 dias de tréguas que procuram evitar uma guerra comercial entre as duas potências. Donald Trump e Xi Jinping chegaram a um entendimento no domingo – ou seja, 90 dias que lhes dão tempo para negociar um acordo comercial sem temer novas taxas.

A Huawei garantiu em comunicado que sempre cumpriu a lei, incluindo as sanções impostas pelos Estados Unidos, pelas Nações Unidas e pela Europa, e adiantou que acredita que se chegará a uma “conclusão justa” no que diz respeito à detenção de Meng Wanzhou.

Segundo o Público, a Embaixada da China no Canadá divulgou esta quinta-feira um comunicado no qual pede a libertação imediata da diretora financeira.

“Acompanharemos de perto o desenvolvimento desta questão e tomaremos medidas para proteger resolutamente os legítimos direitos e interesses dos cidadãos chineses”, lê-se no comunicado. Na declaração também se refere que a China “se opõe com firmeza e protesta com energia” à detenção “que prejudicou gravemente os direitos humanos da vítima”.

A notícia da detenção pressionou as bolsas asiáticas, que fecharam esta manhã no vermelho. Por sua vez, os títulos da Huawei afundaram 13%.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há três datas prováveis para o Apocalipse. Duas das quais ainda este século

A humanidade corre o risco de ser extinta devido à colisão da Terra com um corpo celeste, a uma catástrofe natural ou até tecnológica. Este cenário não é uma fantasia saída dos filmes de Hollywood, …

Tondela vs Porto | Dragões garantem vantagem para o Clássico

O FC Porto fez o que lhe competia para garantir que chegava ao “clássico” do próximo sábado, com o Benfica, no primeiro lugar do campeonato. Na visita ao Tondela, os “dragões” não deram grandes veleidades …

Enfermeiras suspeitas de sabotar hospital com baratas. Queriam emprego melhor

Enfermeiras das emergências de um hospital italiano terão, alegadamente, libertado baratas no seu departamento. O objetivo era conseguirem uma transferência para outro hospital. As autoridades sanitárias da região de Nápoles abriram uma investigação a um caso …

Cancro do colo do útero pode ser extinto até 2100

Todos os anos, o cancro do colo do útero é a causa de morte de mais de 300 mil mulheres em todo o mundo - mas pode ser extinto até 2100. No ano passado, o diretor-geral …

Fortnite retira anúncios do YouTube para fugir aos predadores sexuais

A produtora de videojogos que criou o Fortnite, muito popular entre jovens e crianças, decidiu retirar os anúncios publicitários do YouTube por temer que estes apareçam ao lado de comentários publicados por pedófilos. A empresa norte-americana …

O alpinista sem pernas que chegou ao cume do Everest foi premiado com o "Momento do Ano"

Um alpinista chinês de 69 anos, que tem ambas as pernas amputadas, conseguiu chegar ao topo do Evereste em maio de 2018. A perseverança de Xia Boyu valeu-lhe nesta semana um prémio.  Em 1975, Xia Boyu …

Numa empresa neozelandesa só se trabalham quatro dias por semana (mas a produtividade aumentou)

Em março e abril do ano passado, uma empresa neozelandesa implementou um novo modelo laboral: trabalhar apenas quatro dias por semana. O estudo final foi publicado esta terça-feira e as conclusões mostram resultados animadores. Quase um …

Portugueses não sabem fazer queixa contra discriminação (e acham que não vale a pena)

Quase toda a gente já ouviu falar de discriminação ou crimes de ódio, mas a maioria tem dificuldade em distinguir os conceitos, desconhece o que fazer perante um caso ou a quem recorrer para fazer …

Imigrantes que entraram ilegais em Portugal terão visto desde que tenham um ano de descontos

Os imigrantes que se encontram em Portugal a trabalhar e a descontar para a Segurança Social há pelo menos 12 meses vão poder ter a autorização de residência mesmo que não tenham entrado no país …

Estudantes no Porto até aos 15 anos vão andar gratuitamente de metro e autocarro

A Câmara do Porto vai garantir passes gratuitos para residentes estudantes na cidade até aos 15 anos, complementando a medida do Governo que prevê a gratuitidade do título de transporte até aos 12 anos. O anúncio …