Europeias. Direita acusa Costa de “esconder” cabeça de lista do PS

PSD / Flickr

O presidente do PSD, Rui Rio

O presidente do PSD, Rui Rio, admitiu esta quarta-feira que as eleições europeias terão também uma leitura nacional, e acusou António Costa de ser “o protagonista” da campanha socialista devido à “fragilidade” da lista do PS.

Após entregar a lista do PSD ao Parlamento Europeu no Tribunal Constitucional, Rui Rio, com o cabeça de lista Paulo Rangel a seu lado, salientou o orgulho nos candidatos escolhidos pelo partido para as europeias de 26 de maio e a “diferença” em relação às dos adversários, em particular a do PS.

“A prova de que, na prática, o PS sente a fragilidade da sua própria lista é que quem está a fazer a campanha é o secretário-geral do PS e primeiro-ministro, António Costa, e não tanto os candidatos do PS”, criticou Rio, considerando que tal demonstra a “falta de qualidade e vigor” da lista do PS.

Questionado como será a sua própria presença na campanha, Rio assegurou que irá estar “e dar apoio”, mas não será ele o protagonista. “Eu não sou candidato ao Parlamento Europeu, assim como não é o secretário-geral socialista, mas tem estado em todas as ações”, criticou Rui Rio.

O líder do PSD admitiu, contudo, que, como todas as eleições europeias, também estas terão uma componente de “política interna”.”Se votarem no PS também estão a dar um voto de confiança ao Governo dizendo que, como está, está bem. Se não o fizerem também estão a mostrar um certo descontentamento”, considerou.

Rio recusou que neste sufrágio possa pedir um “cartão vermelho” ao executivo, uma vez que “ninguém vai pôr o Governo na rua” em função do resultado nas eleições europeias.

“Para usar a mesma linguagem, quando muito poderia ser amarelo, mas não é isso que está em causa. O que está em causa são as opções nacionais, as opções europeias e a qualidade das listas apresentadas e aí não podíamos estar mais à vontade”, realçou.

Rui Rio voltou a apontar que um bom resultado será “subir muito”, o que considerou “nem ser muito difícil”. “O resultado das últimas eleições europeias foi de 27% em coligação, o que corresponde a 19 ou 20% para o PSD. Acredito que vamos ter muito mais”, afirmou.

Questionado se a polémica das nomeações familiares poderá fragilizar o PS nas europeias, Rio afirmou que “não há nenhum fator que por si só justifique o voto favorável ou contra numa lista”. “Os eleitores, no momento do voto, vão equilibrar todas essas situações. Essa da nomeação de familiares é seguramente um ponto negativo, assim como há outros. Também haverá positivos, as pessoas farão o equilíbrio e decidem o voto”, afirmou.

Além de Paulo Rangel – que ficou em silêncio ao lado de Rui Rio -, estiveram presentes na entrega das listas no Tribunal Constitucional outros candidatos do PSD, como Lídia Pereira, José Manuel Fernandes ou Graça Carvalho.

Nuno Melo também acusa Costa

Também o cabeça de lista do CDS-PP às eleições europeias, Nuno Melo, acusou esta quartafeira António Costa de “esconder” o ‘número um’ do PS, pedindo aos eleitores “uma moção de censura” ao Governo no próximo dia 26 de maio.

Em declarações aos jornalistas depois de entregar a lista do CDS-PP às europeias no Tribunal Constitucional, Nuno Melo disse que gostaria de, nesta campanha, “falar de Europa” e lamentou já ter visto Pedro Marques “em jogos de futebol ou no Carnaval de Loulé”, mas nunca ter conseguido debater com o cabeça de lista do PS.

“É muito extraordinário que um primeiro-ministro, que é secretário-geral de um partido que tem como mensagem ‘Somos Europa’, depois diga que pretende que estas eleições sejam uma avaliação de desempenho do Governo e um voto de confiança no Governo”.

Nuno Melo acusou António Costa de “andar a esconder o cabeça de lista do PS” às europeias e o facto de Pedro Marques ser também apontado como “cabeça de lista” à Comissão Europeia, uma vez que já foi apontado como hipótese para próximo comissário europeu por Portugal. “Já vi o dr. Pedro Marques em jogos de futebol, já vi o dr. Pedro Marques no Carnaval de Loulé, nunca consegui ver o dr. Pedro Marques sentado numa mesa ao meu lado a debater. Cada um dá relevo ao que entende”, apontou.

