Mandíbula dos Habsburgos era anormalmente grande (e já se sabe porquê)

Durante séculos, a família Habsburgo governou grande parte da Europa central e ficou marcada por muitos dos seus membros partilharem uma mandíbula grande e saliente, conhecida como a “mandíbula de Habsburgo”.

Novas investigações sugerem que esta característica proeminente terá sido provavelmente o resultado da consanguinidade geracional. Durante mais de 200 anos, as famílias da Áustria e de Espanha casaram-se entre si, garantindo o seu nome e poder em grande parte do continente.

Esta família chegou a reinar Portugal, durante a dinastia filipina, no período de união entre o nosso país e Espanha, isto é, em que o Rei de Espanha era simultaneamente o Rei de Portugal. Os três reis da dinastia filipina – Filipe I, II e III – pertenciam à Casa de Habsburgo e governaram em Portugal entre 1580 e 1 de dezembro de 1640.

Agora, os investigadores dizem que a mandíbula famosa da família era mais do que apenas uma característica hereditária. “A dinastia dos Habsburgos foi uma das mais influentes da Europa, mas tornou-se conhecida por consanguinidade, que foi a sua eventual queda. Mostrámos pela primeira vez que há uma clara relação positiva entre consanguinidade e aparência da mandíbula de Habsburgo”, afirmou o autor do estudo, Roman Vilas, da Universidade de Santiago de Compostela em comunicado, divulgado pelo EurekAlert.

Os investigadores usaram a dinastia Habsburgo como um “laboratório genético” e consultaram dez cirurgiões maxilofaciais para analisar as deformidades faciais em 66 retratos históricos, que estão expostos em museus de todo o mundo.

Os cirurgiões tiveram de diagnosticar o grau de 11 características do prognatismo mandibular (MP), ou “mandíbula de Habsburg”, e sete características da deficiência maxilar (DM), caracterizada por um lábio inferior proeminente e uma ponta nasal pendente.

A análise genética de mais de seis mil indivíduos de mais de 20 gerações também encontrou uma forte relação entre o grau de consanguinidade e o grau de MP.

Os indivíduos com grande coeficiente de consanguinidade apresentaram versões extremas destas condições, por exemplo o rei de Espanha, Carlos II, Margarida da Áustria, rainha de Espanha e o rei Leopoldo II do Sacro Império Romano-Germânico. Dos analisados, Maria da Borgonha, que se casou com a família em 1477, tinha o menor grau de ambas as características.

“Como temos genealogias profundas e precisas dos reis e rainhas da dinastia espanhola dos Habsburgo, podemos usar isto em nosso proveito para estudar a relação entre a consanguinidade e o rosto humano. O facto de que uma complexa mudança de característica sob consanguinidade é prova da sua arquitetura genética dominante”, disse o autor do estudo Francisco Ceballos, em declarações ao IFLScience.

Assim, de acordo com o estudo publicado este mês na revista científica Annals of Human Biology, características que possuem algum componente dominante na sua arquitetura genética serão alteradas pela consanguinidade através de um fenómeno chamado depressão por consanguinidade, uma redução na aptidão biológica que sugere que a “mandíbula de Habsburgo” possa ser considerada um gene recessivo.

“Aprendemos várias coisas através deste estudo. Primeiro, que a ‘mandíbula de Habsburgo’ não é apenas um problema de prognatismo, mas a combinação de duas “questões”: prognatismo (MP) e a deficiência maxilar (DM). Também encontramos uma grande correlação entre essas duas características e que o prognatismo mandibular é afetado pela consanguinidade”, explicou Ceballos, acrescentando que MP e MD são correlacionadas e podem ter duas arquiteturas genéticas diferentes e padrões herdados.

Porém, os autores não podem descartar a hipótese de o rosto dos Habsburgos serem simplesmente uma característica hereditária e que o estudo seja uma primeira aproximação da arquitetura genética do rosto humano. Além disso, o estudo é de baixo tamanho amostral.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Coreia do Sul organizou um espetáculo de luzes para agradecer e incentivar o uso de máscara

A Coreia do Sul tem sido dos países com maior sucesso no combate à pandemia de covid-19. Com receio de uma segunda vaga, o Governo organizou uma forma incomum de agradecer aos profissionais de saúde …

Desgostos e namoriscos com humanos. Aquário de Quioto expõe complexas relações dos pinguins num fluxograma

O Aquário de Quioto, antiga capital do Japão, tem um fluxograma onde expõe as relações dos seus pinguins. Entre diferenças de idade, desgostos de amor e até namoriscos com humanos, as relações entre estes animais …

O sangue azul do caranguejo-ferradura é fundamental para a vacina da covid-19. Mas há um problema

O sangue azul do caranguejo-ferradura pode ser um elemento muito importante para encontrar a vacina para a covid-19, mas há um grande senão. O sangue azul do caranguejo-ferradura (Limulus Polyphemus) é a única fonte natural conhecida …

Jovem guarda-redes russo atingido por raio durante um treino

Ivan Zakborovsky, um jovem guarda-redes russo, está em coma induzido. O clube já revelou que o atleta não corre perigo. Ivan Zakborovsky, um guarda-redes de apenas 16 anos do Znamaya Truda, da Rússia, foi atingido por …

Elegante, leve e com fibra de carbono. O Tyr quer ser diferente de todos os outros caiaques

Embora os caiaques com assento se tenham tornado muito populares entre os pescadores, a maioria dos barcos é bastante tubular, pesada e de plástico. O Tyr da Apex Watercraft é diferente por ser elegante, leve …

2029 Majestic, a mota elétrica futurista com um design centenário

A 2029 Majestic é inspirada no modelo original de 1929, mas tem um motor elétrico e peças impressas em 3D. É o casamento ideal entre tecnologia e a tradição. Em 1929, Georges Roy criou a Majestic, …

Fernando Alonso regressa à Fórmula 1 com a Renault

O piloto espanhol Fernando Alonso vai regressar à Fórmula 1 depois de ter abandonado a modalidade em 2018. Assina agora um contrato de dois anos com mais um de opção. A escuderia Renault anunciou esta quarta-feira …

China reitera que não participará no diálogo EUA/Rússia para reduzir arsenal atómico

A China reiterou, esta quarta-feira, que não entrará nas negociações entre os Estados Unidos e a Rússia para um novo acordo que limite a quantidade de armas nucleares, e acusou Washington de “constituir uma ameaça”. Pequim …

Traumas na infância e um pai "sociopata". As revelações do livro da sobrinha de Trump

O livro de memórias de Mary Trump, sobrinha do Presidente norte-americano Donald Trump, já chegou às mãos de vários jornalistas nos Estados Unidos. A data de publicação está marcada para dia 14 de julho. No livro, …

Rússia detém antigo jornalista por acusações de traição

O ex-jornalista Ivan Safronov, assessor do diretor da agência espacial russa Roscosmos, foi detido esta terça-feira e acusado de traição. Esta terça-feira, as autoridades russas prenderam um antigo jornalista que trabalhava agora como assessor do chefe …