Novo imposto obriga dinamarqueses a comer menos carne

SXC

A Dinamarca quer fomentar uma mudança nos hábitos alimentares da sua população para que comam menos carne de vaca e, em nome do combate ao aquecimento global, vai criar um novo imposto sobre o seu consumo.

A indústria da carne é um dos grandes responsáveis pela emissão de gases com efeitos de estufa, com especial destaque para a carne de vaca. A produção bovina consome cerca de 11 vezes mais água do que a produção de porco ou galinha.

Estes dados levaram o Conselho Dinamarquês de Ética a considerar que a população é “eticamente” obrigada a reduzir o consumo de carne, em defesa do clima.

Para dar um empurrão nesse sentido e para obrigar os dinamarqueses a mudarem os seus hábitos alimentares e a consumirem menos carne, este Conselho estuda a aplicação de um novo imposto ao consumo de carne.

A ideia é começar pela carne de vaca, para depois alargar a medida a todas as carnes vermelhas e posteriormente a outros alimentos prejudiciais para o ambiente.

Esta nova taxa deverá ter um valor gradual, em função do contributo que as comidas em causa têm em termos de impactos negativos para o clima.

O porta-voz do Conselho de Ética, Mickey Gjerris, é citado pelo jornal The Washington Post a notar que a medida é não apenas uma “resposta efectiva aos alimentos que danificam o ambiente”, mas também uma forma de “aumentar a consciência para as alterações climáticas”.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

João Loureiro já tem bilhete para regressar a Portugal

João Loureiro já tem bilhete para regressar a Portugal. A Polícia Federal brasileira reitera que, no caso do jato privado que transportava droga para Portugal, “todos são suspeitos”. O Jornal de Notícias avança, esta sexta-feira, que …

Carlos Moedas "tem uma costela liberal". IL pondera apoio ao candidato à câmara de Lisboa

O líder da Iniciativa Liberal (IL), João Cotrim de Figueiredo, disse que Carlos Moedas, candidato à câmara de Lisboa apoiado pelo PSD, tem um "perfil liberal", mas que o partido precisa de perceber projeto do …

Primeiro-ministro da Arménia acusa militares de tentativa de golpe de Estado

O primeiro-ministro da Arménia referiu-se hoje a "tentativa de golpe de Estado" depois de o Estado Maior ter pedido o afastamento do governo num contexto de protestos por causa da derrota no último conflito com …

EUA condenam Coreia do Norte a indemnizar militares torturados em 1968

A Justiça dos Estados Unidos (EUA) condenou Pyongyang a indemnizar em 2,3 mil milhões de dólares (cerca de dois mil milhões de euros) os tripulantes de um navio da Marinha norte-americana, que foram capturados e …

Ex-gestores do Novo Banco seguem para Banco do Fomento e para CGD

Os gestores Vítor Fernandes e Jorge Freire Cardoso, que saíram do Novo Banco em divergência com a estratégia da Lone Star, vão desempenhar as funções de presidente do Banco de Fomento e de administrador na Caixa …

EUA acusado de prometer contrapartidas a Cabo Verde pela extradição de testa-de-ferro de Maduro

O antigo juiz espanhol Baltasar Garzón, que coordena a defesa de Alex Saab, detido em Cabo Verde e considerado testa-de-ferro do Presidente venezuelano Nicolás Maduro, acusou na quinta-feira os Estados Unidos (EUA) de prometerem contrapartidas …

Bispo italiano sugeriu a padre que pagasse 20 mil euros a vítima de pedofilia

O bispo católico de Como, em Itália, afirmou ter sugerido a um jovem padre suspeito de pedofilia que pagasse 20 mil euros à suposta vítima para encerrar uma investigação interna ao caso ocorrido numa residência …

Governo reforça financiamento de projetos LGBTI com 50 mil euros

O Governo vai reforçar em 50 mil euros o financiamento de projetos de organizações que atuem na defesa dos direitos das pessoas lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexo (LGBTI), anunciou o gabinete da secretária de …

CDS pede ao Governo "um plano de desconfinamento controlado, à inglesa"

Francisco Rodrigues dos Santos quer que o Executivo apresente um plano de desconfinamento que permita a retoma da atividade de alguns setores. Esta sexta-feira, o presidente do CDS-PP insistiu na necessidade de o Governo apresentar um …

Para os idosos que estão em lares, visitar a família sem isolamento poderá acontecer em maio

A CNIS estima que, com todos os idosos residentes em lares vacinados, maio possa ser o mês da libertação depois de mais de um ano de pandemia, confinamentos e restrições apertadas. DGS diz que orientações …