Quanto ao Governo, o candidato do CDS ao Parlamento Europeu referiu que, se o primeiro-ministro quer que as europeias funcionem como “uma moção de confiança ao Governo”, o CDS pedirá o oposto. “O que peço a cada eleitor é que faça, destas eleições, uma moção de censura ao Governo”, afirmou, reiterando o pedido de “censura forte” que a líder do CDS-PP, Assunção Cristas, já tinha feito na terça-feira.

Quanto às expectativas de resultados, Nuno Melo apontou que será “igualar ou superar” os dois eurodeputados conseguidos em 2009, quando o partido concorreu sozinho, apesar de este ano serem necessários mais votos do que então para os mesmos mandatos (Portugal elege menos um eurodeputado).

“Avaliando a história, perceberemos rapidamente que o CDS teve melhor resultado sozinho do que coligado”, afirmou, quando questionado sobre o parceiro de coligação das últimas europeias, o PSD, nas quais o CDS apenas elegeu um eurodeputado.

ZAP ZAP // Lusa

 

PARTILHAR

RESPONDER

Benfica vai apresentar queixa por ameaças de morte a Vieira e vandalismo

O Benfica vai avançar com queixas devido às ameaças de morte ao presidente do clube em tarjas colocadas nas imediações do Estádio da Luz, mas também pela vandalização de várias casas benfiquistas. Segundo o jornal online …

Submarino civil transparente pode levá-lo ao local do naufrágio do Titanic

A Triton, uma empresa com sede na Florida, fabrica submarinos civis de última geração há mais de uma década. Agora, vai fazer nascer o Triton 13000/2 Titanic Explorer, que para além de oferecer aos passageiros …

Catorze detidos nos novos protestos em Barcelona a favor de Pablo Hasél

Pelo menos 14 pessoas foram detidas pela polícia catalã, este sábado, durante os distúrbios que se seguiram a mais uma manifestação em Barcelona a reclamar a libertação do rapper Pablo Hasél. Segundo o jornal Público, pelo …

Procuradores avançam para tribunal contra nomeações de chefias

O Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) está envolvido numa nova polémica, depois do concurso que culminou na indigitação de José Guerra para a Procuradoria Europeia. Segundo avança o Jornal de Notícias, este domingo, um concurso para …

A partir de segunda-feira, eletrodomésticos vão ter novas etiquetas energéticas

As organizações não-governamentais ambientalistas saúdam as novas etiquetas energéticas, que entram em vigor esta segunda-feira, mas pedem “mais atenção” ao consumidor e “maior rapidez” na reclassificação de “mais produtos”. Em comunicado, a cooligação Coolproducts, um grupo …

Depois do balde de água fria da pandemia, Israel vai ficar melhor do que nunca. Tudo pelos turistas

Israel está fechado em casa e viajar para este país não faz parte dos planos de muitas pessoas. No entanto, este período de acalmia pode mesmo ser o melhor momento para planear uma viagem - …

Menos 1,3 milhões de consultas nos hospitais e menos 151 mil cirurgias em 2020

No ano em que a pandemia chegou a Portugal, houve menos 151 mil cirurgias e menos 1,3 milhões de consultas nos hospitais públicos. A covid-19, que chegou a Portugal a 2 de março de 2020, obrigou …

Várias escolas de Tóquio pedem "certificados de cabelo real" aos alunos

As escolas japonesas são conhecidas pela sua rigidez relativamente à aparência dos seus alunos, tanto que os estudantes que não seguem o padrão de "cabelo liso e preto" têm de apresentar provas. Dados divulgados, esta semana, …

UE estima normalidade nas vacinas daqui a duas semanas. Orbán recebeu vacina chinesa

A União Europeia (UE) estima que dentro de duas a três semanas "tudo vai funcionar normalmente" na produção e distribuição de vacinas nos Estados-membros. Entretanto, o primeiro-ministro húngaro já foi vacinado (mas com uma vacina …

"Os dados de milhões de pessoas estão em risco", alertam denunciantes da Amazon

Denunciantes da Amazon alertam que os dados de milhões de pessoas estão em risco devido à falta de preocupação da empresa com a cibersegurança. A par da Google, Apple, Microsoft e Facebook, a Amazon é uma …